História Confortável. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Personagens Aomine Daiki, Momoi Satsuki
Tags Aomine, Aomomo, Momoi
Exibições 24
Palavras 200
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Droubble, Fluffy

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oie, sinceramente deveria me aquietar um pouco com escritas assim e pensar em histórias melhores e até maiores. Mas, como lidar,quando nos deparamos com essas imagens lindas espalhadas por esse mundo da internet... X3

Por isso to aqui novamente, na hora que vi a imagem surgiu essa pequena maluquice minha. Hehe'

Espero que gostem. ^^

Beijo.

Capítulo 1 - Quando acontece..


Novamente cabularia um treino, não tinha ânimo, praticamente não havia dormido nada na noite anterior e como sempre sua preguiça acrescentava um bônus extra na situação.

Rumou para o vestiário, queria dar no pé logo dali e dormir em algum lugar confortável. Quando adentrou o local avistou a cabeleira rosa de sua amiga Satsuki , sua presença logo fora percebida e o rosto angelical da menor ganhou um semblante irritado.

 — Dai-chan! O treino não acabou, nem pense em fugir dessa vez. — Disse a menor, ainda sentada em um dos bancos.

 — Hm? — Aomine apenas resmungou alheio de tudo e concentrado em único ponto, o colo de Satsuki mostrava-se tão convidativo. O moreno rumou em direção a mesma, com um semblante estranho, deixando assim uma Satsuki confusa. Segundos depois, lá estava Aomine debruçado sobre o colo de Momoi.

 — "Tão quente..."— Pensou em quanto se acomodava naquele local.

 — Dai...Dai-chan! O que você está fazend.. — Interrompeu suas palavras ao perceber que o mesmo dormia, seu rosto sereno, livre de qualquer problema e daquele semblante emburrado. Um sorriso singelo nasceu nos lábios da rosada, afinal de contas não era de hoje que conhecia  aquela expressão tão pacífica e como sempre adorava quando ela surgia novamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...