História Confused - PEQUENO HIATUS - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Apink, Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Eun-ji, Suga
Tags Drama, Romance, Sexo
Exibições 29
Palavras 1.082
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


✘ Olá meus Amores como estão? Espero que bem, mais um cap para vocês.

✘ Me desculpem qualquer erro, passou completamente despercebido.

Boa Leitura ♡

Capítulo 7 - Capitulo Seis


Fanfic / Fanfiction Confused - PEQUENO HIATUS - Capítulo 7 - Capitulo Seis

Depois de alguns minutos, finalmente um homem alto de cabelos tingidos de roxo parou em frente à cafeteria e pegou seu celular no bolso de sua calça. Digitou e não demorou muito para que meu celular vibrasse em minha bolsa.

A mensagem era de Taehyung. Sorri ao ver o mais velho que eu não via fazia a um bom tempo do outro lado da rua e corri para a cafeteria.

— Ya, oppa. — disse pulando em suas costas. O mesmo segurou em minhas pernas e eu saí de cima do mesmo rindo.

— Sun-Hee, aigoo, eu tinha me esquecido dessa sua mania de pular em cima dos outros. — disse colocando as mãos em sua cintura, fazendo uma expressão cansada.

— Miane, pelo que vejo você parece cansado ultimamente. — disse enquanto o mais velho entrava no estabelecimento.

— Ye. — respondeu suspirando se sentando em uma das mesas do local não tão cheio. — Tenho muitas coisas para contar a você, mas comece por você. Como anda você e o hyung? — perguntou ajeitando seu sobretudo.

— Uh, o oppa e eu estamos... Bem. — respondi apoiando meus braços na mesa. Tae arqueou uma de suas sobrancelhas, confuso.

— Arasso... — disse um parecendo estar desconfiado.

— Taehyung oppa, por que não pedimos logo nosso Ice Americano? — perguntei tentando mudar de assunto. Eu não queria falar muito de Yoongi, já que as coisas entre nós não estavam tão bem assim.

Tae assentiu e se levantou indo ate o balcão para fazer nosso pedido.

➳ ➳ ➳

Depois de termos tomado nosso Ice Americano, resolvemos sair da cafeteria e ficar um pouco no parque para conversar sobre tudo o que nos acontecera durante o tempo em que ficamos distantes.

Tae me contou sobre estar apaixonado por sua amiga da faculdade e contou que queria lhe pedir em namoro, mas estava muito envergonhado para isso.

Dei algumas dicas para que ele não se sentisse inseguro e, pelo jeito, pareceu funcionar.

Contei a ele também que não estava entrando em contato com ninguém de Daegu, mas não expliquei o motivo.

Não queria contar que ultimamente as coisas entre Yoongi e eu não estavam muito bem, muito menos que vira e mexe acontecia uma guerra em casa.

— Sun, eu senti saudades de você. Fico feliz que Yoongi esteja cuidando bem da minha melhor amiga. — Tae sorriu e eu apenas sorri forçado.

Balancei-me no balanço sentindo o vento bater em meu cabelo. Tae também se balançava no balanço ao meu lado e, por alguns minutos me lembrei do tempo do colegial quando ainda morávamos em Daegu.

Costumávamos sair da escola e ir para o parquinho que havia logo perto para ficar conversando ou, às vezes, comer frango frito.

— Olhe a hora! Como o tempo passou rápido. — Tae disse olhando para seu relógio de pulso.

Olhei para o céu amarelo e vi que o por do sol já estava chegando. Taehyung oppa se levantou do balanço e passou as mãos em seu sobretudo.

— Quer que eu a acompanhe ate sua casa? — perguntou enquanto eu me levantava. Ajeitei a bolsa que pendia em meu ombro.

— Ani. Komawo, mas eu posso ir sozinha. — sorri agradecida.

— Kwenchanayo. — assentiu colocando as mãos nos bolsos que havia em seu sobretudo.

Tae e eu nos despedimos e, logo, seguimos caminhos opostos.

➳ ➳ ➳

Assim que cheguei em casa, vi que havia algumas louças para serem lavadas e pude ver a cama completamente bagunçada.

Não havia percebido que Yoongi se encontrava sentado na mesa e que havia uma visita.

— Sun, eu pensei que não voltaria. — Yoongi disse se levantando para me abraçar.

— Quem é esse ajosshi? — perguntei o impedindo de me abraçar com as mãos. Yoongi olhou para o homem sentado de costas para nós e olhou para o chão.

— Ajosshi? Jebal, não me chame assim. É verdade que eu sou mais velho que você, mas apenas alguns anos. — o louro disse se levantando.

Virou-se para me ver e ao ver quem era, arregalei os olhos e quase derrubei minha bolsa no chão.

— Jimin-ssi? — disse ainda incrédula. Eu não podia acreditar que Jimin estava ali.

Da ultima vez que o vira, Jimin e Yoongi não eram amigos. Então, por que ele estava em nossa casa?

— Ne. Fico feliz que tenha se lembrado de mim. — sorriu me fazendo dar um sorriso sem mostrar os dentes. Vi Yoongi fechar seus punhos e, num ato de segundos, senti mãos me puxarem pelos ombros. Quando me dei por si, Yoongi me abraçava fortemente.

— Jimin veio nos fazer uma visita. Ele passara alguns dias conosco, espero que não se importe. — Yoongi murmurou olhando fixamente para Jimin que ainda matinha um sorriso preenchido em seus lábios carnudos.

— Oppa, podemos conversar no quarto por um minuto? — perguntei num sussurro ajeitando minha franja. Yoongi concordou com a cabeça e eu curvei minha cabeça pedindo licença a Jimin.

Sentei-me na cama e coloquei minha bolsa ao meu lado. Yoongi fechou a porta e cruzou seus braços parando em minha frente.

— Oppa, onde Jimin-ssi irá dormir? — perguntei engolindo seco.

— Eu não faço a menor ideia, mas já que ele esta aqui, não posso mandar ele embora. Por mais que eu queira. — respondeu colocando suas mãos no bolso de sua calça moletom.

— Então a mensagem que você havia recebido era de Jimin? Por que não me contou que ele queria vir para cá? — perguntei olhando para baixo.

— Miane, eu ia dar um jeito de resolver as coisas para que ele não viesse, mas não deu certo. Miane, por não ter contado a você, quando eu vi a mensagem, fiquei bastante irritado. — Yoongi se desculpou.

— Também preciso me desculpar pelas coisas que disse hoje cedo. Aquilo tudo não era... — parei de falar e suspirei profundamente.

O que eu havia hoje cedo era verdade sim. Não quero mais mentir para Yoongi, se é que alguma vez eu menti para ele.

— Arasso. — o moreno suspirou pesado e olhou para o lado. Passou a língua entre seus lábios e um silêncio se instalou naquele quarto.

— Acho que devemos voltar para a cozinha e falar com Jimin. — disse me levantando da cama. Yoongi abriu a porta e saímos do quarto.

— Chesonhamnida pela demora. — Yoongi se desculpou apoiando seu corpo contra o fogão. Jimin apenas sorriu.

— Hwanyonhamnida, Jimin. — disse me curvando.

— Jebal, não me chame de Jimin. — o louro a minha frente disse cruzando os braços. — Me chame de oppa. — sorriu fazendo com que eu ficasse envergonhada.

Olhei para Yoongi confusa e este olhava fixamente para Jimin. Pelo jeito, Yoongi não havia gostado nenhum pouco Jimin ter dito que eu poderia chamá-lo de oppa.


Notas Finais


✘ Espero que tenham gostado e até o próximo cap.

✘ Comentem o que acharam, ficarei muito contente ♡

✘ Essa capa (muito linda, por sinal) foi feita pela @tchimin do @thereddesign. Caso queiram pedir alguma capa de kpop, peçam lá. Elas são ótimas ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...