História Confused Life - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Bobby Singer, Castiel, Dean Winchester, Sam Winchester
Exibições 19
Palavras 1.151
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie minhas lindas pessoas.. Depois de um tempo aqui venho com uma att, ainda esta complicado escrever por falta de tempo mas vou me esforçar. Espero que gostem e não esqueçam de comentar, qualquer opinião é válida 😍😘

Capítulo 21 - Por que essas coisas acontecem comigo?


Capítulo 21

Dean e Sam ainda estavam a espera de Castiel encostados no impala ate que ele apareceu assustando a Sam e Dean que ja estava com a mão sobre a arma em sua cintura.
- Você tem que parar de aparecer assim cara! - Dean o olhou seriamente tirando a mão de sua arma.
- Er.. Desculpa. Mas eu achei um caso eu acho, tudo indica que são vampiros e bem longe de indícios de demônios e anjos.
- Tudo bem e pra onde você e o Sam vão?
- Procurar sobre a Annya!
- Então devemos começar por quem conhece ela desde criança! - Sam disse e Dean o olhou entendendo o que o irmão queria dizer.
-Bobby! - Dean respondeu.
- Pode ser. - Castiel concordou com a cabeça.
- Amanhã resolvemos tudo.- Dean disse e todos saíram em direção ao Motel.
Entraram no quarto e Anny estava dormindo calmamente, Dean resolveu que não dormiria e ficaria ali com Castiel, Sam se deitou em sua cama e não demorou muito ate apagar.
Dean estava olhando para os dois dormindo, lembrou de tudo que estava acontecendo, seu irmão e sua agora namorada as coisas mais preciosas de sua vida. Ele pensava consigo mesmo e fez uma promessa para si, que não deixaria que nada acontecesse a nenhum dos dois.
Amanheceu rápido e Dean deu graças a isso, queria tirar Anny o mais rápido possível mas teria que ter um bom argumento para tentar tirar Anny desse caso, ele a conhecia muito bem.
- Bom dia! - Ela disse preguiçosa na cama.
- Bom dia Pequena! - Dean respondeu e deu um beijo em sua testa.
- Onde esta o Cass?
- Não sei. Ele some assim aleatoriamente.- Dean sorriu amarelo.
- Ja reparou se o Sammy esta vivo? - ela disse sorrindo para Dean que também sorriu vendo o irmão em um sono profundo.
Ele olhou de volta para Anny e viu um sorriso sapeca e ele ja sabia que ela queria aprontar.
- A resposta é não. Você não vai fazer nada Anny.- Dean falou rindo.
- Quem disse que eu pedi permissão?- ela também ria.
- O que você vai fazer?
- Espera só! - Annya ria.
Ela calmamente foi ate a cama de Sam e se sentou sobre ela, fez um leve carinho sobre os cabelos de Sam que sorriu e fez sinal para Dean pegar o copo de água que estava do lado dele, ele pegou e deu a ela. Anny se afastou um pouco e gritou.
- SAM FOGOO! -Sam se levantou assustado e ela jogou o copo de água no seu rosto. Dean ria do irmão que estava furioso.
- Eu não acredito que você fez isso Annya! - Ele a olhou fingindo estar bravo, a garota que estava sentada ainda na cama rindo sentiu ser puxada pelo braço e Sam esfregou seus cabelos molhados sobre ela também a molhando.
- Para Sammy! - Ela ria sem parar.
- Acho que chega crianças! - Dean olhava para os dois que sorriam.
Os dois estavam molhados e olharam para a porta do banheiro ao mesmo tempo pensando a mesma coisa, Sam foi mais rápido jogando Anny na cama e correndo para o banheiro fechando a porta logo em seguida.
Anny estava rindo e se levantou da cama, Dean estava meio disperso em pensamentos e ela sentou na cama com ele.
- Aconteceu alguma coisa?- ela perguntou preocupada.
-Não, nada! - Dean disse apenas e fez movimentos para levantar da cama, mas Anny o puxou pelo braço.
- Ei Dean me fala o que houve você estava rindo a alguns minutos atrás.
- Não é nada Annya!
Ela pensava no que poderia ter deixado assim e ficou incrédula.
- Oh Deus. Você esta com ciúme?
- Mas é claro que não! - Dean exclamou tentando parecer convincente.
- Olha Dean eu sei que você esta com ciúme sim, ao contrário do que pensa eu te conheço. Mas tu sabe que é desnecessário ter ciúme do Sam. - ela falou calma.
- Por que eu não deveria ter? Vocês ja dormiram juntos, tenho motivo. - Dean falou sendo rude e Annya ficou sem reação, as lágrimas vinham aos olhos dela e em um movimento rápido ela saiu do quarto.
Dean tentou impedi-la o que foi em vão, Anny gritou para que ele a deixasse sozinha. Dean percebeu que tinha se expressado mal e logo se arrependeu.
POV Dean
- Que droga, por que eu fui falar logo isso pra ela? - pensei alto comigo mesmo.
Eu sou muito burro como a Anny vai me perdoar depois disso.
Pra piorar minha situação Castiel aparece do nada, ele tem que parar com essa mania.
- O que aconteceu Dean?
- Nada Cass, eu só fui um idiota.
- Idiota? Sim você é um dos grandes. - Sam disse rindo.- O que aconteceu?
Acho que ele finalmente notou que eu não estava para brincadeiras.
- Eu fui muito babaca com a Anny e não sei como consertar. - para completar Castiel me encarava com uma cara de paisagem que estava me irritando.
- Pode começar me contando qual a asneira que você disse. - Sam me disse em um tom sério, ele parecia ter tomado um ar de chateado.
Contei tudo sobre o que tinha falado para a Anny e realmente fiquei com medo de que poderia tomar um soco a qualquer momento.
- Você é maluco cara? Como é que você insinua uma coisas dessas? Nós ja tivemos uma conversa e você não confia na Anny?
- Eu não pensei, eu fui estúpido apenas por estar com ciúmes.
- Você é realmente um idiota e quer saber você merece que ela esteja brava com você. A Anny não merece isso.
Sam foi duro comigo mas eu precisava daquilo, vi nos olhos dele a fúria transbordando. Ele não falou mais nada apenas saiu e bateu a porta do quarto com força.
- Eu não entendo muito bem essa história de relacionamentos mas você foi muito burro Dean.
Para acabar ainda sou chamado de burro por um anjo. Não faço a minima ideia do que fazer.
POV Dean off
Sam estava visivelmente furioso com Dean, mas precisava achar Anny, ela sim estava precisando dele agora.
Anny estava do outro lado da rua do motel embaixo de uma sacada do estabelecimento enquanto uma garoa fina se iniciava.
Sam avistou a garota de longe encolhida abraçando suas próprias pernas, ele correu para alcançá-lá e quando chegou se sentou perto dela e a abraçou, Anny soltou suas pernas e abraçou Sam logo molhando sua camisa com um choro pesado. Sam tentava consolar a menina mas ela precisava descarregar aquilo.
- Por que Sam? Por que essas coisas acontecem comigo? - ela desabafou ainda com o rosto afundado nos ombros de Sam e ele não tinha o que falar apenas a abraçou mais forte.


Notas Finais


Pobre Anny, dessa vez o Dean pegou pesado. O que será que ele vai fazer para consertar isso?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...