História Confused Love - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ashley Benson, Justin Bieber
Personagens Ashley Benson, Dylan O'Brien, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Justin Bieber, Selena Gomez, Shay Mitchell
Tags Ashley Benson, Buttahbenzo, Colegial, Justin Bieber, Nerd, Shay Mitchell
Visualizações 510
Palavras 1.710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Escolar, Fantasia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


❥ Hello guys, como vcs estão? Fiquei muuuuito feliz que vcs gostaram do último cap, eu tenho muita insegurança pra escrever hots.
Eu tenho uma notícia um pouco ruim, leiam as notas finais!
❥ Boa leitura!!!

Capítulo 21 - This will not happen again


Fanfic / Fanfiction Confused Love - Capítulo 21 - This will not happen again

Acordei com a claridade batendo em meu rosto, olho em volta e dou de cara com o loiro ao meu lado dormindo serenamente. Droga, o que eu fiz? Por favor, alguém me diz que eu não transei com o Justin.

Levanto-me e vou de encontro as minhas roupas e as visto com um pouco de dificuldade, caminho até a cama e me sento na mesma observando o loiro, eu poderia passar o dia o admirando, mas, infelizmente, eu tenho que ir. Talvez eu possa parecer infantil ao sair sem me despedir ou algo do tipo, mas eu não sei qual será minha reação quando encontrá-lo novamente.  Isso realmente não deveria ter acontecido, era para sermos só amigos, apenas amigos!

Saio do quarto, agora já vestida e passo pela porta do mesmo abandonando Justin ali, ele provavelmente irá ficar decepcionado ao ver que eu não me encontro deitada ao seu lado, mas aquilo foi um erro e eu já estou ciente disso. 

Saio de seu apartamento e caminho calmamente pelas ruas de Malibu, respiro fundo sentindo a maresia, Justin escolheu um lugar bom para morar. Entro no primeiro táxi que vejo pela frente e sigo rumo a Hidden Hills. Eu já imagino o que irá acontecer quando eu chegar em casa nesse estado, já posso ver as infinitas perguntas de Luc.

Encosto minha cabeça no vidro do carro e observo a paisagem correr lá fora. Eu estava tão vidrada em meus pensamentos que nem me dei conta que havíamos chegado. Desci do carro e paguei o homem, que saiu cantando pneu.

Antes de entrar na enorme mansão peguei meu celular para olhar as horas, ótimo! Já passavam de uma da tarde, agora que irei escutar em dobro.

Abro a porta e entro silenciosa tentando passar despercebida, o que foi em vão, pois no momento em que estava quase chegando em meu quarto escutei Luc pigarrear atrás de mim, ele me olhava como se fosse um pai furioso pegando sua filha no flagra após a mesma ter saído sem sua autorização.

— Fugindo de alguém senhorita? –ele pergunta sério.

— Claro que não, estou apenas indo para o meu humilde quarto para relaxar, pois amanhã terei um longo dia de gravações.

— E onde você passou a noite?

—Em algum lugar, debaixo da ponte é que não foi. –digo irônica.

— Não seja irônica, eu odeio quando você faz isso. –ele diz e eu bufo. –Mas agora, responda minha pergunta, por onde esteve? Eu fiquei preocupado!  

—Eu preciso tomar um banho agora, depois conversamos sobre isso.  – sigo em direção ao meu quarto, eu sabia que iria ter que dar algumas explicações, mas adiar isso seria a melhor opção.

Adentro o quarto e sigo em direção ao banheiro, coloco a banheira para encher, tiro minhas roupas as deixo em um canto qualquer. Olho meu corpo nu através do espelho e noto as marcas em meu pescoço, sorrio sabendo que ele queria deixar sua marca. Mas droga, eu terei que cobrir essa merda com maquiagem.

Entro na banheira sentindo a água quente me relaxar, respiro fundo e me deito caindo em um leve cochilo.

Após tomar meu banho relaxante, resolvo sair. Pego minha toalha e enxugo-me indo em direção ao meu closet, pego um cropped e uma calça legging, e coloco meu adidas superstar, sequei meu cabelo com um secador e o arrumei em um bagunçado rabo de cavalo.

Deito-me na cama e dou uma olhada em minhas redes sociais, faz tempo desde a última vez que peguei meu celular. Havia algumas ligações perdidas de Justin, ele provavelmente deve estar puto por eu ter acordado e ter saído sem mais nem menos, havia também mensagens de Jade e Selena. Respondo algumas e disco o número da Jade, com certeza ela está com a Selena nesse momento.

Chamou algumas vezes e finalmente ela atendeu.

Oi, Blair? –a linha foi preenchida pela voz da morena e um barulho de música alta, deduzi que ela estava em uma festa.

—Oi, Jay. Liguei pra saber como estão as coisas, atrapalho?

Claro que não sua boba, você nunca atrapalha. –agora era a voz de Selena, como eu havia pensado, elas estavam juntas.

—O que estão fazendo?

Estamos comemorando, Ryan e Selena finalmente assumiram o namoro! –Jade dizia, era possível notar sua empolgação do outro lado da linha.

—E quando eu iria ficar sabendo disso? –pergunto com uma pontada de ciúmes, qual é?! Elas são minhas melhores amigas!

—Nós tentamos te ligar, mas não queríamos atrapalhar seu encontro com o Bieber. –Jade disse fazendo uma voz fina quando disse ‘’Bieber’’ - Que, aliás, você também não nos contou. –Selena completou.  

—Eu pretendia fazer isso agora. Mas como vocês ficaram sabendo?

Pela Jazzy, ela acabou deixando escapulir sem querer quando saímos para tomar sorvete ontem. – disse Jade, comecei a rir.

—Mas voltando ao assunto, vocês formam um belo casal, torço muito por vocês. –digo sincera.

Muito obrigada, Blair, eu amo você, mas agora preciso ir pegar mais bebidas. Conte os detalhes para Jade que depois irei querer sabe de tudo, ouviu? –Selena disse e deduzi que ela tivesse saído dali.

— Mas agora me conte, o que realmente aconteceu nesse encontro? –Jade disse com malicia na voz, e realmente, ela estava certa.

—Não era bem um encontro, digamos. Mas não aconteceu nada de mais, apenas fomos até a 1OAK, porque um DJ amigo dele estava tocando e acabou que rolou.

E rolou...? AI MEU DEUS, vocês transaram! –ela disse escandalosa.

—Jade, sem escândalos, por favor!

—Tudo bem, eu vou ter que desligar agora. Amo você!

—Até mais, amo você! –digo finalizando a ligação.

Escuto batidas na porta e mando entrar, já imaginando quem pudesse ser.

—Olá cherrie, como foi passar a noite com o gostoso do Bieber? –Luc pergunta e se senta em cima da cama, como ele ficou sabendo? —E antes que pergunte, sim, eu ouvi sua conversa com a Jade atrás da porta, portanto já sei de tudo.

—Bonito! Que bonito, hein? Escutando conversa atrás da porta, senhor Lucas? –digo fingindo estar brava.

—Desculpa, eu não consegui evitar. –ele diz rindo. —Mas agora vamos dar uma volta pela cidade? Boatos que Kylie Jenner mora por aqui, quem sabe temos a chance de encontrá-la?

                                                                       •••

Já estava começando a anoitecer e eu ainda estava passeando pela cidade com Luc, me mudei pra cá faz alguns dias e ainda não tive tempo de sair para conhecer. Apesar de pequena, a cidade é bastante bonita por sinal, a maioria das casas são enormes mansões, mas é claro que como toda cidade, aqui também tem sua parte mais pobre.  

Depois de andar sem rumo por aí, decidimos voltar, pois eu estava faminta.

—Margot, por favor, me diga que você fez esp... —paro de falar assim que dou de cara com Justin sentado no sofá. —O que faz aqui? —digo franzindo o cenho e aguardando sua reposta.

—Podemos conversar a sós? —ele pede calmo.

—Claro, acompanhe-me.  –digo fazendo sinal par ele me seguir.

O levo até meu quarto e encosto a porta para impedir alguém de escutar.

—Você está me evitando ou algo do tipo?

—Claro que não! –minto na cara dura.

—Por que saiu sem se despedir e ignorou todas as minhas ligações?

—Eu não estou te evitando ta legal?  –ele me lança um olhar de repreensão. —Okay, talvez eu esteja te evitando um pouco, mas é que eu não sabia como reagir.

—Blair eu entendo você, eu entendo que acabou de sair de um relacionamento e que no momento não quer se envolver com ninguém, eu até acho que nós fomos rápidos demais. Talvez tenha sido a bebida. –ele respira fundo e continua a falar. — Nós podemos fingir que isso não aconteceu, e continuar sendo amigos, tudo bem?

—Sim. –concordo e vou até ele e o abraço. —Obrigada por entender. 

—Mas mudando de assunto, já soube da maior? –observo ele se afastar.

—Se for sobre Ryan e Selena estarem juntos, sim, já estou sabendo. –digo, já imaginando esses dois.

—Eu sempre suspeitei, mas agora temos uma confirmação. Eu torço por eles, afinal meu amigo é um cara legal.

—Eu também torço por eles.  Mas já vou avisando que ele pode ser um cara legal, mas se machucar minha amiga a única coisa que ele será é um cara morto. –brinco. —Digo o mesmo para o Chris.

—Que garota durona. –ele disse sorrindo.

Um silêncio se instala entre nós e eu o quebro no mesmo instante.

—Está a fim de comer comida japonesa comigo? –o convido. —Por favorzinho Jus. –peço fazendo biquinho, ele parece pensar um pouco. —Luc odeia comida japonesa, Austin provavelmente está saindo com alguma garota, e só sobrou você.

—Por favor, não me chame desse apelido. Sério, é broxante! –ele me encara rindo. —Mas eu aceito o convite, pra onde vamos?

—Nobu? –sugiro e ele assente.

—Você por acaso tem uma moto aqui?

—Tem uma vespa na garagem que, aliás, nem sei por que comprei. –respondi ainda sem entender. —Por que você precisa de uma moto?

—Você tem capacetes aqui, certo?

—Sim, mas eu ainda não estou entendendo.

—Suponho que você nunca tenha andado de moto à noite em Los Angeles, não é mesmo?

—Sim, eu nunca andei.

—Prepare-se, porque nós vamos de vespa. —ele se aproxima e sorri.

Fomos até a garagem e eu lhe entreguei a chave da vespa, Margot trouxe os capacetes e eu acabei subindo no veículo, um pouco receosa, mas ainda sim subi.

—Vamos nessa? –ele disse e deu partida.

Justin estava indo em uma velocidade dentro dos limites da lei, mas para mim era como se estivesse indo a mil por hora. Sentia o vento bater em meu corpo, era uma sensação boa, mas eu ainda estava com medo.

—Vamos lá, Blair. Se solte garota! –ele disse e me arrisquei a soltar um gritinho.

Não demoramos muito para chegar, logo já estávamos parados estacionando a vespa no estabelecimento, descemos e adentramos o local. O Nobu é um dos meus restaurantes favoritos aqui em Los Angeles, é um lugar com uma decoração bonita, uma música agradável, e uma comida de dar água na boca. E fora que eu conhecia a dona, ela é um amor de pessoa.

Não havia muitas pessoas ali hoje, para minha surpresa e felicidade. Fizemos os pedidos e aguardamos trocando ideias enquanto a comida não chegava.

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


» Eu andei fazendo as contas e vi que Confused Love terá no máximo uns vinte e cinco capítulos. Aproveitem cada capítulo a partir de agora, pois estamos entrando em reta final kssksks. Mas eu tenho novos projetos para novas fics, espero que possam me acompanhar com as próximas histórias, amo cada uma de vcs ♥
» Tenho outro aviso, as provas finais estão chegando e eu preciso estudar, talvez eu não poste cap na próxima semana, espero que entendam.
» Deixem suas opiniões nos comentários, bjs e até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...