História Confusion of stars - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai
Tags Baekhyun, Casamento Arranjado, Chanbaek, Chanyeol, Kai, Missxiao, Poste Gostoso
Exibições 43
Palavras 2.198
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nossa demorei mas apareci finalmente, vida fico muito corrido por motivo de escola, provas, trabalhos e formatura.

Eu não gostei muito desse começo porque eu escrevi e rescrevi uns trilhão de vezes e nada de bom saia então deixei assim, sorry!

Tenho um recadinho nas notas final, talvez uns fiquem felizes.


Boa Leitura!

Capítulo 3 - Three


Confusion of stars

Capítulo 3



Suas mãos eram quentes muito quentes, ele distribuía varios selares em minha coxas e virilha e sua mão não parava de estimular meus mamilos seus beijos foram subindo ate chegar na barriga onde ele fez questão de beijar e morder as pequenas gordurinhas que ali estava, ele sorria de um jeito tão malicioso quando se infiltrou na minha blusa de manga longa que quando eu sai do transe ele estava beijando meus mamilos e nessa hora eu perdi totalmente a noção do mundo eu so sabia gemer seu nome e pedir por mais e enquanto ele dava a atenção aos meus preciosos mamilos ele continuava com as caricias em minha coxa e destribuia varios tapa leves, e sua mão que estava em minha coxa subiu até chegar em um lugar muito perigoso e que ja estava muito desperto e sem aviso prévio ele infiltrou sua mão em minha intimidade e eu gemi alto e quando ele foi estimular meus dois pontos sensíveis eu...


Ahhhh não, não, não!


So pode ser carma meu SANTO DEUS DOS CABELOS SEDOSOS. Não acredito que a parte mais boa essa merda de 

companhia toca ARG que raiva.


~♡~


Depois de mim ter xingando o filho de uma desgraça umas dez mil vezes de todas palavras de baixo calão, eu decidi ir a procura de uma blusa grande pra esconder o meu mascote que estava bem desperto e coloca desperto o bichinho tava quanse querendo sair da cueca pra dar uma aliviada mas como o desgraçado que ta tocando a maldita capanhia e não se toca que ja faz 3 minuto é ninguém atende ele ou ela devia ter senso de consciência e se mandar daqui, mais não fica na porta da casa alheia pratado e pertubando, a se eu mato um ser desse oh se mato.


Levanto da cama e vou a procura de alguma blusa que esconda minhas partes baixas porque lá o negócio tava ja bem despertinho e bom acho que ninguém iria querer ver meu amiguinho desperto e então e bom esconder.


Acho um moletom embaixo da cama e visto rapidamente e me encaminho para abrir a porta ja que a desgraça não para de tocar aquela merda de campanhia.


Vou em passos rápidos e abro a porta e me deparo com ninguém mais e ninguém menos que o olhudo e seu namorado delicia mas que o Kyung não saiba que ja olhei pro boy dele e achei uma delícia, delicia e pouco o garoto e gostoso pra caraio e o corpo dele Jezuis me acuda que homem é esse Senhor!


-O que faz aqui Kyungsoo?.-fiz a maior cara de tédio. 


-Oi pra você também Baekzinho.-Disse invadindo minha casa, essa bicha e muita cara de pau.


-A educação mando lembrança ta coisa.


-Manda um beijinho pra ela.-Não tem vergonha na cara, esse cara de pau.


-Oi Baek.-Jongin pela primeira vez se pronuncio, com aqueles sorriso que mata todo mundo.


-Oi Nini.-Falei, porque sabia que é o apelido fofo que o kyung deu pra ele, e so ele pode falar.


-Oi Nini o caraio, pra você e Jongin.-Falou puxando o namorado de perto de mim.


-Eu sou só seu Nini Kyung, não precisa ter ciúmes do Baek.-Jongin falo dando um beijo no biquinho q se formo no kyung, credo quanta melosidade, fica vendo isso a diabete sobe la no alto.


-Chega, chega de melação.-Entrei no meio dos dois, porque não sou obrigado a ver essas coisa na minha residência. 


-Inveja né Baek.-Falou a bicha do Kyungsoo, abraçado Jongin.


-Vai se ferrar idiota.-Mostrei língua pra ele, sei que isso é coisa de criança, não me julguem. -Mais fala o que vocês vieram fazer aqui?.


-Então Baek.-Falou largando o namorado e vindo até mim.- Nós, eu e o Nini, e o Nini e eu...


-Entendi coisa, fala logo!.-Revirei os olhos .


-Tá. Nós viemos pergunta se você quer ir pra praia com nós, vamos? fala que sim.-Disse com uma sorriso no rosto e com uma cara fofa.


Ata se ele pensa que essa cara de coruja que caiu da árvore me comove haha não mesmo. 


-Obrigado, não quero ir com vocês e ter que segura a tocha olímpica a viagem inteira.-Falei me sentando no sofá. 


-Mas então leva o Chanyeol ué.


-Isso Baek leva ele.- Falou Jongin se sentando ao meu lado.-Assim vocês podem ficar um tempo a sós. 


-O-o quê! ?.-Dei um pulo no sofá. 


-Não se faça de idiota, sabemos que você ta caidinho pelo mestre Yoda.-Falo Kyung sentando ao lado do namorado.


-Vocês tão loucos? e-eu caidinhos pelo Chanio Puff lógica que não. -Dei uma risada nervosa. 


-Haha, ta gaguejando porque Baek?.- Kyung falo apontando o dedo pra mim.


-Eu não tô gaguejando idiota.-Falei sem humor.


-Ta, vou fingir que acredito ta.


-Ok princesas acabaram já. -Folou Jongin com um sorriso divertido. 


-Quer morrer?.-Eu e Kyung Falamos em uníssono. 


-Morrer? lógico que não. -Jongin falou.


-Toma jeito na sua vida Ni..Ops Jongin.-Falei rindo da cara do Coruja.


-Ta okay, mas vamos para o ponto inicial da conversa, você vai querer ir? porque eu ja falei com o Chanyeol e ele falou se você fosse, ele iria.-Falou Jongin.


-O que!.-Como assim o Chanyeol foi convidado ates de mim.


-Você entendeu Byun.-Falou Kyung.


-Mais acho que não vai dar, por causa do casamento, meus pais e os do Chanyeol ligou e adiantaram e daqui 1 semana.-Falei sentando novamente no sofá. 


A duas semana meus pais ligou falando que o casamento teria que ser adiantado por causa de negócios que a família "Park" e "Byun" teriam que fazer juntos na Árabe, e o casamento teria que ser mais cedo.


-Então vamos fazer assim, depois do casamento nós vamos pra praia, pode ser?.-Disse Kyung dando pulinhos.


-Ta ok, se o Chanyeol topo ir, e Não tem o que eu fazer aqui mesmo.


-Então está combinado, depois do seu "casamento", todos nós iremos.-Jongin falou se levantando. -Vamos Soo tenho que trabalhar ainda.-Pegou na mão do meu "amigo" e foi caminhando até.


-Tchau Baek.-falou Kyungsoo me abraçando. 


-Tchau Soo.


-Tchau Baek.-Disse Jongin com um sorriso caloroso. 


-Tchau.


~♡~


Depois que os dois foi embora, eu corri pra cozinha ver se tinha algo pra comer, e nossa senhora como e que se faz comida!. Eu nunca soube fazer comida mesmo então eu decidi pedir alguma coisa pra comer, liguei pra um restaurante italiano e pedi um macarrão ao quatro queijo, e quanto a comida não chegava eu fiquei jogado no sofá. Passado 5 minuto ouvi a porta destrancando, olhe para trás e vi o Park perninhas lindas, quer dizer Park perninhas torta atravessando a mesma. 


-Oi.-Falou vindo em minha direção. 


-Oi.


Ele se sentou no sofá me olhando de um jeito que eu sei que ele queria falar alguma coisa ou pedir algo.


-O que foi.-falei pra ele.


-Nada.-Desviou o olhar para um ponto fixo na parede .


-Ta olhando o que na parede?.-Indaguei, ele estava muito estranho.


-E-eu olhando? nada porque?.-Disse voltado seu olhar para mim.


-Sei la, você está estranho.


-Eu...-Ele não conseguiu terminar porque a companhia toco e eu sai correndo mais rápido do que o Flash.


Abri a porto e vi um moço de cabelo loiro e de lentes verdes com o meu pedido ja em mãos, lhe dei o dinheiro e ele devolveu o troco pra mim, agradeci e fechei a porta com tudo, de tanta fome que eu estava, espero que o moço não ache que sou mal educado, e que a fome e tanta que a educação nos guarda em um cantinho e pega depois.


Voltei pra sala e o orelha ainda estava sentado lá.


E pra você que acho que eu seria mal educado e não ofereci nada, eu Byun Baekhyun todo generoso ofereci sim.


-Você não quer comer não ne?.- Falei torcendo pra falar que não.


-Não obrigado. -falou, e eu quase pulei encima dele de tanta felicidade, porque ficar repartindo as coisas que é minha não e muito do meu agrado, e principalmente comida, afinal quem é que gosta de reparti comida?.


-Ta então.-segui pra cozinha pra por em um prato, depois que coloquei no prato, fui a procura de alguma coisa pra beber, achei refrigerante e suco de abacaxi com hortelã, fique tão na duvida que peguei dois copo e coloquei suco em um e refrigerante no outro e voltei pra sala.


Sentei na sala e liguei a tv em um canal qualquer, Chanio continuava sentado no mesmo lugar, e ele ja tava me encomodando com aquela estranheza, olhei de solaio pra ele, e ele parecia distante, me levantei porque não tava mais aguentando.


-Olha pode falando o que está acontecendo, vai, vai, pode falar.-Coloquei a mão na cintura o olhando.


-Ta, e que.-Deu uma pausa na fala e esses segundos ja tava me corroendo. -E que sabe a minha formatura e daqui uns meses e bem eu precisava de ajuda de alguém sabe, pra ajuda com a roupa e essas coisas.-ele falou e tirou um peso de mim, e eu pensando que era algo grave aqui.


-Ata, e você quer minha ajuda?.-ele assentiu com a cabeça -Tá.-Falei e voltei a comer.


-Sério mesmo Baek!.- Ele se levantou e veio me abraçar, seus braços me causava uns calafrios muito louco, não sei o que acontece, esse menino deve ta me passando alguma doença, acho que definitivamento vou ter que procurar ajuda de um médico, talvez eu esteja doente por causa do poste de orelhas.


-Uhum.-Murmurei.-A Chanio o Jongin e o kyun veio aqui e falou sobre a viagem. 


-Chanyeol Baek.-Ele me corrigiu e eu revirei os olhos. -E eu falei para o Kai que se tudo bem pra você, eu iria sem problemas, a faculdade ja ta adiantada, e eu so volto pra formatura.


-Por mim tudo bem.


-Aliás Baek, meu pai ligo e falou pra nós encontrarmos com ele em uma loja.


-Ta, so deixa eu termina de comer.-Falei voltando a comer.


-Ok, vou tomar um banho ai nós vamos.-falou rumando para seu quarto.


Depois de uns 30 minutos nós saímos de casa, quando chegamos na loja, ela estava fechada e tinha um segurança na porta, ele falou que o senhor Park tinha fechado a loja só para ele ser recepcionado, sem ninguém atrapalhar e blá blá.


Entramos na loja e o pai do orelha tava la, so vi aquela praga umas três vezes e nem lembrava da cara, ele falou sobre o detalhe do casamento, falou que ja estava tudo pronto, ele ja tinha chamado os paparazzi para a festa, pra tudo sair radiante e tudo certo nos mínimos detalhes, disse que nos chamou para resolver os ajuste dos ternos que usariamos, ficamos no máximo umas 3 horas na loja com o pai do Chanio falando sobre o casamento e blá blá blá.


Depois que fomos liberado fomos direto pra casa e eu fui direto para meu quarto dormi feito um anjo.


~♡~


1 semana passou voando, em um piscar de olho ja estava em uma quarto que ficava no salão onde seria o casamento e a festa, eu tenho que ser realista, estava tudo lindo nos mínimos detalhes, mas esse nunca foi meu sonho de casar assim, eu comecei pensar em casamento depois que comecei a observar os pontinhos que havia la no céu, e comecei a sonhar em casar em uma praia paradisíaco, com a brisa do mar, casar com aquele por do sol radiante, e no final ver as estrelas sorrindo pra mim, mas acho que isso nunca vai se realizar de verdade,


Me olhei novamente para o espelho e eu não estava acreditando que eu estava casando.


Ouvi duas batidas nas portas e só resmunguei um "entre", vi minha mãe e logo atrás Kyung entra atrás. Minha mãe veio com os olhos cheios de lágrimas , quem visse até parece lágrimas de verdade, ela veio e me abraçou e falou que estava alegre de me ver casando e entre outras coisas que a partir do "cansando" parei de prestar a atenção. 


Depois que ela saiu o kyung que estava sentado na poltrona que tinha ali veio em minha direção. 


-Está pronto?. -Ele falou sério, ele sabia como eu tava me sentido no momento, ele estendeu a mão e eu eu a segurei.


Murmurei um "sim" baixinho enquanto segurava em sua mão, ele me levou até a porta onde meu pai estava para me levar até o altar que ali havia.


Estava cheio de fotógrafos, paparazzi, repórter, para não perde o "Grande casamento", que iriam unir a família Park e byun.


Olhei para frente e lá estava ele, de terno cinza, com uma flor ao canto branco, com um topete, ele estava lindo como nunca vi. Ele me olhou e sorriu minimamente e foi naquele sorriso por algum motivo eu tomei coragem e fui andando até o altar onde ali iríamos selar a grande mentira que no momento ali havia.



Chanyeol ON.


Baekhyun estava lindo, eu no começo achava ele um chato, mandão que so sabe falar palavrão e errar meu nome de propósito, mas com esse curto tempo junto, pude conhecer um pouco dos seus sonhos e manias, ele se tornou uma pessoa especial pra mim, se tornou um tipo de família, é ao seu lado descobri um mundo mais colorida e alegre, mesmo que eu chegue cansado no nosso apartamento, ele sempre vem com aquele sorriso retangular, ou mesmo mal humorado ele me faz sorrir, e eu realmente espero que, o que, eu ando sentido não seja o que eu esteja pensando, porque talvez, só talvez se for, eu tenho medo de não ser correspondido e minha vida voltar a ser um mar de preto e branco.


Chanyeol OFF.










Notas Finais


Para muito que viram que essa fanfic iria ser uma 3shot, eu pensei muito ultimamente e decidi que ela vai ser prolongada pra mais capítulo, não sei quanto mais capitulo, mais irei continuar porque planejei outro rumo pra ela e espero que gostem ao longo da história, fiz uma modificação na sinopse pra mudar a história um pouco, mas o objetivo e o mesmo ainda casamento arranjado e agora Byun e Park no mundão solto pra aprender a amar em Paris, e termina em Veneza, a cidade romântica kkk isso e um spoiler já? Talvez sim ou não....


Espero que tenham gostado, e comentem pra incentivar, aceitos críticas e elogios para poder melhor...


BJOS até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...