História Confusões do passado - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Feia Mais Bela
Personagens Aldo Domenzaín, Alicia Ferreira, Erasmo Padilla, Fernando Mendiola, Julieta Solís de Padilla, Letícia "Lety" Padilha Solís, Márcia Vilarroel, Omar Carvarral, Personagens Originais, Tomás Moura Gutiérrez
Tags A Feia Mais Bela
Visualizações 108
Palavras 534
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii gnt! Vcs devem estar se perguntando: ela ainda está viva?!
Sim! Eu ainda estou viva, peço desculpas por não postar por tannnnto tempo, viajei e cheguei ontem! Lá a internet é muito ruim e eu também não tive tempo de postar, além de ter chegado cansada da viagem. Mas cá estou eu, com um capítulo que espero que gostem (como sempre) 😃😄😊

Capítulo 21 - Cansativa, mas feliz


Fanfic / Fanfiction Confusões do passado - Capítulo 21 - Cansativa, mas feliz

               CAROL
    Fiquei muito animada desde o começo, mas a melhor parte foi o pedalinho. Eu e Omar falávamos animadamente, até que não puxamos mais assunto e ficamos em silêncio. Ele me olhou, de uma forma diferente, não sabia explicar sua expressão. Ele passou a mão em meu cabelo, o que eu achei muito bom, foi chegando mais perto até olhar bem fundo nos meus olhos e nossas respirações se misturaram, sem aguentar mais o beijei, não sabia como, nem porque, mas sabia que queria isso desdo princípio, seus lábios eram melhores que eu imaginei, nos separamos por falta de ar. Omar me olhou sorrindo, não estava tão envergonhado como achava que ficaria, agora sim vi o que ele estava sentindo, amor e felicidade.
O- Desculpe por ter te beijado, já não aguentava mais.
C- Não aguentava mais o que?
O- Carol, cansei de esconder o que eu sinto por você. Desde quando você foi pro Canadá, onde já éramos amigos, senti muito a sua falta, na verdade desde quando te conheci me apaixonei por você, e agora, nesse beijo não pude conter minha felicidade de além de você corresponder, tomou a iniciativa. Eu preciso saber o que você sente por mim Carol.
    Ele me acariciou e olhou nos meus olhos, aqueles lindos olhos verdes. Fiquei surpresa com tudo o que me falou, mas eu sabia muito bem a minha resposta.
C- Omar, confesso que antes eu o olhava apenas como um mero amigo, mas também senti sua falta e vi que não posso ficar sem você. Eu também me apaixonei por você, logo quando o vi no aeroporto, só não sabia se você me correspondia. Mas agora, com o beijo e essa declaração, tenho a certeza de que me apaixonei perdidamente por você, Omar Carvajal.
    Ele me olhou mais que feliz e isso já me bastava. E, sem perder tempo, me beijou novamente e foi aí que percebi que eu também estava feliz.
     Quando paramos nosso beijo olhei para a direção de Lety e Fernando, assim como Omar.
     Eles nos olhavam surpresos e eu e Omar piscamos para eles.
     O passeio havia acabado e tivemos que ir pro hotel.
     No carro eu e Omar explicamos o que aconteceu pra Lety e Fernando e eles ficaram muito felizes, tanto a Lety por mim quanto o Fernando pelo Omar. O tal Eduardo também nos parabenizou.
    Chegamos no hotel e fomos descansar. Dei graças a Deus por ter que dividir o quarto com o Omar, dormimos agarradinhos, mas nada mais do que isso.
     De manhã fui recebida novamente com um café na cama, mas agora acompanhado com um beijo de Omar, o que mudava tudo.
     Descemos para encontrar os outros e sabia que hoje teria muito trabalho.
     Encontramos os outros e soube que Tomás também estava entre nós, bom, já que precisávamos de toda a ajuda pra isso.
      Apesar de cansativo, trabalhar foi muito divertido. Principalmente com os três loucos que eram o Tomás,  o Omar e o Fernando.
       Não sei por que, mas acho que o Tomás tem algo com a Alice.
      Logo acabou o dia e eu pude dormir agarradinha no Omar novamente.
      Sem dúvida posso afirmar que essa viagem está sendo cansativa, mas feliz.
    
   
   


Notas Finais


Quase que perco esse capítulo e meu coração sai pela boca. Espero que tenham gostado, não esqueçam de favoritar e principalmente de comentar, bjs e até depois 😉😘
Ps. Eu vou colocar essa letra agora, a não ser q vcs queiram do geito antigo é só falar 😉


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...