História Conhecendo a Vida - Ziam - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Will Smith, Zayn Malik, Zendaya
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Will Smith, Zayn Malik
Tags Boyxboy, Gay, Larry, Larry Stylinson, Oned, Romance, Romance Gay, Ziam, Ziam Mayne
Exibições 80
Palavras 1.586
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Lemon, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu não demorei, PALMAS PRA MIM kkk
Vou adicionar vocês, leitores! Vamos ser amiguinhos '*'

Boa leitura e até as notas finais.

Capítulo 3 - 2 - Algo como Bissexual


 Liam saiu apressado de sua última aula, estava nervoso e ansioso pelo treino, ele sentia falta de um pouco de violência em sua as vezes monótona vida. O time o esperava no portão da escola, e ele animadamente caminhou até lá e comprimentou todos os seus companheiros com um toque de mão.

- Onde está Devine? - Liam perguntou, sabendo que seria o treinador a levá-los para o Municipal. 

- Ele disse que vai demorar um pouco - respondeu Louis - pediu que o esperássemos aqui.

- Esperar quem, Liam? - Danielle chegou por trás dos meninos e interrompeu a conversa. Droga, pensou Liam. Ele teria que pensar rápido para despistar a garota, que se chatearia fácilmente ao saber que foi trocada por um simples treino, e por mais que o relacionamento deles fosse algo muito mais físico do que sentimental, ele não queria magoa-la.

- O Zayn. Eu tô esperando o Zayn, Dani. - ele respondeu. E onde Zayn estava quando ele precisava?! 

- Bem... ele claramente não está aqui, certo? - Liam sabia que seria eternamente zoado pelos rapazes, que já estavam vermelhos de tanto prender a risada, por vê-lo mentindo e inventando histórias para a namorada. Ele estava em uma saia justa ali. Eles até poderiam tentar, mas o primeiro que começasse uma brincadeirinha sequer na frente de Liam iria sofrer as consequências.

- Eu vim procurá-lo - Liam disse. Porra, Danielle tinha que sair antes de Josh chegar ou ela descobriria tudo! 

- Eu sei onde ele está. Vem - Danielle o puxou pelo braço e o garoto a seguiu, não sem antes simular um "vejo vocês lá" com os lábios para seus amigos. 

Danielle realmente sabia onde ele estava: no estacionamento, quase saindo com a moto.

- Parece que ele não se lembra de ter combinado de estudar com você, Liam Payne - a garota sibilou desconfiada, e Liam tratou logo de contornar a situação.

Lá estava ele novamente correndo atrás de Zayn e o gritando para chamar sua atenção.

- Zayn! Não esqueceu de mim, né?! - Zayn o olhou pronto para perguntar sobre o que ele estava falando, quando reparou em Danielle e lembrou-se do que houve na primeira aula, quando Liam descaradamente tentou enrolar a garota com uma desculpa qualquer.

Sem entender o que Liam planejava, Zayn decidiu ficar calado, apenas parou a moto ao lado do casal e indicou a garupa á Liam, que deu um selinho em sua namorada ainda desconfiada e subiu sem hesitar na moto.

- Amanhã, Dani. - ele disse e deu um leve tapa no ombro de Zayn indicando que deveriam sair logo dali. Ele buzinou para a garota parada e nenhum pouco convencida, e arrancou com a moto para fora da escola.

O caminho foi vazio de conversas: Zayn esperava que Liam dissesse alguma coisa, explicasse ao menos o que estava acontecendo, e Liam estava com vergonha até os ossos por ter que envolver Malik para escapar de sua namorada.

Sem saber mais para onde ir, Zayn dirigiu até a sua própria casa, que ficava consideravelmente longe da escola. Na verdade, ficava consideravelmente longe de tudo. Liam não pode deixar de sentir um pouco de medo quando o lugar por onde iam começou a se tornar desconhecido, e logo Zayn entrou em uma trilha sinistra pela floresta que rodeava a cidade, e o tempo estava feio e úmido, o cenário era perfeito para um filme de terror.

Ele adentrava cada vez mais naquele matagal, até que Liam observou que estavam se aproximando de um pequeno portão feito com galhos e uma casinha rodeada por uma cerca feita de tocos de árvore. Isso deixava tudo ainda mais assustador, e sem perceber Liam estava completamente afastado de Zayn. Ou pelo menos o máximo que conseguia com os dois divindo a mesma moto.

Mesmo de longe, eles repararam que havia um carro azul parado em frente ao portão, e a casa estava com as luzes acesas.

- Puta que pariu - Zayn disse ao parar a moto e descer dela, sendo acompanhado por Liam.

- Que foi? Que lugar é esse? - Liam soou clichê. Um terror clichê.

- Era isso ou pagar aluguel... - Zayn disse sem prestar muita atenção ao que falava, ele estava era realmente preocupado com quem ele achava que poderia estar ali, pois ele morava sozinho.

Ele foi entrando pelo portão sendo seguido por um Liam muito hesitante, mas não enxergando outra opção a não ser ir atrás dele. 

Chegaram até a porta, e antes que Zayn tocasse a maçaneta, Liam o impediu segurando seu pulso.

- Zayn, vamos embora, não sabemos quem pode estar aí dentro.

Zayn olhou para Liam com uma careta, como se ele tivesse algum distúrbio sério e acabasse de falar que viu uma vaca subindo em uma árvore.

- Liam, cê tem algum problema? Eu sei bem quem está na minha casa. É só a minha-- 

Antes que concluísse a frase, a porta foi escancarada em frente aos meninos, revelando uma figura feminina e alta, que era a cara do zayn.

- Seu viado de merda! Eu vou acabar com você! - ela disse se jogando contra o corpo de Zayn e o envolvendo com uma força exagerada em um abraço que o fez gemer.

- Aaahn - ele soltou esganiçado - Liam, essa é Waliyha, minha irmã... mais velha. - ele tentou falar, mas estava quase sem ar em seus pulmões.

Waliyha não deu atenção a Liam, apenas soltou Zayn e o puxou para dentro de forma grosseira, deixando a porta aberta e assim, mesmo sem ser convidado, Liam entrou. Ainda estava um pouco assustado com o cenário do lado de fora, mas a casa era aconchegante e ele a classificou mentalmente como tem cara de lar.

Waliyha literalmente jogou Zayn sentado no sofá e permaneceu de pé na frente dele, com o rosto contorcido em uma fúria que assustou ainda mais Liam, mas com a qual Zayn já estava acostumado. Ele estava segurando a risada sentado no sofá, e Liam não havia encontrado o que tinha de tão engraçado naquela situação.

- Você, seu moleque de merda, saiu de casa a quinze dias!!! Com a moto e uma mochila de roupas!!! 

- Eu não fugi de casa, Wali--

- CALA A BOCA! Nós te ligamos até ficarmos carecas!! A sua irmãzinha não para de perguntar o que aconteceu com você e a sua mãe está a beira de uma depressão por não ter notícias do único filho dela! 

O quase sorriso no rosto de Zayn se desfez, e ele levantou-se subitamente e agarrou os ombros de Waliyha. A garota o olhou nos olhos e o puxou pelo pescoço, afim de abraçá-lo ainda com mais força do que da primeira vez.

Ela chorava descontroladamente.

- Shh... Waliy, não fica assim, olha pra mim, eu estou bem...

- Cadê a porra do seu celular? Porque você não nos atendeu? - ela soluçava e Liam se sentia desconfortável ali, observando aquele momento íntimo de duas pessoas que mal conhecia.

- Eu o perdi, mas prometo comprar outro logo, okay? - Zayn sussurrava, dando beijinhos na cabeça da garota.

- Eu sei que você veio pra cá pra superar ele, Zee, e eu tô vendo sua belíssima companhia ali no canto... Você já o esqueceu? Este é seu novo namorado? - ela se referia a Liam sem se mover, como se ele não estivesse ali vendo tudo e ouvindo. Seus olhos se arregalaram.

- O q-que? Namorado? Eu e Zayn não somos nem amigos! - ele disse, na verdade praticamente gritou, mas foi completamente ignorado pelos irmãos abraçados ali no meio.

- O Hazzy era bem mais cabeludo - Waliyha comentou, ainda esperando as respostas do irmão.

- Eu nunca vou esquecê-lo, Waliy. - Zayn agora chorava ainda mais que sua irmã, porém era discreto e silencioso, tanto que nem mesmo ela, que estava agarrada a si, percebeu. Apenas Liam via tudo.

- Esse cara não é meu namorado, e você não devia estar aqui. Vai embora, princesa. Eu estou bem e você não pode ficar aqui.

- Promete que vai comprar um celular? Promete que vai dar notícias? 

- Prometo. E também vou pra casa esse fim de semana. É outra promessa. A mamãe...

- você tem que vê-la. Você disse que viria para cá para tentar retomar sua vida, mas ela não sabe se você chegou bem, não sabe como você está... Ninguém sabe, todos estamos preocupados.

- Diga á todos que estou bem. E que logo irei fazer uma breve visita, certo?! Agora vai, Waliy. Por favor.

Zayn levou a garota até a porta e a viu sair com o carro. Não houve mais lágrimas e nem beijos e abraços de despedida. Ele se sentia mal. Sua irmã era uma rocha, durona e briguenta. Zayn nunca imaginou que a veria chorar algum dia. E ser o causador disso o destruiu.

- Zayn... - Liam chamou hesitante, se aproximando da porta onde Zayn se encontrava encarando as árvores a quase cinco minutos.

- Liam, não fala nada. 

- Você... é gay? 

Zayn quase revirou os olhos. Liam tinha visto e ouvido tudo o que se passou naquele curto período de tempo, e essa era a única coisa com que se importava? Sério?

Zayn sorriu fraco e pegou novamente o capacete da moto.

- Não, Liam. Sou algo... algo como bissexual. Agora vamos, não vamos fazer trabalho nenhum hoje. 

Eles saíram de casa e Zayn dessa vez lembrou de trancar a porta. 

- Aliás.... você pode me deixar no Municipal? Tenho... assuntos pra resolver lá.

Oh sim. Liam se sentia ainda mais á ponto de explodir do que no começo do dia. Seus "assuntos" não seriam mais adiados.

- Okay. E... Liam?! Ninguém deve saber o que aconteceu aqui. Ninguém.


Notas Finais


Gente, vocês sacaram né? Pelo menos um pouco? Kkk EU SINCERAMENTE ESPERO QUE NÃO, PORQUE QUERO ASSUSTAR VCS BASTANTE!
comentem e favoritem ;3

Perguntinha: Qual o nome de vocês?

Podem perguntar tambem, no próximo capítulo eu respondo '*'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...