História Conquer Your Idol ( Interativa BTS ) - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Megumimii

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Armys, Bangtan Boys, Bts, Conquistar, Interativa, Programa, Reality
Visualizações 106
Palavras 2.136
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá leitores! Estamos aqui, com um novo capítulo quentinho saindo do forno.

🌸 Esse capitulo não foi escrito por mim, @plslove, sim pela co-autora @Megumimii.

🌸 Como já disse antes, o capitulo anterior está pequeno porque ele serviu como uma espécie de prólogo... Já que o primeiro não era "válido" pra mim.

🌸 Espero que gostem do capítulo, eu e a @megumimii amamos vocês.

🌸 Boa leitura.

Capítulo 2 - 1 - Take a Shot


1.

Point of View: Min Yoongi

Procuro desesperadamente pelos lençóis da cama que me cobriam; a luz do quarto quase me cegava, mesmo estando de olhos fechados.

— Min Yoongi, é melhor você levantar desta cama agora mesmo! — escutei a voz de Seokjin me chamando e o barulho do interruptor do quarto que ligava e desligava a luz.

— Pelo amor de Deus... que horas são, Kim Seokjin?

— É Kim Seokjin hyung para você! E é melhor ficar sabendo que já passa do meio-dia!

Saltei da cama no mesmo instante. Como assim já se passa do meio-dia!? Eu sei que tenho o costume de dormir até demais, mas hoje isso não devia ter acontecido de modo algum! Ahh, o que eu posso fazer se dormir é tão bom e viciante?

— Todos já tomaram o café da manhã, eu ia te chamar mais cedo só que as meninas insistiram que deixássemos você dormir mais um pouco, agora olha só no que deu!

— Eu mal conheço essas garotas e já gostei delas. —murmurei, rindo sozinho logo em seguida.

Abri a gaveta de blusas da minha cômoda e peguei uma camiseta branca e sem estampa. Aos poucos ia me lembrando do motivo de ter atrasado tanto. Na noite anterior, eu e os meninos tínhamos ficado até tarde assistindo um filme de terror — Annabelle 2 — junto com as garotas, e pelo horário fomos nos deitar tarde. Ah, e é claro, Namjoon fez o favor de quebrar o meu relógio despertador do Kumamon, que era uma das poucas coisas que me faziam acordar de manhã.

— Vamos descendo, Tae disse que planeja uma coisa para todos nós. Eu não tenho a mínima ideia do que é, por isso não venha reclamar comigo depois caso seja mais uma das invenções super excêntricas de Kim Taehyung. — Jin se retirou do quarto e logo em seguida fui atrás dele.

Ao me aproximar da cozinha, consigo ouvir algumas risadas e pessoas conversando, pareciam felizes e empolgadas, provavelmente com o que o V propor. Espero que ele seja moderado quanto à isso, afinal, não é apenas mais um dia comum.

— Bom di... quer dizer, boa tarde! — digo, fazendo uma reverência ao adentrar na cozinha.

— Boa tarde, Suga! — as meninas responderam, após se levantarem de seus assentos para me cumprimentar.

Fui até a bancada da pia e me apoiei na mesma, as observando se sentarem e voltarem a conversar novamente. Elas pareciam muito felizes, o que é de se esperar visto a posição que ocupam agora, já os rapazes... bom, eles não aparentavam estar bravos ou algo do tipo, mas também não estavam tão animados como elas, cujos sorrisos eram tão grandes que suas bochechas devem estar até doendo. Claro que tinham se soltado consideravelmente mais, mas ainda faltava um pouco. Com relação à mim, é, não vai ser nem um pouco fácil se acostumar a viver com várias garotas e ainda tentar ser conquistado por alguma delas, mas o que posso fazer? Está no contrato, e eu o assinei, não dá para voltar atrás agora. Se eu me arrependo? Na real, nem um pouco. Tudo ao longo desses anos foi tão único que eu dificilmente trocaria por algo.

— E então, Tae, o que você pretendia falar para gente? — Jimin se aproximou de seu melhor amigo, perguntando discretamente.

— Taehyung, toma muito cuidado com o que vai falar agora, entendeu? — virei minha cabeça para encará-lo, franzindo o cenho.

— Caramba, eu não acredito que estava quase me esquecendo disso! Moças, poderiam prestar um pouco de atenção aqui, por favor? — elevou um pouco sua voz, para ser ouvido por todos.

Na mesma hora, pararam seu papo e botaram toda a sua atenção em V, assim como os outros integrantes.

— Vocês estão aqui há pouco tempo — continuou—, e por isso ainda nos conhecemos um pouco mal, então, eu tive a ideia de fazermos uma pequena “competição”.

Todos — inclusive eu — lançamos olhares curiosos para o moreno, que fez o seu famoso “sorriso quadrado”, que arrancou alguns suspiros no cômodo.

— Que tipo de competição seria essa? — Hoseok perguntou, com a sobrancelha arqueada.

— Videogame! Dois jogam, e um ganha! O que perder, terá que contar algumas informações pessoais para todos. Seria um bom jeito de espreitarmos laços.

Alguns olhares de desaprovação puderam ser notados, outros já estavam ansiosos, como o do Jungkook, que parecia ter gostado da ideia. Eu quase poderia dizer que os dois planejaram isso juntos, já que gostam de jogar juntos. Jin também estava sorrindo, provavelmente estaria pensando em jogar algum dos games do Super Mario Bros.

— Eu achei uma ótima ideia, jogos são uma boa atividade para realizar em grupo. — uma loira, de cabelos abaixo do ombro, Mali, se não me engano, opinou sobre, fazendo algumas garotas balançarem a cabeça, concordando com a mesma.

— E qual jogo seria? — RapMon perguntou.

— Time Crisis 1! Pra PS1, com a GunCon! — respondeu o líder, vibrante.

Por alguns instantes se fez um silêncio completo. Até mesmo Jungkook se mostrou confuso sobre aquilo. Eu, no entanto, já tinha aceitado que, de qualquer modo, ia acabar ficando confuso com qualquer coisa que V falasse.

— Time Crisis? — Jungkook indagou.

— PS1? — Yuno, a menina de pontas verdes, questionou.

— Ah, não vão me dizer que não conhecem esse jogo! — tinha indignação na fala de Taehyung.

— Eu até conheço, mas, PS1? Acho que da última vez que vi um foi em uma casa de idosos... — Hyun Ji, que antes parecia muito atenta, arrancou algumas risadas com este comentário. Admito que até eu dei um sorrisinho.

— Oh, Deus, vamos para a sala agora!

Tae saiu em disparada para a sala, fazendo as garotas e os membros o seguirem. Ao chegar lá, o mesmo sugeriu que nos dividíssemos em duplas, que seriam sorteados por Namjoon. Todos escrevemos nossos nomes em pequenos pedaços de papel, os dobramos e demos para RM, que começou a sortear.

— Primeira dupla: Jin e Hye Bin; segunda dupla: Yeou e J-Hope; Katherine e Suga — me aproximei da morena com quem ia formar dupla, acenando com a cabeça em seguida — Haneul e Jimin; Hyun Ji e... bom, eu; Mali e V; Jungkook e Yuno.

Todos se juntaram ao seu par, aguardando o inventor daquilo tudo iniciar o jogo.

— Acho justo o Taehyung começar, já que ele que deu essa ideia maravilhosa. — falei, entregando a GunCon que estava em cima da mesa de centro para ele.

— Podemos fazer o seguinte: quem ficar com mais tempo de sobra, ganha. — JK sugeriu o critério para nomear o ganhador. Concordamos em uníssono.

Logo, o jogo começou, na área 1, claramente a mais fácil do jogo, já que era a inicial. V estava animado com o jogo, e fazia graças com a arma toda vez que acertava um personagem. Quando acabou, seu tempo restante foi de 49 segundos e 10 milésimos de segundos restantes. Ele entregou a “pistola” para Mali, que repetiu a mesma área que ele, fazendo 49 segundos exatos.

— É, eu ganhei! — gabou-se, sorrindo ladino para a loira — Vamos lá, nos diga sobre você!

— Aish! Não acredito que eu perdi! — Mali cerrou os punhos, balançando a cabeça negativamente. — Tá bom, meu nome é Mali Chantaphasouk, sou tailandesa e tenho dois irmãos mais novos, e são gêmeos.

E após, Hye Bin e Jin. O engraçado foi que ambos empataram, até nos milésimos de segundos. Isso é mesmo possível?

— Fizemos 46 e 13, o que acontece quando empatam? — a loira sorriu, corando levemente as bochechas.

— Olha, por mim, os dois estão salvos. Acho que algo assim não irá acontecer nunca mais. — Jimin parecia mais surpreso que ambos com o ocorrido.

— Por mim também. Que tal J-Hope e Yeou irem agora?

— Sinto que irei perder... — Hoseok pegou a “pistola” que estava com Seokjin e iniciou o jogo.

E é claro, a garota cujo nome significa “raposa da sorte” ganhou a partida, por uma diferença considerável de tempo. Hobi jogou como se realmente fosse um personagem, tentando miseravelmente desviar dos tiros. Resumindo: Yeou 53 segundos e 3 milésimos, e Hoseok... 40 segundos e 9 milésimos. Conseguiram fazer o menor tempo e o maior, em uma única partida.

— Devo dizer que não estou surpresa? Porque eu realmente não estou. — Yeou piscou para Jung, que fez bico por perder.

— Devem achar que não existe algo que não saibam sobre mim, mas estão enganadas. Jung Hoseok, Gwangju, acabo de descobrir que sou péssimo em jogos de tiro. — e mais uma vez, ele conseguiu fazer todos rirem. Só o Hoseok mesmo.

Hyun Ji e Namjoon... foi interessante ver como a morena imitava os sons de tiros, mesmo quando perdeu por 2 segundos fez questão de fazer o “som da derrota”.

— Rap Monster hyung quase conseguiu bater o recorde de Yeou... se tivesse sido um segundo mais rápido iria levar a coroa temporária. — Jungkook interviu, dando tapinhas nas costas do líder.

— Se é pra fazer, vamos fazer logo. Hyun Ji, nasci em 97 e gosto de editar vídeos.

— Quem sabe um dia não se torne uma editora de nossos MV’s? Tenho certeza que com um pouco de esforço irá conseguir. — RapMon encorajou a de luzes loiras, que o respondeu feliz.

— Sabe, eu nunca tinha pensado nisso, já que não é exatamente o meu estilo, mas hey, é uma boa ideia!

Ela entregou a GunCon para Yuno, que estava animada para começar logo o jogo. E toda a animação valeu a pena, porque ela conseguiu ganhar de Jeon Jungkook! Fez 51 segundos e 80 milésimos de segundo, e Jungkook fez 51 segundos e 76! Tá aí uma coisa da qual nunca irei me esquecer, o dia em que o Golden Maknae foi derrotado em um jogo!

— Mas o que... — ele estava boquiaberto! Sequer piscava direito! Eu nem acredito que ele perdeu!

— É sério? Eu ganhei do Jungkook? — Yuno também estava surpreendida com aquilo, porém, estava claramente mais feliz que o menino. Enquanto ela comemorava a vitória, ele mordia os lábios, irritado com seu fracasso. — Acho que você deve nos falar mais sobre você, Jungkook

— Jeon Jungkook, Busan — bufou, parecendo mais fracassado do que bravo — eu estou começando a duvidar sobre a minha existência neste exato minuto...

E a penúltima dupla: Jimin e Haneul. Com os cabelos ruivos presos, ela iniciou sua partida. Parecia conhecer um pouco o jogo, mas Jimin também aparentava conhecê-lo, e por isso ganhou. Haneul 50 e 85, Jimin 51 e 90.

— Oh... perdi — lamentou-se, diminuindo o sorriso em sua boca. — Mas não tem problema, o que importa é que foi divertido! Choi Haneul, nasci em Namyangju e meu esporte favorito é vôlei.

— Vôlei? Não a acham muito baixa para esse jogo? — Jimin com certeza não disse aquilo com o intuito de diminuí-la por sua altura, até porque ele não tem posição para isso, mas levou um pequeno olhar de desaprovação de Jin.

— Tamanho não define habilidade! Quando você gosta de algo e se esforça naquilo, com certeza irá se sair bem. — a calma dela em responder isso me deixou enleado, se fosse comigo, Park iria ficar com o rabo entre as pernas.

— Boa resposta... Agora só restam Suga hyung e Katherine, não é? — assenti com a cabeça, pegando a arma que me foi entregue por Jimin logo em seguida.

— Tenho certeza de que Katherine irá ganhar... afinal, estava sentada ao meu lado — Un disse, sorrindo para a de aparência ocidental.

— Eu não preciso de sorte, tenho talento.

Olha só... parece que alguém está bem confiante.

— Já que é assim, creio que queira ir primeiro, para mostrar o seu talento — não vou mentir, tinha um pouco de sarcasmo na minha voz.

— Por favor, vá primeiro, Yoongi, eu insisto.

— Tudo bem então...

Iniciei meu jogo, não o demorando para acabar. Havia feito 51 segundos e 80 milésimos, assim como Yuno. Eu estava praticamente cantando vitória, pois até agora o terceiro melhor tempo era o nosso, perdendo apenas para o de Yeou e de Namjoon.

— Minha vez... — entreguei a GunCon para Katherine, que jogou os cabelos para o lado após pegá-la.

E então, os queixos de todos, inclusive o meu, caíram. Eu não tenho a mínima de ideia de como isso aconteceu, mas ela conseguiu! Ela bateu o recorde de Yeou e ganhou de mim! Sua rapidez foi incrível, fez 55 segundos e 30 milésimos de segundos, quase todos na sala bateram palmas para ela, enquanto isso eu estava imóvel, não sabia como reagir. Katherine não parecia lisonjeada com as palmas, devia saber que ia ganhar no momento em que o jogo foi escolhido.

— Como fez isso? — questionei, curioso para saber os seus truques.

— Tá vendo aquela caixa ali? — apontou para o local na televisão. — Estava com explosivos dentro. Três tiros eram o suficiente. E então, Min Yoongi? Vamos lá?

— ... Min Yoongi, nascido em Daegu... de onde você disse que é mesmo?


Notas Finais


O que acharam?
Beijos e até daqui a 5 dias!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...