História Conquistando e sendo conquistado (Furries) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bara, Bullying, Drama, Engraçado, Fofo, Furry, Hentai, Humilhação, Lemon, Romance, Sangue, Sexo, Shotacon, Tenso, Triste, Violencia, Zueira
Exibições 74
Palavras 1.860
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Essa fic tá uma porra

Capítulo 9 - Walter (Parte 1)


Fanfic / Fanfiction Conquistando e sendo conquistado (Furries) - Capítulo 9 - Walter (Parte 1)

                                                                P.O.V.: Jay

 Eu estava conversando com o Evan, na sala de aula, estava pra começar a aula. Até que o professor chega e fica no meio da classe, em frente.

 [Professor]: Turma, hoje teremos um novo aluno que se transferiu aqui. WALTER ! Pode entrar ! – Quando eu ouvi “Walter”, me deu um calafrio enorme, senti como se meus ossos sumiram, fiquei tonto, o Evan me viu meio tenso e ele sussurra.

 [Evan]: Que foi Jay ? – Entra na sala... “ele”. Eu tinha dado um berro por dentro. Ele estava com sua cara séria, ele me viu e deu um sorriso maníaco enquanto andava até o professor. EU NÃO CONSEGUIA ACREDITAR QUE ELE ESTAVA LÁ ! NA MINHA CLASSE ! NA MINHA FRENTE ! DEPOIS DE MESES ! Ele fica ao lado do professor.

 [Professor]: Pode se apresentar ? – Sua cara séria e maníaca ficou meio tímida e insegura.

 [Walter]: O-oh, ér... eu sou Walter...........................................

 [Classe]: Hihihihi.

 [Professor]: Fala mais além do nome uai. – Walter fica entrelaçando os dedos.

 [Walter]: Eu sou Walter, tenho... 18 anos e... eu sou fotógrafo... eu vivia em Ottawa, no Canadá, mas eu vim na América ter oportunidades melhores e... eu sou bipolar, então não me achem tão estranho.

 

 Nome: Walter (o W tem pronuncia de V, Valter).
 Idade: 18
 Sexualidade: Bissexual
 Signo: Áries
 Espécie: Urso Polar (link do desenho que fiz no papel nas notas finais)
 Voz: Fry (Futurama)
 Altura: 1,85 (média dos ursos: 1,90m)
 Maior fobia: ???

 Walter é o último ex do Jay. Ele é bipolar de comportamento, ele muda instantaneamente de sério e intimidador para tímido e sensível. Ele tem uma cicatriz no olho esquerdo (a origem dela será contada mais pra frente), deixando ele vesgo e cego do olho esquerdo. Ele se cortava muito. Super vingativo, por isso veio se vingar do Jay por deixar a maior cicatriz em seu coração.

 

 [Cara]: Você é um urso “polar bipolar” ? Ok né.

 [Classe]: Hehehe. – Walter ficou com uma cara séria e irrritada de repente.

 [Walter]: Bem engraçadão você em, palhaço.

 [Classe]: EEEEEEEEEEEITAAAAAAAA.

 [Professor]: Já vão arrumar encrenca é ? Senta naquela cadeira da parede. - Fiquei aliviado, porque ele ia sentar do outro lado da classe. A aula inteira ele ficou olhando pra mim maléficamente, e desenhando alguma coisa em seu celular com caneta. O Evan uma hora puxou papo sussurrando.

 [Evan]: Porque ele fica te olhando ? – Evan estava com uma cara desconfiada e de que estava suspeitando de algo.

 [Jay]: Ugh, ele é meu ex.

 [Evan]: SEU EX ?!!?

 [Jay]: Issaê.

 [Evan]: Porque vocês se separaram ? Na verdade, quem que fez acabar ?

 [Jay]: Terminamos por causa de nós dois. Uma causa é que... ele é bipolar- ASSIM ! Sem preconceito ! É que é bem complicado namorar alguém bipolar. E a outra causa é uma coisa que ele fez e... *fico vermelho* ... acho melhor falar isso fora da classe, ainda mais que o  professor pode ver nós dois conver-

 [Professor]: Jay e Evan ! Prestem atenção na lousa !

 No intervalo: Eu, Evan e Lean nos sentamos na mesa do canto.

 [Jay]: Lean ! Você não vai acreditar !

 [Lean]: Então nem conte.

 [Jay]: Haha... Mas é sério. O meu fucking ex está na minha classe agora !

 [Lean]: QUE ?! Quem é ?

 [Jay]: Aquele ali. – Aponto discretamente pra ele que estava sozinho numa mesa comendo enquanto me olhava com um sorriso de psicopata.

 [Lean]: Ain, que fofinho que ele é ! Mesmo com essa cicatriz horripilante em seu olho... Porque terminaram ?

 [Evan]: Verdade ! Você disse que ia contar depois da aula.

 [Jay]: Bem, ok, mas é meio... sexual.

 

 (__): Fala fora do flashback.
 [__]: Fala dentro do flashback.

 

 *FLAAAAAAASHBAAAAAACK* (referência a Eddsworld !)

 Eu e minha família estávamos passando as férias em Ottawa, visitando meus avôs e avós. Íamos ficar lá por uma semana e o Walter era o vizinho da casa deles, que era a casa onde íamos posar. A gente tinha chegado e estávamos descarregando as malas gigantes da minha mãe. Tinha uma mala extremamente pesada parecia que tinha uma estátua dentro e eu não conseguia levantar direito. Até que eu vi mãos brancas como neve se colocando em baixo da mala.

 [Walter]: Deixa que eu te ajudo.

 (Evan): Pera pera pera, isso aconteceu mesmo ? Parece aquelas cenas clichês de animes ou filmes romântico.

 (Jay): É, até hoje eu fico surpreso- OH ! E lembrando que naquela época, ele ainda não tinha aquela cicatriz, seus olhos eram normais.

 (Evan): Que ? Oque aconteceu então ?

 (Jay) Eu vou chegar lá.

 Eu olhei para seu rosto rechonchudo e fofo, parecia um bichinho de pelúcia. Eu fiquei um pouco paralisado e corado.

 [Jay]: Ah, obrigado. – A gente levantou ao mesmo tempo e levamos até dentro de casa. – Valeu mesmo, qual seu nome ?

 [Walter]: B-bem – Ele ficou meio tímido de repente, olhando pra baixo – É Walter... e o seu ?

 [Jay]: É Jay, já te agradeci por me ajudar ? – Disse sarcasticamente.

 [Walter]: Hahaha, sim. Eu sou o vizinho ao lado, se precisar alguma outra coisa é só falar, tá ? – Ele levantou sua cabeça e me olhou com um sorriso tão puro que me deixou muito corado.

 (Evan): Uiiii, Walter, o senhor com o sorriso mais puro que você já viu na vida (CIÚMES DETECTADO).

 [Jay]: C-claro – Sorrio de volta. Ele saiu andando muito feliz até a porta de sua casa. Depois eu voltei a ajudar com as coisas, e eu ficava o tempo todo pensando nele, teve até uma hora que eu bati de cara com a parede, distraído dentro da minha mente. Aí no dia seguinte, eu não conseguia ligar o meu 3DS.

 (Evan): VOCÊ TEM UM 3DS ?!?!?

 (Jay): TINHA, era um vermelho, eu vendi pra me ajudar a comprar um pc melhor, e eu nem usava mais.

 Eu perguntei pra todos da casa, como se né, adultos de família conseguissem arrumar um 3DS. Eu também já tentei fazer de tudo, até que minha única opção era perguntar para o Walter, afinal ele parece mesmo um nerd, um nerd fofo.

 (Evan): EU SOU UM NERD ! E EU SOU FOFO !

 (Jay): Qual o tipo de arquivo para imagem mais leve ?

 (Evan): Érr... png ?

 (Jay): É, você num é nerd.

 Eu bati na porta de sua casa e ele atendeu. Ele estava com uma cara séria.

 [Walter]: Oh, oi. – Um pequeno sorriso estampou nele.

 [Jay]: Oi, você acha que conseguiria consertar meu 3DS ?

 [Walter]: Eu posso dar uma olhada, entra, vamo no meu quarto. – Ele tinha me convidado a ir no quarto dele, oque de “estranho” ia acontecer, né ? Oque aconteceu foi que-

 *FIM DO FLAAAAAASHBAAAAAAAACK*

 O sinal pro intervalo tinha tocado.

 [Jay]: Merda.

 [Evan]: Vai lá em casa hoje Lean, aí você já ve como é e ele conta o resto, EU TO MUITO CURIOSO ! Mas com raiva.

 14:00 : Estávamos na sala sentados, menos eu que estava deitado, porque sou folgado.

 [Jay]: Então tá, continuando...

 *FLAAAAAAASHBAAAAAAAAAAAAACK*

 Ele tinha me levado até seu quarto, que era todo amarelo claro e cheio de fotos grudadas na parede, tinha até algumas largadas no chão.

 [Walter]: D-desculpe pela bagunça, num so acostumado com visitas – Ele ficou tímido de repente.

 [Jay]: N-não, tá tudo bem, meu quarto é pior.

 [Walter]: Então, posso ver oque há de errado ?

 [Jay]: Claro – Eu dei o 3DS pra ele – Ele simplesmente não liga, já tentei de tudo.

 [Walter]: Já tentou ver se alguma peça dentro dele saiu fora do lugar ?

 [Jay]: Não, eu não entendo disso.

 [Walter]: Perae – Ele se senta na cadeira de sua mesa do pc, ele pega chaves de fendas, abre, a parte de baixo, fica mexendo em umas paradas, ele estava bem preciso, parecia uma máquina. Aí ele fechou e o 3DS ligou normalmente – Pronto – Ele entrega pra mim.

 [Jay]: Uou ! Valeu ! Você é bem inteligente – Ele cora bastante.

 [Walter]: Mais ou menos, eu acho.

 [Jay]: Agora vou poder jogar meu Smash Bros.

 [Walter]: Você tem Smash Bros ?

 [Jay]: Tenho sim, porque ? – Ele abre sua bolsa (tipo aquela bolsa que a Max de Life Is Strange sempre carrega) e pega um 3DS preto com botões laranjas.

 [Walter]: Que jogar uma partida ?

 [Jay]: GAAAAAAASSPP !!! CLARO ! – “Uma partida” ele disse, mas jogamos o dia inteiro em sua cama.

 (Lean): Meu Deus, isso é muito fofo ! – Coro.

 (Jay): A-apenas ouve.

 A gente ficou o dia inteiro jogando na cama dele, mas eu percebi uma coisa estranha, uma hora ele estava meio inseguro e sensível, e outra ele saía me xingando todo sério. Aí eu perguntei depois que uma partida acabou, e ele esta do meu lado, bem perto  de mim.

 [Jay]: Ei, Walter, porque você... você... está bem ?

 [Walter]: E-estou sim, porque ?

 [Jay]: Sei lá... é que... às vezes... uma hora você tá de um jeito, e outra você tá de outro. – Ele abaixou a cabeça um pouco triste.

 [Walter]: É que... eu sofro de bipolaridade – Quando ele falou isso, foi tão chocante que quase engasguei com minha própria saliva.

 [Jay]: ÉOQ ?! Pera, pera... você gosta de rock ?

 [Walter]: Acho legal, porque ?

 [Jay]: Você odeia rock ?

 [Walter]: Eu... acabei de dizer que acho legal, então... não.

 [Jay]: Você não tinha que falar que você gosta, e depois que você odeia ? – Ele ficou com uma cara impaciente.

 [Walter]: UGH ! Seu escroto ! Só porque tenho duas personalidades, não significa que elas são completamente opostas, elas são super iguais, quase exatamente iguais, oque muda mesmo é meu comportamento.

 [Jay]: Ohhhhh... entendi agora.

 [Walter]: Você não acha estranho ?

 [Jay]: Não ! Na verdade eu acho bem legal ! Nunca pensei em conhecer alguém como você. E afinal, você é bem legal e fofo – Nós dois coramos bastante com um sorriso.

 [Walter]: Ah, obrigado, você também é – A gente ficou se encarando por um momento e seus olhos penetrava os meus.

 (Lean): *GRITO DE FANGIRL* AGORA É O BEIJO ?!?!?!?

 (Jay): Cala a boca e ouve !

 Até eu comecei a chegar mais perto, ele também. Nossos olhos lentamente se fechavam enquanto nos olhávamos, até que começamos a nos beijar, eu coloquei minha mão em seu queixo e a sua em minha bochecha. A gente ficou se beijando por vários minutos, depois ficamos nos olhando por alguns segundos e ele do nada me abraçou, seu abraço era confortável e macio.

 (Lean): Claro né, ele é gordinho.

 (Jay): ............... faz sentido.

 Aí a mãe do Walter apareceu na porta e o Walter imediatamente deixou de me abraçar todo corado, eu também.

 [Mãe do W]: Jay, sua mãe tá te chamando pra ir jantar.

 [Jay]: Ok, eu já vou – Ela sai do quarto – Bem, acho que já vou indo.

 [Walter]: É... ok... – Eu olhei para ele por alguns segundos e depois fomos até a porta de sua casa.

 [Jay]: Tchau.

 [Walter]: T-tchau – Eu acenei e comecei a andar até minha casa, mas ele me chamou – JAY ! – Eu imediatamente virei pra ele – Você... quer vir aqui amanhã ? – Eu fiquei muito corado, e eu queria muito ir lá.

 [Jay]: C-claro.

                                                           Continua na parte 2 !


Notas Finais


Desenho do Walter: http://imgur.com/de7p90c
Está fofo demais, só que as coisas vão ficar tensas
Comente oque achou dessa parte, porque me motiva pra porra <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...