História Conquistando O Playboy - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Ronald Weasley
Tags Adulto, Dramione, Romance, Sexo, Vingança
Exibições 171
Palavras 878
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii meus amores..

Nem precisam dizer nada, sei que estou super desatualizada com a fic. Mas infelizmente vai continuar a demora por mais um tempinho, pois ainda estou em fase de provas na faculdade. Só vou voltar mesmo a atualizar com frequência depois do dia 5 de dezembro. Espero que isso não faça com que vocês me abandonem, por favor!! <3 <3 Boa Leitura!! <3 <3

Capítulo 15 - Capítulo 13


Pov's Pansy 

 Não conseguia acreditar, desde o primeiro dia em que a vi no restaurante, alguma coisa me dizia que eu teria problemas. A começar pelo fato do Draco ficar encarando ela, percebi o interesse dele, porém eu sou a noiva dele e não vou deixar essa garota se meter entre nós. 

 Tudo na minha vida estava indo bem, muito bem, mas com a chegada da "sabe-tudo" as coisas virou do avesso, Draco já não ligava muito pra mim, agora, menos ainda. E ainda por cima ele deu uma entrevista referente aos dois, preciso contornar essa situação. 

Estava a caminho do apartamento dela, tinha que encará-la frente a frente, tenho certeza que ela esta por trás da manchete sobre meu filho. Sim, eu realmente tenho um filho, Giorgio de 4 anos, meus pais me ajudaram a manter ele escondido durante esse tempo, depois do meu casamento com Draco eu diria a ele que adotei uma criança e queria que o menino viesse a morar com a gente. Porém, agora tudo virou-se contra mim e poir tenho que encarar Draco com a chance dele terminar nosso noivado, não posso permitir que isso aconteça. 

                       ... 

Já estava no portão do apartamento dela esperando, o segurança não me deixou entrar, mesmo eu dizendo que era uma amiga e que queria fazer uma surpresa, não deu certo. Mesmo assim fiquei ali parada esperando a dondoca aparecer, quando a tarde já quase se ia o sol, ela deu as caras: 

_Até que enfim. Precisamos conversar. Falei logo que a vi. 

_O que você quer, Pansy? Não tenho tempo a perder com você.

_Pois terá que arranjar tempo, o que tenho a dizer irá demorar. 

_Então comece logo. Falou ela ríspida. 

_Vamos entrar e então falarei. 

_Minha cara, não vou permitir que entre no meu apartamento. Não quero que ele fique infectado com sua presença. O que tiver que dizer, diga aqui e agora.

_Pois, bem. Eu sei o que você está tentando fazer. Sei o que você quer e porquê esta aqui em Londres!!

_Pois então diga o que eu quero. Falou ela de forma sarcástica.

_Você quer o Draco. Eu sei muito bem que você gostava dele na época em que estudávamos juntos, é por isso que esta aqui, você quer ter ele, mas não vai conseguir, ele é meu. Já somos noivos e vamos nos casar em breve.

_Aahh... Nossa, me polpa querida. Eu nunca gostei do Malfoy, meu gosto para homens é muito melhor do que isso. Fique com ele a vontade, faça bom proveito.

_FALA LOGO!! FOI VOCÊ!? VOCÊ REVELOU A NOTÍCIA SOBRE MEU FILHO!! VOCÊ FEZ ISSO!!

_Você está ficando cada vez mais louca. Minha nossa, até para o Malfoy que detesto, não almejo um futuro tão terrível ao seu lado. Mas que dó.

_É isso, você quer ele..

_Quer quem Pansy? Falou Draco saindo de um carro que estacionou a pouco próximo a elas, sem nem mesmo ter sido notado.

_Draco!? O que está fazendo aqui? Porquê veio até aqui? Falei já chegando a histeria.

_Posso te fazer a mesma pergunta. 

 Ele se virou para a Grangers e foi até ela, parou a seu lado e de repente a beijou. Minha boca formou um O perfeito, minha fúria se elevou ao extremo e tive uma vontade imensa de matar aquela garota que estava arruinando toda minha vida. 

_AAAAAAAAAHHHH!! DRACOOO!! COMO VOCÊ PODE? SOLTE ELA, SOLTE AGORA! 

Comecei a gritar loucamente, alguns vizinhos e algumas pessoas na rua começaram a para pra olhar o que estava acontecendo. Draco afastou-se dela um pouco e virou-se para mim: 

_Porque esta gritando? Já não temos mais nada.

_Do quê você esta falando? Somos noivos, nosso casamento já esta marcado.

_Oras, achei que você fosse preferir casar com o pai do seu filho. O qual você escondeu de mim durante tanto tempo. Me diga, quem é o pai? 

_Draco, por favor me escuta, eu sei que não deveria ter escondido minha maternidade, eu sinto muito, mas o problema é que.. É.. Que..

_Diga logo. Falou ele grosso e com o olhar fuminante.

_Eu fui estuprada. Eu.. não queria te dizer algo assim, não queria contar desse jeito. Me perdoe. Eu engravidei e não queria fazer um aborto, é só uma criança. Por favor, por favor me perdoe. 

_Isso é verdade? Perguntou ele mais ameno, porém cauteloso.

_Sim. Falei chorando. Enquanto isso a Grangers só me olhava balançando a cabeça negativamente, tenho certeza que ela esta por trás disso, mas não vou deixar ela se safar assim, ela vai se arrepender.

_Eu não consigo acreditar em você. Falou Draco com um ar meio confuso e cansado.

_Mas é a verdade, você precisa acreditar em mim. 

Continuei chorando, fazendo drama, um showzinho patético pra amolecer o coração dele, mas ele acabou dizendo algo que eu nunca pensei que ouviria daquela forma, sem contar que eu já estava certa de que ele me pediria desculpas pelo o que fez e acreditaria em mim, mas não foi o que aconteceu: 

 _Me desculpe, Pansy. Mas, mesmo com ou sem seu filho, eu terminaria com você. Jamais me casaria com você, a verdade é que só estava seguindo com este noivado porque meu pai queria assim, porém eu me cansei de ficar seguindo as ordens dele, agora vou fazer o que eu quero e me casar com a mulher com a qual sempre quis, Hermione Grangers. 


Notas Finais


Malfoy ficou malvado né!!? Kkkkk mas ao menos esta reagindo agora. E a Pansy, nem sei o que dizer sobre ela e atitude horrível!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...