História Conquistar este lobo - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais, Zootopia - Essa Cidade é o Bicho
Personagens Personagens Originais
Tags Personagens Fictícios, Ships Inventados, Yaoi
Exibições 21
Palavras 1.608
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Lemon, Luta, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


saaaaaaaaaaalveeeeeeeee gentiiiiiiiiiiiiih cap finaaaaaaaaaaal

shó avisuh quih esta comuh não terminada pu que vai ter extrash suavih na navih

agola uh cap (╯ಥ﹏ಥ)╯

Capítulo 25 - The End



~P.o.v Zeref

acordei dormindo junto ao Ryan,quando levantei lembrei que dia que era e me assustei,levantei sem acordar o Ryan,fui ate a comoda dele e escrevi num papelzinho que tinha ido pra casa e sai de la,por sorte ninguém estava acordado,corri até em casa e entrei like a ninja e quando eu tava indo subir as escadas a Rose me abraça pelas costas e me assustou,me virei e ela sorriu

-mulher não me assusta mais assim - falei meio rindo,retribui o abraço e a levantei com o abraço,a coloquei no chão e ela me deu um caixa e fiquei estranhando

-não pense que esqueci que seu niver,abre - ela falou sorrindo,abri e tinha um colar com um pingente da triforce,coloquei e ele ficou meio jogado e a abracei,e a encarei sorrindo - Z,quase esqueci a mãe falou que nossos tios e primas virão passar o ano novo aqui

-legal - falei sorrindo e ela fez cara de pensativa e lembrou algo e sorriu

-Z,lembrei agora,meus tios e primas não sabem de você,podemos fazer uma peadinha que você é apenas meu melhor amigo,o que acha - ela falou sorrindo e acenti sorrindo,ela voltou pra cozinha para fazer um café e eu subi e continuei assustado,eu consigo fazer cara de quem ta de boa,me sentei na cama e olhei pro colar segurando a mini triforce meio preocupado

-o jeito é fazer como sempre fiz - pensei enquanto descia tomar café junto a Rose e alguém bate na porta e quando ela abre três meninas a abraçam,elas eram alguns centímetros maior menos uma que era do mesmo tamanho dela

-primaaaaa que saudadeeee - uma delas gritou feliz e quando me olharam a que gritou ficou meio desconfortada,não liguei e continuei tomando café e fui pro quintal passando por elas ouvindo elas perguntando pra Rose ''quem é o gatinho da raposa?'' fiquei la encarando tudo e subi por uma roupa descente,quando estava indo por a camisa uma das primas da Rose entrou e ficou vermelha - d-desculpa não sabia que você tava

-não precisa se desculpar,devia ter lembrado que alguém podia entrar - falei sorrindo enquanto arrumava a camisa,quando ia sair ela continuava ali ''petrificada''  - hã ta tudo bem?

-ahn?ah,t-t-to bem sim,v-vou saindo - ela falou vermelha,ela saiu correndo e eu fui pra cozinha onde a mãe e mais algumas poucas mulheres,provavelmente as tias da Rose,perguntei se podia ajudar e eu fui ajudando


~P.o.v Rose

a minha prima Ana Luiza voltou queimando de tão vermelha,ela ta apaixonada pelo Zeref,eles fariam bebês lindos mas eu gosto mais do Z com o Ryan

-Ana,acho que esse amor a primeira vista pelo Zeref não vai cola,ele não gosta de ninguém e aaaaaah - eu falava meio rindo e sinto uma mão no meu ombro e quando viro o Ryan quase me mata do coração - porra não me assusta peste - falei gritando e ele faz eu segui-lo ate um pouco longe

-Rose,o que ta aprontando desta vez e quem são as meninas - ele me perguntou meio desconfiado me encarando de braços cruzados

-eu e o Z decidimos meio que pregar uma peça nas minhas primas,meus tios e tias sabem dele mas as minhas primas não,estamos fazendo pelo poder da zoeira - falei sorrindo e ai pensei um pouco e lembrei e o olhei curiosa - Ryan,você sabia que o niver do Z era hoje?

-não,eu não sabia Rose,aliás por que não me falou ? - ele falou meio bravo e pensei um pouco e sorri

-olha vou te dar uma ideia,da pra ele algo em relação a jogos como zelda,pokemon e coisas do debonio - falei sorrindo e ele ficou com cara de ''ele curte coisas assim?oxe'' - bom eu vou tentar ver o que ele ta tramando ja que toda vez,ele some e volta antes da queima

-assustador Rose,realmente assustador - ele falou com cara de medo,ele ficou junto a mim e minhas primas conversando até o Sol começar a se por e do nada o Zeref sai aparentemente meio escondido

-Zonde você ta indo - gritei correndo até ele,o mesmo me olhou e quando ia correr segurei ele - Z,onde você vai sempre nessa hora?

-Rose,me solta por favor,é pro bem de você e de quem eu conheço e amo - ele falou meio triste,ele tentou se soltar e ficou meio bravo - me solta Rose não me faça te assustar - ele avisou

-não até me dizer onde vai - falei e o Sol ja tinha se posto e ele ficou meio assustado,ele continuou tentando se soltar,sorte que o que não tenho de tamanho tenho de força
-Rose por favor me solta - ele falou meio desesperado,ele ficou uns três minutos tentando se soltar e sentou - Rose,estou apenas querendo seu bem,me solte - ele falou uma ultima vez e do nada as roupas dele acabaram rasgando e o soltei meio assustada,ele ficou na forma de lobo e me encarou

-Zeref,ta tudo bem? - perguntei indo pra trás,ele começou a vir perto e quando tentei por a mão na cabeça dele ele me MORDEU,eu fiquei assustada e gritei e um tio meu veio e arranhou ele com as garras,o Z recuou e encarou eu meio triste e saiu correndo - Z.....

-Rose ta tudo bem filha - a mãe perguntou e eu fiquei encarando triste onde o Z tinha saído e o Ryan me encarou e o mandei um olhar de ''acha ele por favor'' ele entendeu e saiu correndo


~P.o.v Zeref

o que merdas eu fiz?mordi a Rose,a primeira pessoa que me aceitou como irmão,odeio minha vida,fiquei deitado perto do penhasco que eu sempre ficava quando acontecia isso e aquele arranhão ainda doía,foi bem nas minhas costas,fiquei lá olhando a Lua meio deitado e ouço passos,olhei e o Ryan tinha me seguido,ele ficou me olhando de uma distância,eu só precisava aguentar meia hora aquele instinto assassino de lobo,ele começou a tentar vir e eu acabei dando alguns passos e estava encurralado entre o penhasco e o Ryan,eu não quero machuca-lo

-Zeref,sei que pode me ouvir,acho que você deve ta meio triste pelo que fez,mas eu sei que não queria fazer isso,por favor me escuta,você pode controlar - ele falou dando pequenos passos até mim,eu fiquei com medo de ataca-lo,eu fiquei encolhido e ele parou

-...- eu não iria conseguir falar nada mesmo então fiquei quieto,quando ele chegou perto puli em cima dele ficando cara a cara e meu instinto o fez morde-lo no ombro,começoua escorrer e achei que ele ia me bater e ele me abraçou mais forte

-você pode me machucar,podem achar que você é um monstro,mas pra mim você ainda é quem eu amo,e mesmo que me machuque eu não vou desistir de você - ele falou ainda me abraçando,senti meu pelo ficar úmido - por favor Z,eu preciso de você comigo,não quero que você se vá

-R......yan...... - consegui pronunciar seu nome e senti eu ficar normal,o olhei com os olhos marejados - Ryan,me perdoa,e-eu......... - fui tentar me desculpar e ele me beijou chorando,o dei passagem,quando paramos ele me abraçou mais forte

-Zeref,não precisa se desculpar,afinal eu sei que não queria fazer o que fez,como eu falei a pouco você pode ser o que for e pensarem o que for mas eu não vou desistir de estar ao seu lado,você é a razão da minha vida

-você também é minha razão de viver Ryan,amo você muito - falei o olhando meio chorando,com dificuldade pelo meu tamanho e pelo arranhão o beijando,quando cessamos o Ryan sorriu e me abraçou,logo voltamos,eu deixando o Ryan se apoiar em mim por causa da mordida,quando voltei a Rose quando me viu ficou com receio e entendi

-Rose,ta.....tudo bem? - perguntei meio com receio da raiva dela,a mesma veio até mim e me abraçou - Rose

-seu  bobo,sei que não fez por mal - ela falou,retribui o abraço e ela me olhou meio confusa - Z que estranho,tudo a sua roupa menos a box rasgaram e o colar ficou - ela falou e só ai até EU notei isso,depois disso fomos pro porto/cais,la a maioria da familia da Rose ficou conversando,apenas eu,o Ryan e a Rose ficamos olhando o mar

-sabe,apesar  do que eu fiz,não apenas hoje mas durante todo esse tempo,não entendo como vocês me aguentam - falei meio triste,senti os dois colocarem as mãos em meus ombros,olhei pra cada um e os dois sorriam

-eu te aguento porque você é meu irmão Z,e além do mais,é o que as familias fazem se eu não cuidasse de você eu me sentiria uma idiota se não cuidasse de ti - ela falou me dando um beijo na testa e me dando um cascudo

-eu não tenho nem que falar nada Z,você sabe o motivo - o Ryan falou sorrindo e abraçou meu pescoço - feliz aniversário Zeref,meu amor - ele falou sussurando no meu ouvido,sorri e me esfreguei um pouco nele,levantamos e ficamos na ponta,todos contamos os ultimos minutos

-FELIZ ANO NOVO - todo mundo gritou,muitos casais deram um beijo e olhei pro Ryan e ele me olha e demos um beijo,em meio aos desastres,confusões e brigas,no fim tudo dará certo pra todos

''pessoas podem mudar de ruins para boas e descobrir um amor
mesmo que isso gere problemas,pode-se acontecer coisas incríveis
mas o amor irá sempre ser a peça chave para os problemas'' ~LF



Amy/Autora:Bom gentih duh meu kokoroko,essa foi a primeirah temp dih conquistar este lobo,ira ter segundah temp,ih terá algunsh bônush nesta ih achu qui em otlash fics também :3
Zeref:ce que não faça acontecer mais degraça sua louka -_-

Amy/Autora:calma boy,cama :P bom povuuh é aqui quih mih despeçuh dih voxes até a plóxima aventura :D


Notas Finais


nada a falar ◕ヮ◕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...