História Consequences - Releitura - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hailey Rhode Baldwin, Justin Bieber
Personagens Personagens Originais
Tags Gravidez
Exibições 683
Palavras 2.673
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bem vindas Consequetes!

~BabyA, ~gabi_beliber_jb, ~pydbiebs, ~NinaDRodrigues, ~Biebspolar, ~elaineneves, ~victoriajulia01, ~DonutsPatrick, ~Tattoo96, ~milenalds, ~VenturineEmy, ~VirnaR, ~NailaSivan, ~ollgsjupiter, ~justemi_lylly, ~kathHastings, ~LiivBauer, ~k3th3, ~Amanda_lovers25, ~Eubelika, ~Isabela42, ~Danny_11, ~isajawaad, ~BeccaDiniz, ~PirokaDoMike, ~Mandinha11, ~Mih-Chan22, ~VickyBarboza, ~Rafinhadobieber, ~neonlightsVEVO, ~Bieber_Forever, ~hey_collins, ~dinorah, ~AllaneAlmeida75, ~Kass_Bieber, ~Lolita123, ~monteiroberta, ~Magbione, ~CatiaAlves, ~tehbizzle, ~ImNiallsPotato_, ~Lana33, ~wepurpos, ~hbizzle.

Me perdoem se eu esqueci de alguém ou escrevi algum usuário errado amores.
Boa leitura e até as notas finais.
E claro, me desculpem qualquer errinho.

Capítulo 9 - Kendall


Fanfic / Fanfiction Consequences - Releitura - Capítulo 9 - Kendall

Justin Bieber

 

-Com licença Sr° Justin. - Ouço uma voz soar e olho em direção à porta de minha sala, vendo Lygia adentrando na mesma.

-Oi Lygia. O que foi? - Pergunto, estranhando o fato dela estar aqui, afinal, Lygia fica apenas na recepção e quase nunca vem até minha sala.

-Sr° Justin, tenho algo para te contar, e acho que você não vai gostar muito. - Ela diz e eu franzo o cenho, largando a caneta que tenho em mãos e voltando toda minha atenção para ela.

-Diga logo.

-Kendall, sua secretária, está fofocando para a empresa toda que Jenna não cumpriu com seu dever na hora de entregar os desenhos das jóias para o senhor. Ela está dizendo que Jen fez seu trabalho pela metade e que você não fez nada a respeito. - Ela diz, se mantendo em pé em frente à minha mesa e com uma expressão de receio. - Não quero parecer estar fofocando como Kendall está, mas acho que precisava saber.

-Onde Kendall está? - Pergunto, me levantando automaticamente de minha cadeira e seguindo em direção à porta de minha sala, com Lygia atrás.

-Ela está com o pessoal da confecção das jóias.

-E Jenna? - Pergunto, seguindo para o elevador. Assim que o mesmo abre, entro e aberto o botão 3 com certa força. Kendall irá ter que me dar um bom motivo para ter feito isso se não quiser diminuir bruscamente de cargo.

-Jenna está na sala dela. - Lygia responde, se mantendo ao meu lado. - Ela sabe do ocorrido, mas preferiu não ir tirar satisfações com Kendall. Jen não gosta de confusões e muito menos de chamar atenção, o que com certeza iria acontecer se ela fosse atrás daquela fofoqueira.

Solto um suspiro com isso e não respondo mais nada, apenas espero o elevador abrir no andar que desejo, e quando o mesmo o faz, ando em direção à ala de confecção das jóias, e assim que entro na mesma, consigo ouvir a voz de Ryan gritando com alguém.

-Eu não quero mais ouvir esse tipo de conversa aqui dentro, entenderam? Não quero ouvir nada de comentários desrespeitosos à respeito de Jenna no meu ambiente de trabalho. Ficou claro ou terei que repetir? - Ele exclama e paro na porta apenas para ouvir o que vão lhe responder.

-Acontece que você é apenas um funcionário como nós Ryan. Não pode mandar em ninguém aqui. - Uma garota diz, porém não consigo identificar quem é.

-E outra, Jenna é sim uma irresponsável que não faz seu trabalho direito e está usando o fato de estar grávida do Justin para ganhar regalias. - Ouço outra voz e dessa vez consigo identificar ser a de Kendall. Aperto meus punhos e entro na sala, atraindo a atenção de todos para mim. Um breve silêncio se instala enquanto eu encaro a todos os meus funcionários que supostamente estão falando à respeito de Jenna, mas em seguida volto meu olhar para Ryan.

-Algum problema por aqui? - Pergunto, vendo ele cruzar os braços e encarar os outros.

-Parece que todos aqui se esqueceram o que é ética ou não sabem usá-la. Ao invés de estarem com a atenção toda voltada para seus trabalhos, estão fofocando sobre alguém que nem está aqui para se defender. - Ele responde, aparentemente tão irritado quanto eu. Volto a encarar as outras pessoas, já com uma decisão tomada sobre o assunto.

-Prestem atenção por que eu só vou falar uma vez. - Falo, fazendo todos me encararem atentamente. - A partir de hoje, Ryan será o responsável por todos da confecção. Sendo assim, quando ele mandar, vocês obedecem.

Falo, fazendo meu amigo franzir o cenho e olhar para mim, confuso.

-Está falando sério? - Ele pergunta, me fazendo balançar a cabeça em confirmação.

-Claro que estou.

-Você tem certeza Justin?

-Tenho Ryan. Aliás, eu já deveria ter feito isso há muito tempo. - Respondo, vendo ele sorrir em resposta e me controlo para não fazer o mesmo apenas para manter minha pose diante dos outros funcionários, até por que eu estou muito irritado com eles. - Sendo assim, ele é quem passa a controlar tudo por aqui e mandar em todos os outros dessa área. Bom, agora, quero que Kendall vá até minha sala.

-Sim senhor. - Ela responde simplesmente com a cabeça baixa e eu encaro Lygia ao meu lado, que até então se mantém quieta.

-Lygia, passe na sala de Jenna para buscá-la e depois vão até a minha.

-Eu também? - Ela pergunta com o cenho franzido.

-Você também.

Respondo simplesmente e balanço a cabeça para Kendall, mandando-a sair dali. Rapidamente ela o faz e eu a acompanho, caminhando com a mesma em direção à minha sala. Assim que chegamos, sento em minha cadeira e solto um suspiro, esperando apenas Jenna e Lygia chegarem.

-Sr° Bieber, eu quero me explicar sobre o por que de eu...

-Não fale nada agora Kendall, apenas quando eu mandar. - Respondo, sem um pingo de paciência para ela e a mesma apenas balança a cabeça, desviando o olhar do meu. 

Não demora muito e as duas que eu espero, aparecem. Observo Jenna enquanto tento encontrar algum vestígio de raiva em seu rosto quanto ao assunto, porém não consigo. Ela apenas me manda um sorriso decepciondo quando percebe que eu estou a encarando e se senta em uma das cadeiras em frente à minha mesa.

-Bom, eu fiquei sabendo do que aconteceu, sobre Kendall estar falando de Jenna. - Começo, vendo as três me encararem atentamente. - E não gostei nada.

Admito, olhando friamente para minha secretária, que abaixa a cabeça com isso.

-E o que o senhor irá fazer quanto à isso? - Lygia pergunta, me fazendo soltar um suspiro.

-Primeiro quero saber por que Kendall está falando à respeito de Jenna para os outros funcionários? - Pergunto, voltando a encarar a morena e esperando sua explicação.

-Eu achei errado o fato de Jenna não ter feito corretamente seu trabalho, deixando-o incompleto e o senhor não ter feito nada quanto à isso. Se fosse algum outro funcionário ou a antiga designer, teria recebido uma reprimenda imediatamente. - Ela argumenta e eu vejo Jenna revirar os olhos com isso, balançando a cabeça em negação.

-Isso não te dá o direito de sair falando dela para todos. E outra, o jeito que eu advirto ou não meus funcionários não diz respeito à você. - Respondo firme, vendo Kendall vacilar diante disso e Lygia dar um sorriso debochado.

-Sinto muito Justin, isso não vai acontecer de novo. - Ela diz e eu travo o maxilar ao ouví-la me chamar pelo meu nome, balançando a cabeça.

-Sei que não. Mas por conta dessa atitude imatura no meu ambiente de trabalho, quem será advertida é você. - Falo e ela balança a cabeça em confirmação.

-Eu entendo. Não tem problema.

-Bom, então a partir de hoje você não será mais minha secretária. - Anuncio e automaticamente o olhar das três se voltam para mim, Kendall com os olhos arregalados e assustada, e Jenna e Lygia apenas surpresas.

-Está me demitindo? - A morena pergunta e eu balanço a cabeça negativamente.

-Não, não estou. Você não será mais minha secretária Kendall, mas sim de Ryan. - Respondo e ela franze o cenho, dando um passo à frente.

-Secretária do Ryan? Ele não precisa de uma.

-A partir de agora precisará. Ou se esqueceu que eu o nomeei diretor da área de confecção? - Pergunto, e assim que pronuncio a última parte, vejo Jenna sorrir com isso.

-Isso não é justo Sr° Justin. - Kendall exclama, fazendo Lygia rir com deboche.

-Sim, não é justo com o Ryan. - Ela provoca e a morena a encara raivosa.

-Lygia, por favor. - A repreendo, apenas para que a situação não fique pior. - Continuando, é justo sim Kendall, mas você tem a opção de escolha. Ou é isso, ou sua demissão. Você escolhe.

Falo, a colocando contra a parede.

Não costumo ser tão duro assim com meus funcionários, mas Kendall realmente me tirou do sério, uma por sair fofocando sobre outro funcionário da empresa, coisa que é totalmente antiética e imoral, e outra por que a pessoa de quem ela estava falando simplesmente era a Jenna. A mãe dos meus filhos. Eu não gostei nada de saber disso, e é óbvio que Kendall não iria levar apenas uma bronca e ficar por isso mesmo. Sem contar que ela será um exemplo para qualquer outra pessoa que quiser falar de Jenna ou até mesmo de Ryan ou Lygia, que são os funcionários que mais gosto por aqui.

-Mas se eu serei a secretária de Ryan, quem irá me substituir para ajudar o senhor? - Ela pergunta, me fazendo balançar a cabeça.

-A Lygia. - Respondo simplesmente, fazendo ela e a ruiva arregalarem os olhos com o que digo.

-Eu? - Lygia pergunta, apontando com incrédulidade para si mesma.

-Sim. A partir de hoje você não trabalha mais na recepção, mas sim comigo, enquanto Kendall trabalha com Ryan. - Respondo, dando minhas ordens finais e vejo Jenna sorrir com isso novamente enquanto encara a ruiva. - Todas entendidas?

-Sim senhor. - Ambas respondem, e eu volto minha atenção para Kendall novamente. - E se algo desse tipo voltar a acontecer e eu souber que você quem começou Kendall, não irei te dar uma segunda chance, e você sairá daqui para a rua.

-E quero apenas deixar claro uma coisa também. - Jenna diz, se pronunciando pela primeira vez enquanto encara a morena em pé. - Se falar mais alguma mentira sobre mim novamente para alguém, eu não vou ficar quieta de novo e não será apenas com Justin que terá que se entender. Ouviu? - Ela diz firme e controlo a vontade se abrir um sorriso. Vejo que Kendall iria rebater ao argumento, mas assim que nota minha expressão dura, prefere ficar calada.

-Muito bem então. Lygia, você começa comigo amanhã, o mesmo para você Kendall. Já podem sair. - Falo e a morena é a primeira a sair da sala. Assim que o faz, Jenna bufa alto se levanta, balançando a cabeça.

-Falsa. - Ela reclama, indignada com a atitude de minha ex-secretária.

-Fica calma loirinha, já resolvi o assunto. - Digo, rindo de seu estado.

-Jenna tem razão. Se eu estivesse em seu lugar teria logo metido o tapa na cara daquela cachorra. - Lygia diz e eu a encaro de modo repreendedor, fazendo-a murmurar um "desculpa", mas acabo rindo.

-Ainda bem que você não é a Jenna. Saírem no tapa aqui dentro seria uma situação ainda pior. - Respondo enquanto levanto da cadeira.

-Só não o fiz para poupar meus bebês. Não posso passar estresse. - A loira responde enquanto passa a mão em sua barriga.

-Então se acalme, não vale mais a pena falar no assunto. Lygia, leve-a para tomar uma água, aproveite e faça o mesmo. Depois podem voltar para seus trabalhos. - Falo e ela assente com a cabeça, trocando um olhar cúmplice com Jenna.

-Tudo bem. Vamos Jen. - Ela diz e as duas se encaminham em direção à porta. Assim que Lygia sai, Jenna segue atrás para fazer o mesmo, porém seguro em seu braço e a puxo, trazendo-a para perto de mim.

Ela me encara confusa e eu abro um sorriso, logo tomando seus lábios nos meus. A beijo com rapidez, já que ainda não tive a oportunidade de fazer isso hoje e puxo seu lábio inferior ao final do beijo, vendo-a abrir um sorriso com isso.

-Te vejo em casa. - Sussurro, lhe dando um selinho e logo ela sai da sala, sumindo de minha vista.

 

Alguns dias depois

 

Jenna Bittencourt

 

Infelizmente, a semana de Mia na casa de seus pais já acabou, e consequentemente, a minha na de Justin também. Não vou dizer que não me senti triste com isso, pois eu estava adorando passar um tempo com ele, mas também estou feliz em voltar para minha casa. Aliás, Mia acabou passando na entrevista que fez para trabalhar naquela loja de roupas, e dei graças a Deus por isso, já que minha preocupação em ter que bancar a casa sozinha até ela arranjar outro emprego, acabou.

-Você está linda. - Justin elogia assim que me vê, me fazendo abrir um sorriso em resposta.

-E você não está nada mal. - Falo, vendo Justin se aproximar, e me dar um beijo na testa.

Hoje é o dia do tal evento que a Espectro organizou, e como disse, vou acompanhar Justin nele e aproveitar que algumas das jóias que criei estarão em exposição. Mia também irá conosco, acompanhando Ryan, claro. E por falar nele, está encarando minha amiga descaradamente pelo vestido justo ao seu corpo, mais especificamente, seu decote.

-Você está... - Vejo que ele iria dizer à mesma coisa que Justin disse à mim,porém molha os lábios com a língua, ainda a encarando. - Gostosa.

-Obrigado Ryan. - Ela responde com um sorriso provocativo e nós quatro entramos no elevador, comigo e Justin rindo juntos.

-Seja mais cavalheiro Ryan. Tome vergonha. - Justin zomba e seu amigo revira os olhos.

-Eu sou muito cavalheiro viu. Mia não tem do que reclamar. - Ele diz com um sorriso convencido e nós rimos.

-Pior que não tenho mesmo. O pacote veio completo. - Ela responde, entrando na brincadeira e isso aumenta ainda mais o ego de Ryan.

-Tem certeza Mia? Olha que ainda está no prazo de devolução. - Justin diz para ela, o provocando ainda mais.

-Sai fora Bieber. Eu me garanto. - Ele responde enquanto ajeita a gola de seu terno, me fazendo rir. - Deveria se preocupar mais com a sua garota, afinal, ela sim tem reclamações para fazer de você.

-Pior que tenho mesmo. Rostinho de princípe, mas jeito de cavalo. - Respondo enquanto passo a mão no rosto de Justin, fazendo seu amigo e Mia rirem, embora o que eu disse não seja verdade. Justin mudou muito comigo nos últimos dois meses, e anda sendo um cara muito mais gentil, o que eu ando adorando.

-Não era isso o que você dizia quando estávamos sozinho semana passada querida. - Ele responde em tom de deboche e Mia ri enquanto Ryan assume uma expressão maliciosa.

-Sei. - Minha amiga comenta e troco olhares com Justin, balançando a cabeça em negação para ele, que ri e me manda uma piscadela.

Logo o elevador abre e nós saímos, indo para fora do prédio em direção ao carro de Justin e Ryan estacionados na calçada, e logo seguimos para o evento.

-Gostei de você ter nomeado Ryan diretor da área de confecção e ter colocado Lygia como sua secretária. Eles mereciam cargos maiores, são ótimos funcionários. - Comento enquanto ele faz o caminho do lugar e eu vejo um pequeno sorriso aparecer no canto de sua boca.

-Tem razão. Acho que na verdade eu já andava pensando nisso, a situação que Kendall criou só serviu para dar um empurrãozinho. - Ele responde enquanto eu o sinto colocar a mão sobre minha coxa, acariciando o local. Reviro os olhos com o que ele diz.

-Eu não tinha nada contra Kendall, mas agora tenho tudo.

-Fica tranquila está bem? Ela não vai fazer de novo. - Ele garante, me fazendo arquear uma das sobrancelhas.

-Como poder ter certeza?

-Por que ela simplesmente não vai querer arriscar seu emprego. Independente de ser apenas uma secretária, Kendall ganha bem. - Ele responde e eu solto um suspiro.

-Eu espero. Se ela disser mais alguma coisa sobre mim, dessa vez não vou ouvir calada. - Falo, fazendo-o soltar uma risada.

-Não faça isso. Prefiro você desse jeito que é, calma e tímida. - Ele diz enquanto me olha, me fazendo abrir um sorriso.

-Mas nem sempre dá para manter a calma.

-Acho que não há problema na verdade. Você também fica linda estressadinha. - Ele diz e nós dois rimos enquanto coloco minha mão sobre a sua, a apertando. Ah Justin, se você soubesse como me mata quando diz essas coisas.


Notas Finais


It is too late now to say sorry?
Amores, eu sinto muito mesmo pela demora. Era para mim ter postado o capítulo segunda feira e eu só vim postar sexta, mas as lições e trabalhos da escola não me permitiram fazer isso antes, e nos momentos que tive livre, aproveitei para descansar. 4° bimestre é sempre uma correria.
Enfim, esse capítulo não teve nada de muito emocionante e espero que não me matem por isso, mas eu queria postar o mais rápido possível e por isso não fiz ele muito grande, mas espero que dê para quebrar o galho.
Bom, na primeira versão da fic, não sei se vocês lembram, mas Kendall era muito simpática, e nessa resolvi fazer ela nojentinha pois caso não tenham notado, não há Hanna nessa releitura para atrapalhar Justin e Jenna, uhuuuuul! Hanna está completamente excluida da releitura, então podem comemorar bastante heueuheu.
Enfim, espero que tenham gostado do capítulo e não me matem por ele estar ruim, vou tentar compensar isso, prometo. Beijos e até o capítulo 10.

Pilot 🏁 https://spiritfanfics.com/historia/pilot-6729419


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...