História Consequences! - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Marco Reus
Personagens Marco Reus, Personagens Originais
Tags Demi Lovato, Marco Reus
Exibições 237
Palavras 854
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Obrigado pelos comentários é favoritos mão vocês babys 😇💕👑

Gute Lektüre 💕

Capítulo 7 - Capítulo 7- Um péssimo pai


Fanfic / Fanfiction Consequences! - Capítulo 7 - Capítulo 7- Um péssimo pai

Marco Reus.

   Dortmund, Germany.

- Sabe Anthony, nós não podemos guardar mágoas das pessoas,  isso faz mal tanto espiritualmente quanto fisicamente.

- Será que o meu pai tinha mágoa de mim ou da minha mãe,  Marco?

- Lógico que não,  é você não deve pensar assim sobre ele,  Ok?

- Ok!

- Hum... é...  você quer fazer um Passeio?

- Quero sim, mas pra onde?

- Vamos num parque que tem aqui perto.

- Tá bom,  eu só vou trocar de roupa é nós vamos.

- Quer ajuda?  - Perguntei é ele assentiu com a cabeça.

Anthony foi até o Gurada-roupas pegou algumas peças  é trouxe até mim,  eu o ajudei a tirar as roupas a vestir é a calçar o tênis,  em poucos minutos ele estava pronto.

Nós decemos até a sala, quando chegamos lá vimos  Sr. Fisher sentado no sofá mexendo em seu laptop.

- Eu posso levar o Anthony ao parque?

- Você falou com a Kelly?

- Não,  eu acho que não precisa,  a Kelly é bem de Boa. - Menti.

-  Tá,  Pode levar ele mas volte cedo,  não quero criar problemas com a minha filha.

- Pode deixar. Vamos Anthony?

- Vamos!

P.o.v Kelly Fisher

Eu  estava realmente exausta,  andar tanto como andei é para poucos eu realmente preciso tirar a minha carteira de motorista. Quando cheguei em casa fui direto me jogando no sofá.

- Pra quem são essas flores?  - Questiono só ver um ramo de rosas vermelhas em cima da mesinha de centro.

- Pra você né Kelly,  pra quem mais seria? - Ele fala óbvio.  

- São lindas, obrigado.

- Porque obrigado Kelly?

- Não foi você que as comprou?

- Não Kelly.

- É quem comprou?

- O Reus.

- O Reus, Marco?

- Na verdade foi Marco Reus mesmo.

- Cadê o Anthony pai? - Pergunto preocupada já que não havia visto Anthony hoje é ele não desceu para me dar uma Beijinho.

- Saiu!

- Com quem?  Pra onde?

- Com o Reus,  eles foram num parque não precisa se preocupar.

-  Ah meu Deus pai porque você deixou,  que droga.

- Relaxa eles só foram ao parque nada de ma...

Ele foi interrompido pelo seu celular que tocava.

- É pra você Kelly.

Ela fala me entregando o celular.

    - Alô.

- Kelly,  o Anthony é alérgico a alguma coisa?  - Era a Voz de Marco.

- Marco,  cadê o Anthony?

- Ele é ou não Kelly?

- Onde você está Marco?

- No Hospital Central.

- Marco Reus eu vou fazer picadinho de você se acontecer alguma coisa com o meu filho. 

- Depois você me Mata Kelly, agora vem pra cá.

Desliguei o Celular e sai loucamente pela porta é entrei no primeiro táxi que vi pela minha frente,  minutos depois é eu já estava no hospital central, fiz toda a burocracia.

Fui entrando de imediato no quarto onde estava Anthony,  avistei Marco todo folgado numa das poltronas do quarto,  sem pensar duas vezes eu fui em cima de Marco fazendo ele abrir os olhos é se assustar com a  minha ação.

- Que isso Kelly?  Deus me livre.

- Isso o que Marco?  Você está com o Meu filho num hospital é vem me perguntando o que é isso.

- Eu não iria imaginar que o Anthony é alérgico a Chocolate, nenhuma criança é alérgica a doce nenhum é eu também não sou adivinha ou cartomante.

- Ah é Marco? Mas ninguém mandou você ir até minha casa é pegar o meu filho sem a minha permissão.

- Mas o seu pai deixou!

- Ele é meu pai é não o do Anthony. 

- Mas eu sou o pai do Anthony Kelly, é esse direito nem você pode me tirar.

- Posso sim, olha lá nos documentos do Anthony para ver se tem o seu bendito nome lá.

- Tá bom Kelly agora cala a boca,  Vai acordar o Anthony.

- Eu calo a boca se eu qui...

Sou interrompida por Marco que agarra a minha nuca é me beija ferozmente,  por alguns instantes até que eu cedi o beijo mas depois me toquei da idiotice que estava fazendo, então dei uma mordida na língua de Marco fazendo ele desgrudar da minha boca.

- Eu também calo a sua boca Kelly!

Em seguida dei uma tapa na cara dele.

- Dá pra você tentar uma carreira de lutadora, te ajudaria a acabar com a Raiva que você tem de mim.  - Ele fala ironicamente.

- Sério?  Quer sentir mais um pouquinho Marcinho?

- Não, Obrigado.

- Idiota.

- Desculpa Kelly eu juro por Deus que eu não sabia que o Anthony tinha alergia  a essas coisas,  só não vou pedir desculpa pelo beijo porque eu sei que você gostou!

- Você deveria ter perguntando primeiro,  você é um péssimo Pai Marco.

- Pai??

- Não eu não quis dizer isso.

- Mas disse! 

- Eu não disse é ponto.

- Vocês são os pais do garoto?  - Um médico que acabará de entrar na sala falou.

- Sim!
- Não! 

Nós dois falamos juntos. 

   


Notas Finais


Comentem o que acharam!



Tchau 💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...