História Consequences - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Marco Reus, Mario Götze
Personagens Personagens Originais
Tags Demi Lovato, Marco Reus
Exibições 272
Palavras 844
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii
Boa Leitura 💜

Capítulo 8 - Capítulo 8- Beijo


Kelly Fisher.

  Dortmund, Germany.

- Vocês são ou não os pais do garoto?  -Perguntou o Médico.

- Eu sou ele Não.

- Você não fez ele com o dedo,  fez Kelly?  Não, então ótimo,  eu sou o pai é ela é a mãe.

- Cala  a boca Marco, você não tem direito de falar Porra nenhuma,  não piore mais a sua situação. É se você fosse o pai do Anthony saberia muito bem que ele é alérgico a Chocolate.

- Isso é só um detalhe que passa desapercebido por qualquer um.

- Qualquer um você né Reus.

- Esse não é o local mais adequado para vocês discutirem a relação. - Falou o Doutor.

- Relação?  Deus livrai-me de ter uma relação com esse daí,  eu mereço uma coisa melhor que isso.

- Não precisa esculachar Kelly.

- Tanto faz se ele é o pai ou não mas vocês querem saber do garoto sim ou não?

- Sim eu quero.

- Nós queremos. - Ele Me "Corrigiu"

- Você tem sorte pois não aconteceu nada de Mais com o menino, apenas um inchaço na região da boca é dos olhos, é  uma pequena falta de ar que aconteceu minutos após ele ingerir o alimento,  nada que possa preocupar vocês.

- Mas quando ele vai poder sair daqui? - Perguntei.

- Ele está sob efeito de um medicamento então mais ou menos até as Duas da madrugada é ele estará bem.

- Isso tudo? - Marco fala surpreso.

- Tá vendo Marco o quevocê fez o Anthony passar?!? Eu deveria de processar por lesão corporal.

- Lesão Corporal?? Eu não bati nele só foi um acidente.

- É Marco,  lesão Corporal,  só não esqueça que eu sou filha de advogado.

- Duvido que seu pai me processaria por isso.

Ao ver que aquela conversa não daria em nada de bom então o Doutor fingiu uma Tosse interrompendo a nossa "conversa".

- Nós podemos esperar aqui dentro? - Marco questionou.

- Claro. -  Ele respondeu em seguida saiu do local.

Eu fui até a cama onde estava Anthony, me abaixei  para ficar a altura. Passei a mão pelo rosto de Anthony é logo pude sentir o quanto a sua pele estava "desbotada", é pálida, muito mais que o comum.
Nesse momento o que eu mais queria era matar Marco!

- Viu Marco as coisas que você faz, ai depois vem dizer que quer se aproximar do meu filho.

-  Ah Kelly me perdoa, eu juro que eu não tive culpa, o Anthony não me falou nada então não havia forma de adivinhar afinal eu não sou nenhum profeta. Eu nunca iria querer machucar o Anthony, pois o quanto ele faz parte de você faz de mim também Kelly, é o mal dele é uma coisa que eu não quero.

- Fica quieto Marco, eu não quero ouvir a tua voz. - Falei calmamente palavra por palavra.

Voltei a minha atenção para Anthony é tentei esquecer que Marco estava ali ao meu lado, esquecer que ele foi o causador de mais um problema na minha vida.
Passaram-se cinco minutos é nós estávamos sem dizer uma só palavra, eu estava debruçada em cima da cama é Marco sentado em uma poltrona do outro lado da cama.

- Ele Parece Comigo!  - Marco Falou.

- Não, não parece.

- Parece sim, é eu sei que você também acha isso. - Ele falou é sorriu.

-  Eu não acho Marco, agora me deixe em paz.

Marco levantou se do seu assento é veio até onde eu estava.

- O que e que você tem hein Kelly?

- Eu não tenho nada Marco.

- Eu sei que não sou a Pessoa que você mais ama é nem um bom conselheiro, mas você pode dividir comigo, sou bom ouvinte.

- Marco, você não é um bom ouvinte.

- Mas eu posso Ser, Por você Kelly. Pode falar, eu prometo te ouvir.

- A minha mãe Marco.

- O que tem ela?

- Ela tá com Câncer!

- Câncer?

- Sim, hoje eu fui lá na casa dele é ela me contou, disse que não havia me contado antes para não me preocupar.

- Minha nossa, eu sinto muito. Mas o seu pai sabe disso?

- Não ele não sabe.

- Não Fica triste Kelly, tudo vai se resolver. - Ele falou é me abraçou de lado.

- Eu tenho medo sabe, de perder a Minha mãe.

- Não pensa assim, ela pode se curar como tantos outros quê passaram por esse prolema.

- Eu sei Marco, mas…

- Mas nada Kelly, eu tenho certeza que a sua mãe vai ficar BEM logo Logo.

Dei um sorriso de lado para Marco  e ele o Devolveu.

Marco passou uma de suas mãos na minha cintura é a outra em minha nuca, aproximamos os nossos rostos é colamos os nossos lábios, fechei os meus olhos, nosso beijo era calmo é delicado ao contrário do outro, eu estava adorando aquela sensação, mas somos interrompidos por uma vozinha infantil que conheço muito bem.

- Mãe? Marco?










Notas Finais


Tadinha Da Kelly 😧😧😢


Nós vemos no próximo. 💕💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...