História Consequences Of Love - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Naruto, Romance, Sasusaku, Shoujo
Exibições 84
Palavras 1.271
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hi...

Então, estou repostando esse, na verdade é outro, quero pedir desculpas a uma leitora por ter excluído o outro e postar esse, mas eu antecipei demais a relação deles, então, desculpa leitora, assim como peço desculpas a ela eu agradeço a outra, pois eu realmente antecipei demais. Bom, esse é parecido com o outro no começo, na verdade é o mesmo começo, mas mudo o meio e o fim. Eu escrevi aquele em um momento... É, esqueçam por favor.

Enfim, boa leitura.

Capítulo 3 - Scandalous


Fanfic / Fanfiction Consequences Of Love - Capítulo 3 - Scandalous

Os opostos se atraem porque as diferenças se completam.

Autor Desconhecido.


Hoje terá de aguentar passar a manhã, a parte da tarde e a da noite ao lado da tentação que é seu novo chefe, como pode ser tão lindo? Terá de aguentar não somente sua beleza, mas também sua frieza.

É, infelizmente o "senhor tentação" é bem frio e difícil, ela sentiu isso conversando com ele, mas também não sentiu tanta frieza assim, deu para entender? Não? Nem ela se entende às vezes.

Retocou seu batom rosado e deu uma última olhada em seu look' do dia. Vestido rodado branco, casaquinho de manga curta de mesma cor e um salto baixo cinza. Seus cabelos estão soltos e a maquiagem está leve.

Seu chefe disse que seus funcionários podem ir com as roupas que quiserem, desde que não seja nada extravagante, curto ou justo.

E ela, obviamente, quer no mínimo mostrar ter uma aparência razoável. Sabe que seu cabelo é algo bem chamativo, mas Sakura odeia ter muita atenção ou ser o centro dela, prefere ficar na sua e fazer seu trabalho sem ser notada.

Já está acostumada a ser meio isolada, odeia quando perguntam demais sobre a vida dela ou quando falam da mesma.

Pegou sua bolsa branca com detalhes pratas, guardou somente o necessário e em seguida saiu do seu apartamento.

Como se arrumou mais cedo que o horário, resolveu ir à pé mesmo, pegou seu celular conectando o fone e começou a caminhar ouvindo love of my life do Queen.

[...]

Entrou no prédio, foi até o andar de cima e viu que Karin não está ali, bateu levemente na porta do escritório do moreno e novamente sentiu seu corpo reagir a rouca e grossa voz dele ao dizer "entre".

— Senhor Uchiha? Precisa de alguma coisa?

— Na verdade sim, Karin chegará um pouco tarde hoje, pode pegar os documentos que estão na gaveta da mesa dela e trazer até mim?

— Claro. — E assim fez, só que quando foi entregar os documentos a ele, sem querer escorregou, mas antes mesmo de cair sentiu as grandes mãos do moreno a segurar firmemente pela cintura.

— Deveria tomar mais cuidado senhorita Haruno.

— C-certo. — Respondeu vermelha sentido leves choques com o toque do moreno que soltou um pequeno sorriso de canto a deixando mais vermelha ainda.

Se ajeitou e caminhou até sua sala, sim, a rosada ganhou uma sala, essa empresa é foda, mano, ela foi aceita ontem para trabalhar nela e já tem até mesmo sala.

Organizou suas coisas na mesa e se sentou em sua cadeira, mordeu seu lábio inferior ao se lembrar do que acabara de acontecer, céus como ele pode ser tão... sexy? Ah como aquela voz a deixa louca.

Balançou a cabeça e percebeu que tem relatórios sobre a mesa, então olhou para a tela do computador.

— Comecei hoje, mas o trabalho é pra ontem. — Disse folheando as pastas e digitando no computador.

As horas estavam até que se passando rapidamente, quando olhou em seu relógio já eram 22:17.

— É... fiquei aqui mais que o necessário.

Terminou seu último relatório, pegou suas coisas e guardou em sua bolsa, saiu da sua sala e viu que a empresa está praticamente vazia, há somente algumas faxineiras organizando para o dia de amanhã.

Fechou a porta do seu escritório e caminhou até o elevador, entrou e acenou para uma senhora que limpa uma mesa, foi retribuida e logo a porta do mesmo se fechou na sua frente.

Ao chegar no andar debaixo caminhou até a portaria e saiu do prédio, a rua está praticamente deserta, por incrível que pareça, o pior é que além de poucos movimentos, não há muita iluminação no local.

— Droga! Por que eu tive que ficar até depois do meu horário? E agora para achar pelo menos um moto-taxi? — Murmurou olhando novamente o relógio, que agora marcam 22:31.

Sasuke acabara de sair do prédio, está na portaria conversando com o guarda que também é seu amigo de anos, se despediu e começou a caminhar calmamente em passos curtos até a saída.

Sakura ouviu passos calmos atrás de si, mas também muito caltelosos, achou estranho e antes mesmo de conseguir se virar ouviu uma voz escandalosa praticamente berrar seu nome

— SAKURA-CHAN!

— AI QUE SUSTO NARUTO! — Disse e deu um tapa no ombro dele. — E NÃO GRITA!

— Tá bom, desculpa! — Respondeu o loiro massageando seu ombro. — Hey, por que ainda não foi pra casa? E principalmente, por que está na frente da empresa do Teme a essa hora?

— Eu vim trabalhar à pé e... Quem é Teme?

— Ah! É o meu amigo, Sasuke.

— Tu é amigo do dono da Uchiha's Company? Você? Uzumaki Escândalo Naruto?

— Eu mesm... Uzumaki Escândalo Naruto?

— Ah haha... esquece. — Coçou a nuca com um sorriso amarelo.

— Ok! Hein... está tarde, aceita uma carona?

— Achei que você não fosse oferecer.

— Vem.

A rosada e o loiro começaram a caminhar em direção o carro do mesmo, só que ao passar na frente da empresa Naruto avistou seu amigo de anos.

— TEME!!

— Dobe. — Respondeu o moreno calmo.

— Quanto tempo cara. — Disse e os dois deram um aperto de mão e um meio abraço. — Então você é o novo chefe da Saky-chan?!

— Quem?

— Eu. — Respondeu Sakura timidamente com a mão direita pouco levantada.

— Hm. — Por fim "disse" o Uchiha, começou a encara-la, como se tivesse a "examinando" com o olhar e... porra! Que mulher mais linda.

O cabelo levemente bagunçado deixa seu delicado rosto mais lindo, o vestido caiu perfeitamente em seu corpo, dando certo destaque na cintura, bumbum e peitos. Ela pode ter o cabelo bem chamativo, mas é nítido pelo modo que ele a aperta a alça da bolsa que odeia muita atenção, principalmente quando fazem o que ele está fazendo agora... a encarando.

— Teme? — Chamou Naruto balançando as mãos à frente do rosto do moreno.

— O que?

— Hum. — Naruto o olhou desconfiado. — Nada... bom, vou nessa! Até mais teme.

— Até dobe.

— Vem Sakura-chan!

E assim Sakura e Naruto continuaram seu caminho até chegar no carro do loiro.

Sasuke apenas observou, será que eles dois tem algo a mais que amizade? Sakura é uma mulher muito encantadora, se quiser, com certeza, qualquer homem cairia em seus pés.

Afinal, o que ele está pensando? O que ele tem a ver com a vida dela? E por que ele está pensando essas besteiras?

Balançou a cabeça negativamente e foi até seu carro, entrando e ligando a rádio.

Mas que droga!

A imagem de hoje mais cedo não sai da sua cabeça, o pequeno corpo dela sendo segurado por suas grandes mãos, aquela pele macia e cheirosa o deixou embriagado.

Porra!

Seguiu seu caminho tentando, inutilmente, esquecer a rosada.

Sakura e Naruto conversam sobre coisas aleatórias e dão muitas risadas, até chegarem em um assunto que para o Naruto é meio... bem delicado.

— E você e a Hina? Falou para ela sobre seus sentimentos ou coisa assim?

— Ah Sakura, pode até me chamar de covarde, mas eu ainda não tive coragem para me declarar.

— E o que você está esperando? Que ela arranje outro? Naruto, ela é linda e especial, boa demais até para os pais dela, não perca essa chance, vocês combinam.

O Uzumaki respirou fundo e concordou.

— É! Você está certa!

— Isso mesmo.

— Só espera mais um pouquinho? — Perguntou encolhendo os ombros. Sakura cerrou os olhos e suspirou.

— Fazer o que né? Tudo no tempo de vocês dois.

— Obrigado por entender.

A jovem sorriu levemente sendo retribuida por um grande e aberto sorriso. Naruto parou o carro ao chegarem na frente do apartamento, se despediram com um abraço e beijo na bochecha.

Ao entrar em casa, Sakura se jogou no sofá e começou a encarar o teto.

— Uchiha, você ainda me deixa louca.


Notas Finais


Então... ficou legalzinho, eu acho.

Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...