História Consequências de um amor inocente - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Kushina Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shizune, Tsunade Senju
Tags Narusasu, Naruto, Sasunaru, Yaoi
Visualizações 80
Palavras 1.631
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem do novo capitulo dessa vez não tão grande quanto o anterior :v <3 :3 e.e *-*

Capítulo 3 - Doze anos depois.


Fanfic / Fanfiction Consequências de um amor inocente - Capítulo 3 - Doze anos depois.

Doze anos depois...

 

      Estava um dia lindo, não estava quente e nem frio, o clima estava ótimo... Sim era um ótimo dia para voltar às aulas. Pais já estavam acordados fazendo o café da manhã para seus filhos. Alguns adolescentes/Crianças ainda estavam dormindo, enquanto outros nem conseguiram dormi e esse era o caso do adolescente Sasuke Uchiha. Sasuke tinha uns mil motivos para não ter conseguido dormi, ele estava cheio de ideias expetativas vou listar alguns delas. Primeiro era seu primeiro ano do ensino médio, segundo era a melhor escola de Konoha/pais todo mundo sempre falava como se lá fosse o verdadeiro paraíso, era uma chance única de fazer amigos... Sasuke sempre foi difícil em fazer amizade ele sempre fica no seu canto e é bem calado por sinal, mas esse ano vai ser diferente Sasuke prometeu para si mesmo que no ensino médio as coisas seriam diferentes. Agora ele vai sé impor não vai ter vergonha de falar com as pessoas ele vai sé enturma. E o seu ultimo motivo era Naruto. Naruto estudava em Konoha boarding school já fazia um ano. Isso fez com que Sasuke queria porque queria estudar lá também. Fazia exatamente doze anos que não Sasuke não via seu amigo Naruto, doze anos o amando em segredo, doze anos em muita masturbação em sua homenagem (ahsaushasua) e doze anos elaborando suas desculpas.

Sasuke não sabia exatamente porque pedir desculpas, mas seu coração o mandava pedir desculpas porque depois de suas desculpas eles seriam felizes para sempre. Sasuke mudo muito através do tempo, mas não o suficiente para percebe a maldade no coração das pessoas... Ele não sabia ainda, mas sua bondade pode leva-lo ao seu fim. Sasuke atualmente estava com um metro e setenta centímetros de altura e com um corpo e bunda de dar inveja em muitos.  Fora isso ele não mudo nada continuava com sua bondade fora do normal e sua ingenuidade Exagerada.

Já eram 6:40 da manhã e Mikoto tinha acabado de fazer café da manhã, ela percebeu que seu filho ainda não tinha decido e já foi em direção do quarto do menor com gosto de gás, quando ia bater na porta com toda força que tinha seu filho abriu a porta e infelizmente ela não conseguiu para o movimento rápido que estava fazendo com o punho fechado, e literalmente teu um murro no nariz do seu filho, que agora estava no chão gritando de dor.

“AIIII, porque fez isso mão, aiii ta doendo muito” -O menino gritava e sé contorcia igual ao Chico Xavier recebendo as almas.  

“Ai desculpa meu filho eu ia bater na porta, achei que você ainda estava dormindo”- Tentou se explicar vendo que seu filho já estava acordado e arrumado.

“Poxa mãe, mas não precisa usar tanta força, auuuu.”- O menino começou a pensa sé ela queria bater na porta ou derruba-la.

“Pera para de se mexer deixa eu vê se esta machucado”- Mikoto falou tentando parar a possessão do filho. Ela olhou e viu que não estava sangrando quebrado nem nada do tipo.

“Eita menino deixa de drama nem ta machucado, só esta um pouquinho vermelho.”- Informou Mikoto indignada.

“É porque não é seu nariz.”- Resmungou Sasuke.

“Eu já pedi desculpa... Em fim desce que o café já ta pronto.” - Quando Mikoto ia dizer que Itachi já tinha saído porque teria uma reunião importante logo cedo o telefone toca lá em baixo.

“Vai logo levanta desse chão vou atender ao telefone, deve ser o Itachi avisando que já chegou no castelo Uchiha, na verdade a cede Do clã Uchiha era quase do tamanho de uma cidade e no centro ficava seu castelo, bem chamativo por sinal. Sasuke ainda fico um tempo se contorcendo mas trato rápido de se levantar quando lembro da escola/Naruto, chegando na cozinha ele viu sua mãe no telefone mas foi direto para mesa que estava linda de tanta comida, tinha muito frutas na verdade Banna, Maça, Uvas e pedaços de Melancia. Enquanto decidia qual fruta atacar primeiro, ele foi primeiro para um pedaço de torta de maça que estava no lado da mesa que ele sempre come . Quando começou a comer sua mãe desligou o telefone

“Era o Itachi mãe?” - Pergunto Sasuke de boca cheia e com um olhar curioso pra a sua mãe. 

“Não, era seu pai... Ele pediu para lhe avisar que quando você larga da escola na Sexta-feira quem vai lhe buscar é o Minato (Sasuke agora vai ficar de segunda de manhã até Sexta-feira a tarde na escola, devido a isso é um final de semana com Mikoto e outro com Fugaku e Minato.)” “E da próxima vez que você falar de boca aperta eu juro que corto sua língua fora.)”-Sasuke gelou com a expressão assustadora que sua mãe olhou pra ele enquanto o ameaçava.

“Ok... Desculpa hehe.”- Sasuke morria de medo das ameaçava que sua mãe fazia com a expressão que só ela conseguia fazer, o fazia acreditar que ela faria de verdade. Sasuke achou que não tinha demorado muito pra termina de comer, mas quando olhou para o relógio viu seu coração sair pela boca Marcava exatamente 7:10 e só poderia entrar no Colégio até as 7:40.

“MÃEEEEEEE JÁ SÃO 7:10.”-Grita o garoto desesperado.

“AI MEU DEUS EU NÃO PERCEBI ESTAVA PERIDA NO JORNAL, RAPIDO SOBE PEGA SUA MOCHILA SUA MALA JÁ ESTÃO NO CARRO.”-Gritou  Mikoto já abrindo a porta de casa enquanto Sasuke correu para seu carro para pegar a mochila e seu Ursinho (sim ele ainda usa o ursinho, mas só para dormi). Sasuke subiu rapidamente as escadas que levava ao corredor do seu quarto pegou sua mochila seu ursinho e desceu rapidamente as escadas como Flash. Fechou a porta da casa e entrou no carro de sua mãe.

“Ai mãe não vai dar tempo não vai dar tempo.”-Sasuke já estava desesperado quase tendo um infarto, como o distrito Uchiha era muito grande demorava mais o menos uma hora da casa de Mikoto até a escola e eles só tinham 30 minutos.

“Calma meu filho vai dar eu sei que vai, aperta o sinto.”-Mikoto respondeu com uma seriedade tão grande, que Sasuke já percebeu que ela não estava de brincadeira. Mikoto em apenas 5 segundos saiu da garagem e pisou fundo no acelerador.

“Mãe calma a senhora vai matar a gente.”-Mikoto apenas o ignorou e continuo olhando pra pista. Em apenas 2 minutos eles chegaram no portão do Distrito Uchiha mas o porteiro não era com a cara de Mikoto quando viu que ela ia sé aproximando levantou sua plaquinha escrito Stop.

“AI DIABO ME ERRA... É HOJE QUE TEREI MINHA VINGAÇA SÉ SEGURA FILHO A MAMÃE VAI PISAR FUNDO.”- Mikoto estava com sangue nos, Sasuke de vez se segurar em algo apertou o ursinho com todas as forças e começou a implorar a deus pela sua vida. Mikoto passou voando pelo porteiro, que viu em câmera lenta a mulher dando dedo e gritando.

“T-E-F-O-D-E.”- Mikoto nesse momento não conseguia para de rir e continuava dirigindo como sé não tivesse amanhã, enquanto Sasuke estava quase morrendo do coração e todo descabelado. Em 30 Minutos Mikoto chegou na rua principal que dava de cara ao portão principal do colégio. Sasuke percebeu que os grandes portões de ferro começavam a se fechar.

“tarde demais não da mais tempo.”-Sasuke falou aquelas palavras quase chorando.

“Nunca é tarde demais meu filho.” Mikoto mudou a macha e pisou no acelerador igual ao uma louca.

“MÃE NÃO DA MÃE, A GENTE VAi BATER NO PORTÃO MÃE MÃE PELO AMOR DE DEUS PARO O CARRO PARA O CARRO.”-Sasuke gritava igual ao um louco suplicando para sua mãe parar o Carro.

“AGORA VAI AGORA VAI.”-Gritou Mikoto sé aproximando do parto que estava quase fechado. 

“HAAAAAAAAAAAAAAAAAAA”-O menor fechou os olhos e começou a gritar. Mikoto conseguiu passar pelos grandes portões antes que eles sé fechassem por completo, e é claro começou a gritar em comemoração.

“AEEEE PORRAAAAAA  CARALHOOOOOOOOOO BUCETAAAAAAAAAAAAAAA, PUTA QUE PARIU PASSEI! PUTA QUE PARIUUUU CARALHOOOOO.”-Mikoto para terminar deu um cavalo de pau bem rodado na frente da escola.

“Ai como eu tinha saudades de fazer isso.”- Mikoto estava alta sé glorificando, quando viu seu filho todo encolhido, com os olhos bem fechados e sé tremendo igual ao um coelhinho assustado.

“Opa desculpa meu filho... Acho que me empolguei um pouquinho hehehe e.e”

“Um pouquinho? A senhora quase mato a gente!” –Sasuke quase grito indignado, mas sé controlo porque era sua mãe. 

“Anda logo filho você esta atrasado.”- Respondeu seria.

“Sim mãe estou indo”-Respondeu Sasuke já tirando seu sinto abrindo a porta do carro e indo em direção do porta malas. Mikoto abriu o porta malas e Sasuke pegou sua mala que não era nada pequena.

“Olha meu filho, tome cuidado o ensino médio às vezes não é um mar de rosas como você esta pensando.”- Avisou Mikoto. 

“Relaxa mãe... Eu já não sou mais criança, sei me cuidar sozinho.”-Sasuke deu sua resposta com um sorrio meigo estampado no rosto. Mikoto sabia que seu filho ainda não estava preparado para os desafios que o esperavam logo à frente, mas ela não podia interferir por enquanto... Isso vai ser uma peça crucial para o amadurecimento do seu pequeno.

“Esta bem’’-A morena não aquentou e deu um abraço forte em seu filho que não estava conseguindo respirar.“ Agora vá meu filho... Você já esta muito atrasado.”-Disse Mikoto encerrando aquele abraço reconfortante de certa forma.

“Sim... Eu te amo mamãe... Nunca se esqueça disso.”-Mikoto quase chorou com aquelas palavras, fazia ano que ele não a chamava de mamãe, mas ela sé segurou não queria chorar na frente do seu filho, ela só o deixaria preocupado... Mas aquele aperto no coração estava a avisando para não deixa-lo ir.

“Até outro dia.” 

“Até”-Respondeu Sasuke se virando e indo em direção ao seu destino agridoce.

 


Notas Finais


Eai gostaram? deixem seus comentários. <3 :3 *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...