História Consequências de uma Noite - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bernard Duarte, David Luiz, Lucas Piazón, Natalia "Nah" Cardoso, Neymar, Oscar Emboaba
Personagens Bernard Duarte, David Luiz, Lucas Piazón, Neymar, Oscar Emboaba, Personagens Originais
Tags Romance
Visualizações 90
Palavras 844
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei amores
Gente pelo amor de Deus comentem o que estão achando eu fico esperando!

Já sabem se gostar, comenta, favorita

Boa Leitura

Capítulo 4 - Papai Emboaba- Parte I


Fanfic / Fanfiction Consequências de uma Noite - Capítulo 4 - Papai Emboaba- Parte I

"A melhor maneira de curar um coração ferido,
é deixar que outra pessoa ocupe ele novamente"

Eu já tinha treinado o dia inteiro, daqui quatro dias iriamos jogar contra o Arsenal  pela semi- finais do Inglês. Bernard e Neymar já tinham ido embora, a casa estava normal como sempre, era só eu,Lucas, David, Gaby e Ju, e claro a Maria minha governanta, que graças a Deus é brasileira faz uns comidas maravilhosas. Bem meu encontro com a Sophia rendeu, estamos saindo ainda bem ela quer "assumir" mais eu não quero me amarrar tão cedo, não depois do que aconteceu com Alexia 

Eu nunca tinha me apaixonado como me apaixonei por ela, ela era a mulher que eu sempre sonhei ou a que eu imaginei ter, ela era perfeita ao meus olhos, mais uma infeliz ao olhos dos outros, e ao meu agora. Ela me traiu de uma forma tão fria que eu nunca imaginei, ela matou meu filho 

flash Back #on 

- Como você pode, Alexia?_ Eu estava vendo o monstro que essa mulher era, matar uma criança, por causa do corpo, pois sua carreira tava começando

- Me entende meu amor, foi necessário _ Ela tentava se explicar 

- matar uma criança, necessário? tá louca é? _ Eu gritava

-  para chega, eu não aguento mais já foi,  acabou, não tem como voltar no tempo não, não  da mais 

- é verdade não da mais_ Falei mais calmo, tentando racionar 

- vamos ficar de bem, então?_ Ela arqueou a sobrancelha, essa mulher era o que? louca, retardada? 

- eu não quero mais olhar na tua cara, pode ficar no apartamento, é seu, mais nunca mais, n-u-n-c-a  me procura  

- Caio  para, não precisa disso , a gente  casa daqui dois meses tá tudo pronto_ Ela falava chorando 

- precisa sim, você mal sabe o quanto isso tá doendo, mais eu não vou ficar ao lado de uma assassina_ Eu tava com raiva, mais muita mesmo 

- eu te amo_ Ela falou choramingando 

- eu também, te amo, muito mais eu não fico com você, não depois do que você fez, não mais tchau_ Peguei minha jaqueta e sai

Flash Back#off

Ela era linda, ruiva, tinha várias qualidades, ao meu ver, sempre soube que ela era mimada e tudo e tal, mais a ponto de tirar uma criança, matar uma vida isso já era demais, isso eu não aceitava, era contra minha natureza. Tirei esses pensamentos da cabeça, tomei um banho iria passar o dia inteiro dormindo tava precisando

Julie narrando:

Voltamos pra casa, os teste de gravidez estava tudo espalhados, peguei tudo, e guardei um com a carinha feliz, sorri com aquilo, me olhei no espelho e levantei a blusa, fiquei acariciando minha barriga, iriamos enfrentar várias coisas juntos, mais eu nunca iria te tirar eu não seria tão fria assim. Tomei um banho, vesti um short jeans, uma camiseta , e uma jaqueta, coloquei um par de bota cano curto, fiz um rabo de cavalo,  fiz uma make básica mesmo, só pra disfarçar o rosto inchado de tanto ter chorado,  peguei uma bolsa de colo e desci

- hum.. cheirinho bom_ Entrei a cozinha,Liv estava cozinhando meu Deus é milagre 

- pega_ Era um lanche, suco de laranja, e um sanduíche , tava morrendo de fome devorei tudo 

- quer que eu vá com você?

- não precisa, continua cozinhando poi isso só acontece uma vez na vida 

Peguei meu Iphone,  coloquei o dinheiro no bolso pro táxi, e fui com Deus 

{...}

Cheguei no condomínio, era um lugar bem luxuoso, entrei fácil, o Oscar deveria ter deixado uma ordem, se for mulher pode entrar, canalha, e eu aqui gravida dele, é meu querido filho seu pai é um mulherengo, apertei a campainha, demorou um pouco mais logo a porta se abriu, Oscar estava com uma calça do Chelsea, exibindo seu tanquinho, minha boca fez um"O"  enorme, não podia negar ele era um gostoso 

-Julie? _ Ele perguntou surpreso - Não foi você mesmo que disse que não queria mais me ver? _ Ele falou com um ar debochado 

- a gente precisa conversar

- sobre?

- é sério_ Sua expressão mudou

-entra

A casa era mais bonita do que eu me lembrava, apenas me sentei 

- quer alguma coisa pra beber? 

-não, obrigada

- tá então o que era?

- e-eu queria te contar uma coisa, e espero que você acredite, mais se não podemos fazer um exame 

- do que diabos você tá falando?_ Ele arqueou sua sobrancelha 

- eu tó gravida,Oscar, mais se duvidar podemos fazer o teste de DNA, sem problemas, eu não vi aqui te dar um golpe, ou coisa do tipo, odeio isso apenas acho que você deveria saber, afinal eu não fiz um bebê com um dedo_ Oscar me olhava sem expressão, ele engoliu seco, respirou fundo 

-g-grávida?

- é Oscar, grávida 

Quando me dei conta Oscar tinha caído no chão, ai era só o que me faltava, fui tentar reanimar ele e nada, comecei a gritar, sério eu me desesperei!

- Alguém me ajudaaaa

 

 


Notas Finais


Gostaram?
Deixem sua opinião sobre a fic, respondo assim que ver
O capítulo de hoje foi mais pra falar, da decepção amorosa do Oscar!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...