História Contagem Regressiva - Semi - Capítulo 194


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, Selena Gomez
Personagens Ally Brooke, Ashley Benson, Camila Cabello, Chris Colfer, Demi Lovato, Dianna Agron, Dinah Jane Hansen, Joe Jonas, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Mark Salling, Miley Cyrus, Naya Rivera, Normani Hamilton, Personagens Originais, Selena Gomez, Shay Mitchell, Vanessa Hudgens
Tags Semi Delena Govato
Exibições 158
Palavras 1.048
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ainda estou aqui,Heinnnn!
Postandooooo!

Capítulo 194 - Só não vale chorar!


Fanfic / Fanfiction Contagem Regressiva - Semi - Capítulo 194 - Só não vale chorar!

DEMI P.O.V

NUNCA FUI EU,DEMETRIA!NUNCA FOI A GENTE!ESSA HISTÓRIA SEMPRE FOI SUA E DO BIEBER!SEMPRE VAI SER!

- Chegou a hora,Lovato – A Voz da Vanessa,interrompeu minhas lembranças.

- Você quer mesmo fazer isso?

Me olhei no espelho;desocupando o banco no qual estava sentada,durante os últimos dez minutos.

FlashBack on...

- Uau!Eu tô começando a sentir pena desse moleque.

- Você acha que eu tenho chances?

- Sinceramente?

Deitei no chão,esvaziando a garrafinha de água,que me havia sido lançada:

- Harran.

A Michelle,me  olhou daquele jeito rude:

- Eu acho que esse negócio de chances,não existe.As coisas só são como devem ser.Ponto!

Assenti.

- Mas se você tá querendo saber se está em condições de fazer um enorme estrago.Sim!Está.

Saltei,caindo de pé:

- É tudo que me importa.

Lhe estendi a mão:

- Obrigada por me ajudar!

Ela aceitou o cumprimento:

- Desde que eu não precise mais bancar a sua médica.Disponha.

Corei:

- Eu lamento por aquilo.

- Não lamente.Apenas se explique.

- A Sel não sabe que eu vou participar do campeonato.

- Isso eu notei.A questão é: Por quê?

- Eu achava que a Dinah tinha te contado todo o drama.

- Eu não devo ter prestado muito a tenção.Novelas normalmente me entediam.Você poderia recontar?

- É um longo drama!

- Eu não pretendo ir a lugar algum.Você pretende?

Voltei pra o chão...Agora com companhia.

- O meu pai morreu quando eu era pequena.Desde então éramos a minha mãe,eu e um empresa.Ela não fazia ideia do que fazer.Muito menos eu!Surgiu um cara que se tornou um amigo,depois sócio e finalmente namorado dela.Os dois casaram.E foi aí que o Justin entrou nas nossas vidas.No...primeiro dia em que nos vimos,ele deixou claro que as coisas jamais seriam fáceis pra mim.Ele me machucava,me metia em confusão atrás de confusão.Me perseguia...até que nós crescemos.Eu caí de cabeça nos estudos.E ele recebeu um convite pra integrar uma equipe de esportes.Que hoje eu descobri se chamar Baldwin.

- Eu não conheço nenhuma equipe com esse nome!Pelo que eu me informei,ele é independente.E bastante popular.

- Segundo a Nay,ele é patrocinado.

- Quem é Nay?

- Minha ex.

- Ah!

- Em fim!Ele foi pra um lado e eu pra outro.Eu ia estudar em Londres.Mas o meu pai...que na verdade é pai dele.Enfartou.Eu tive que ficar,e acabei me matriculando na universidade aonde o desgraçado sempre pagou de reizinho.Embora estivesse com a matricula trancada.

- Deixa eu adivinhar.Ele destrancou.

Balancei a cabeça:

- E passou a dar em cima a garota que eu estava gostando,mas que antes de gostar de mim,gostava dele.

Ineditamente a criatura riu:

- Para!A tal Sel?!

- A própria.

- Continua!

- Eu cometi uns vacilos,e os dois iniciaram um namoro.Eu rompi com a minha namorada...

- A Nay.

- A Nay! – Ri também.

- Quem diria!Com essa carinha de anjo!

Neguei:

- Posso?

- Por favor!

Fui narrando acontecimento por acontecimento.Sem poupar detalhes.Até a briga a atual.Lhe levantando uma dúvida:

- E por que você não falou de um vez que ela tá errada?!

- Eu tentei!Mas devido essa barra do irmão dela.Eu preferi esperar.

- Mas a luta é amanhã!Nós viajamos de madrugada.

- Eu já conversei com os meus amigos.Eles vão cuidar da situação enquanto eu estiver fora.Me recomendaram um ótimo advogado,na delegacia.Ele não vai sair de perto.

- E quanto a vocês?Você vai permitir que ela acredite que foi traída?

- Eu...

Eu sou uma sobrevivente

Eu não vou cair

Eu não vou parar

Eu sou uma sobrevivente

- Que música é essa?

A que eu vou trocar em breve! – Pensei.

- Meu celular,na minha jaqueta – Respondi.

Quando li o visor me assustei:

- É a Sel!

Meu coração acelerou:

- Será que aconteceu algo com o Jason?

- Você só vai saber,atendendo.

Foi o que fiz:

- Oi?

- ONDE VOCÊ ESTÁ?

- O que houve?

- ONDE VOCÊ ESTÁ?EU TÔ NO APARTAMENTO!

- Tá!Eu estou indo.

Desliguei:

- Michelle,eu...- Ia dizendo.Mas nem foi necessário.

- Vai,vai!Boa sorte!

- Valeu!

Ainda que não tivesse encontrado um táxi,atravessaria a cidade voando.

Cheguei ao meu prédio em tempo recorde:

- Sel!

Fui recebida por berros:

- QUE PAPO DE LUTA É ESSE?!O QUE CACETE TE DEU PRA DECIDIR SE MATAR?!

Franzi a testa:

- Hã?

Eu tinha pedido pra NINGUÉM abrir o bico.

-  RESPONDE!

Ah,merda!Tinha esquecido da Benson!

Passei os dedos,nervosamente pelo cabelo,antes de dizer:

- Pelo menos você já descobriu que eu não te trai.

A Selena pirou:

- COMO VOCÊ TEM CORAGEM DE BRINCAR COM UMA PORCARIA DESSAS!COMO VOCÊ TEVE CORAGEM DE SE COLOCAR EM RISCO,SEM PENSAR EM MIM?

Nunca a tinha visto TÃO brava!

E olha que não foram poucas as vezes em que a enfureci.

- Eu...

- VOCÊ É UMA ESTÚPIDA IRRESPONSÁVEL!INCONSEQUENTE...

Conforme extravasava,seus punhos me batiam forte na altura do peito.

Maravilha!

Tudo que uma pessoa prestes a enfrentar um combate físico,precisa: Algumas pancadas pra aquecer!- Pensei.Esperando que se cansasse.

Mas estava demorando!

Ainda mais porque junto à raiva,vinha o medo(gritante) e o desespero:

 - VOCÊ NÃO VAI!EU TE PROIBO!NÃO VAI!

- Amor...- Tive que contê-la.

-Amor.

 - VOCÊ NÃO VAI! – Soluçava:

- SE VOCÊ ME AMA COMO DIZ QUE AMA,NÃO VAI!

- Eu estou fazendo isso pela gente;Por você!  – Tentei argumentar!

- NÃO! NUNCA FUI EU,DEMETRIA!NUNCA FOI A GENTE!ESSA HISTÓRIA SEMPRE FOI SUA E DO BIEBER!SEMPRE VAI SER!MAS SE VOCÊ ME AMA,ACABA AQUI!

Engoli a saliva fechando os olhos rapidamente.Respirei fundo,antes de dizer:

- Eu te amo!Te amo,e nunca vou deixar de amar.Mas,desculpa.Eu não vou cancelar a luta!E se VOCÊ me ama,vai ficar do meu lado...eu vou lutar!

FlashBack off...

- TIGER!TIGER!TIGER! - O ginásio encontrava – se  eufórico.

Tiger,era que o Bieber.

Ao que me constava,seus fãs haviam ido à loucura com a notícia de que o desafiante dele,se tratava de uma mulher!E já pré comemoravam o resultado:

- TIGER!TIGER!TIGER!

- Ele já sabe? – Perguntei à Michelle,assim que nos aproximamos do portão de entrada.

- Uma das regras dessa modalidade.É manter religiosamente secreta a identidade dos novatos.

Eu estava nervosa.

Nervosa não. BLASTER nervosa!

Pensava na Sel.

Pensava na nossa discussão...

SÓ QUE ao subir os degraus e me deparar com o choque do JB. Tudo o que pude sentir foi prazer.

- Mas...o que?!

- Olá,maninho! – Ironizei:

- Não é que o destino insiste mesmo em nos unir!?

 

 


Notas Finais


E aí?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...