História Contando os Segundos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 2
Palavras 546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Policial
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


A origem de Jonathan Green - 1 de 4

Capítulo 1 - Lorena


Diante de um dia chuvoso e cinzento, um jovem caminha em direção a uma grande fila. É Jonathan Green Robinson. A fila, era para uma vaga em uma grande empresa de contabilidade. Havia muitos futuros empresários e até 2 futuros presidentes. Ramón Carlos Miranda, futuro presidente do México; morto em 2003 numa cilada de um Ex agente de segurança mexicano, que o acusava de twr destruído o exército mexicano. E Drake Richard Coulson. Que seria um dos maiores problemas de Jonathan no futuro.

A chuva aumentava cada vez mais. Jonathan é o último da fila. Eis que atrás dele, surge uma jovem; linda, pele levemente morena, cabelos longos, lisos e negros. Um olhar preocupado e desmotivado, sob a chuva. Jonathan olhou para a moça e se apaixonou. Ele nunca teve muitas boas experiências com mulheres. Sempre fora muito tímido. Vendo que a moça não havia trazido guarda chuva e educado como era, decidiu lhe oferecer  o seu.

- Ei, moça, é perigoso ficar em uma chuva como essa. Você pode ficar com uma pneumonia.  

- Eu sei. - Disse ela com um sorriso. - Mas é que o único que eu tinha estava quebrado.

- Fique com o meu. Você precisa mais. Além disso, uma moça tão linda não deve ficar arriscando assim dessa maneira.

Ela riu. Porém, respondeu algo, que foi o suficiente para derreter o jovem Jonathan.

- Porque nós não dividimos? Assim, se molha mais.

Ele ficou vermelho, porém disfarçou e juntou o braço à ela.

- Meu nome é Lorena. Eu moro a poucos metros daqui. Essa vaga, é tudo pra mim. Com esse salário, eu posso finalmente pagar a cirurgia da minha irmã. Mas e você?

- Meu nome é Jobathan. Eu sou filho de Fred Green, o "chefe" dos acionistas. Eu particularmente não gosto muito de como ele trata o seu dinheiro. Mas o que eu posso fazer né? Ele quem paga a minha casa.

Enquanto dizia isso, Lorena percebeu que ele tremia muito. Ela riu e disse:

- Você não tem muito jeito com mulheres, não é?

- É... Eu nunca namorei e nem era o mais comumicativo na faculdade.

Ela o encarou no olho. Naquele momento o clima não poderia ser mais perfeito para ele. A fila, reduzia a cada momento. Até que chegou o momento, em que só sobrou três pessoas.  Jonathan, Lorena e um homem. Esse homem, estava a frente dos dois. O clima foi esquentando cada vez mais. Jonathan então a beijou; e para sua surpresa, ela correspondeu.

Era a vez de Jonathan, porém ele decide passar para Lorena. Mesmo sabendo que ele perderia a chance de sua vida. Mas naquele momento para ele, não importava.

Mesmo com os protestos de Lorena, dizendo que Jonathan não podia fazer isso. Ele apenas ignorou e a levou até lá. 

Chegando até lá, o entrevistador olha com desprezo para a moça, o que chama a atenção de Jonathan.

- Algum problema amigo?

- Sim. Ela não pode concorrer a essa vaga.

- Ué, por que? 

- Ela é negra amigo. E negros não trabalham aqui. 

- O que? Isso é um absurdo. Em pleno fim dos anos 70 e ainda tem esse preconceito? 

- Lamento, mas eu só sigo ordens.

- Ordens de quem? Exijo falar com esse homem.

- Isso vai ser mais fácil do que parece.

- Por que?

- Porque é o seu pai, senhor Green...


CONTINUA...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...