História Contigo Sempre - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate
Personagens Dona Nina Agnes, Geraldo Saldanha, Helena Agnes, Isabela Junqueira, Joaquim Vaz, Manuela Agnes, Marina Lopes, Ofélio Batista, Orlando Junqueira, Otávio Neto, Personagens Originais, Raul Fernandes, Rebeca Agnes, Regina Junqueira, Téo Cavichioli
Tags Cumplices De Um Resgate, Jolari, Majo, Retavio, Teobela
Exibições 156
Palavras 582
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa leitura 😻

Capítulo 7 - Não era meu pai biológico, mas pra mim era como se fosse!


Fanfic / Fanfiction Contigo Sempre - Capítulo 7 - Não era meu pai biológico, mas pra mim era como se fosse!

Pov Isabela
Acordei com o som do lembrete do meu celular, abro os olhos, me sento na minha cama e olho o lembrete.
Lembrete: 1 ano sem o meu pai.
abro a gaveta da cômoda próximo a minha cama e pego uma foto do Orlando.
Isa: Daria tudo pra você estar aqui comigo. Sinto lagrimas escorrendo no meu rosto
e fico relembrando momentos felizes que tive com meu pai.
Manu: Isa a mamãe ta chamando pra tomar café, você não vem?
Isa: Já vou Manuela.
Manu: Você tava chorando?
Isa: Não só foi um cisco que caiu no meu olho, a mamãe não esta esperando pro café é melhor a gente ir.
Você faz tanta falta pai, por que tinha que ser desse jeito? Por que? Talvez seja porque já era sua hora de partir pra melhor. Sei que não pode me ouvir, mas eu te amo pra sempre.

Pov Rebeca
Rebeca: bom dia minhas filhas.
Dona Nina: Isa que cara é essa? parece que chorou.
Isa: não é nada vó como já falei pra Manu só foi um cisco que caiu no meu olho, você pode me dar licença mais estou sem fome,manu qualquer coisa to lá na sorveteria.
Rebeca: O que deu na sua Irma agora pra tar assim desse jeito?
Manu: nossa como posso ter esquecido isso, mãezinha hoje faz um ano da morte do orlando o Pai da Isa .
Rebeca: Coitadinha da minha filha ela ainda sofre muito pela perda do pai, mais tarde vou ver se converso com ela quem sabe ela se abre comigo .
Dona Nina: acho que é a melhor coisa que você faz filha .

POV Téo
Téo: Isa é você que está ai?
Isa: bom dia Téo, sou eu sim.
Téo: Você tava chorando?
Isa: Eu? imagina só to um pouco rouca por conta da minha garganta.
Téo: Isa você não me engana eu te conheço bem, você estava chorando, porque não conta pra mim? nos não somos amigos?
Isa: Ta bom Téo. Você é o único que eu não consigo esconder nada, eu to assim desse jeito porque hoje faz 1 ano que o meu pai faleceu.
Téo: Nossa, sinto muito, mas não fica assim, aposto que ele está em um lugar melhor.
Ela suspirou pesado e levantou a sobrancelha, parece q ficou irritada.
Isa: Ele deveria estar ao meu lado.
Téo: Calma Isa, desculpa, saiu sem querer.
Isa: Ok.
Téo: Você quer dar uma volta? Quem sabe faz você se sentir um pouco melhor.
Isa: Vamos naquele seu lugar secreto.
Téo: Boa ideia.

Pov Isabela
Confesso q me irritei na hora que o Téo falou aquilo, mas deve ter saido sem querer como ele disse.
Assim que chegamos, nos sentamos e ficamos encarando o horizonte em silêncio, até ele quebrar o mesmo.
Téo: Esse lugar é ótimo pra relaxar.
Isa: Verdade, amei esse lugarzinho.
Téo: Você falando no diminutivo? Como assim produção?
Isa: Falei? Nem percebi.
Téo: Você fica fofa falando no diminutivo.
Isa: Para você ta me deixando sem graça.
Téo: Ta se sentindo melhor?
Isa: Sim, mas eu ainda não me conformei que meu pai morreu, sabe Téo, ele não era meu pai biológico, mas pra mim era como se fosse.
Téo: Entendo, mas você é forte, vai superar isso.
Isa: Brigada por tudo.
E então nós nos abraçamos e logo em seguida nos afastamos. A Manuela tem muita sorte de ter um amigo como o téo, ele sim é o melhor amigo que alguém poderia ter.


Notas Finais


Espero que vcs tenham gostado, bjinhos 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...