História Contos da imaginação - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 18
Palavras 525
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Aventura no carro


Fanfic / Fanfiction Contos da imaginação - Capítulo 2 - Aventura no carro

Um sábado a noite, nada de interessante acontecendo quando meu celular vibra, olho e é uma mensagem do garoto que estudou no mesmo colégio que eu. Ele puxa papo me chamando de fiona, é um apelido que ele me deu após o chamar de ogro. Conversa vai conversa vem, estamos num assunto quente. E eu não sei como fomos parar ali. Ele começou a me atiçar dizendo que tinha algo grande e grosso pra me apresentar, disse que queria me mostrar e eu disse que ele podia ficar a vontade. Ele me mandou uma foto e realmente ele não exagerou quando disse que tinha algo grande e grosso pra me apresentar. Gostei do que vi e muito!! "Quero muito aprontar umas coisas contigo" ele disse e eu perguntei o quê, ele começou a me atiçar dizendo "queria que você passasse a língua no meu pau" "queria esfregar a cabecinha na sua bucetinha". Eu estava muito envergonhada e olhe que ele nem estava cara a cara comigo, mas eu estava gostando e minha calcinha molhada denunciava isso. "Seus seios fartos da uma boa espanhola" ele disse e realmente daria uma ótima. "Quero que me chupe até ficar com a boca cheia de porra quente" ele disse me fazendo ficar arrepiada enquanto lia aquela frase. Propus a ele a gente dar uma volta de carro e então passei e o peguei perto de sua casa. Fomos pra uma rua deserta, estacionei o carro e soltei o cinto, antes de olhar pro lado ele me puxou e me beijou, um beijo quente, mordeu meu lábio inferior me fazendo gemer baixo e chupou a minha língua. Seu beijo era bom intenso e lento, saboreamos aquele beijo enquanto ele botou a mão por dentro da minha blusa a subindo e deixando meu sutiã amostra, apertou meus seios e minha cintura enquanto nos beijávamos. Quando o beijo cessou, dei um sorriso malicioso pra ele abrindo o botão de sua bermuda. O volume tava quase ultrapassando a cueca, então me apressei em descê-la. Seu pau consegue ser mais bonito ainda pessoalmente. Passei a língua pelos lábios e o lambi de baixo pra cima o fazendo gemer baixo, o envolvi com minha boca e comecei a chupar, sugando e o deixando todo molhado. Ele gemia enquanto suas mãos seguravam o meu cabelo, Chupei tão gostoso que o fiz gozar na minha boca. "Matei a sua curiosidade de sentir o gosto da porra quente na sua boca?" Ele me perguntou depois de ter me feito engoli seu leite. Sorri e assenti com a cabeça, ele me beijou sentindo assim o seu próprio gosto, um beijo gostoso e intenso com mordidas. Depois que o beijo cessou, ele se vestiu e fui o deixar no mesmo local em que o peguei "Isso não é nada, comparado ao que eu quero fazer com você. Mas por hoje isso foi muito bom" ele disse me dando um beijo. "Vou pensar se eu deixarei você fazer o que quer comigo". O provoquei e dei um selinho antes dele sair do carro. Se o quero de novo? Claro que sim, mas ele não precisa saber disso agora. Gosto de jogar!!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...