História Contos da imaginação - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 10
Palavras 532
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Depois do jantar A sobremesa


Seis meses que estava saindo com o Lucas, e estávamos cada vez mais próximos. E depois da nossa primeira transa nossas ficadas estavam se tornando mais frequentes. Hoje 06/08 ele me chamou pra ir à um restaurante de comida japonesa. Não gosto de comida crua, mas eu aceitei mesmo assim. Afinal, era o tipo de comida favorita daquele homem que não saía dos meus pensamentos. Nos encontramos no restaurante, comemos ( sim, eu comi uns empanados de frango), conversamos e trocamos carinhos. Era bom está na companhia do Lucas, eu me sentia confortável, feliz. Quando saímos do restaurante, ele foi me levar em casa e trocamos alguns carinhos dentro do carro. Eu não queria que a nossa noite acabasse ali, eu queria ter mais que uns carinhos. Então quando chegamos ao meu destino. Eu destravei o cinto de segurança e o beijei co intensidade, desejo e ele correspondeu. O beijo era quente, ele chupava a minha língua e mordia meus lábios com gana. Ele também queria mais de mim. E saber disso só me deixava com mais tesão. Ele puxou o meu cabelo fazendo meu pescoço ficar amostra pra ele devorá-lo e assim ele o fez. Beijou e mordeu com gana me fazendo arfar, depositou sua mão em um do seus seios e o massageou gostoso. Acariciei o seu membro já duro e foi o suficiente pra irmos pro banco de trás, onde ele me deixou e puxou minhas roupas.
- Manda, você me deixa louco. Você é tão linda e sexy, eu preciso sentir o seu gosto doce.
E assim ele foi dando beijos pela minha coxa até chegar no meu ponto de prazer. Passando a língua bem devagar me fazendo gemer.
- Não me tortura assim. Chupa vai chupa!!
Ele deu um sorriso de lado e chupou. Chupou com gosto me fazendo gemer alto dentro daquele carro abafado. Uma de suas mão foi ao encontro do meu peito enquanto a outra massageava o meu clitóris me fazendo contorcer todo o meu corpo.
- Lucas... Eu vou gozar, não para.
E ele chupou mais rápido e com mais intensidade, e então eu explodi na boca dele gozando gostoso. Ele juntou nossos corpos suados e enterrou seu pau em minha intimidade que estava sensível pelo orgasmo que ele tinha acabado de me proporcionar. Eu gemia com a respiração descompassada enquanto ele enterrada com mais força, puxava seu cabelo e arranhava suas costas enquanto o beijava. Era louco, estávamos transando dentro de um carro numa rua pouco movimentada. E pensar nisso só deixava tudo ainda melhor.
- Manda, eu vou gozar.
Ele anunciou tirando seu pau de dentro de mim. Me abaixei e deixei que ele deixasse meu rosto cheio de porra. Ele se masturbava e gemia enquanto gosava.
- Manda, você é demais!!
Falou com a voz falhando depois de ter gosado.

Depois disso, eu limpei o meu rosto (sempre é bom andar com lenços e álcool em gel na bolsa) e nos vestimos, ficamos ali por um tempo trocando carinhos e depois fui pra casa. O Lucas é aquele cara, nerd, quieto. Mas que na hora H sabe muito bem como me satisfazer e por isso eu sou apaixonada por esse homem. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...