História Contos da minha vida - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Natalia "Nah" Cardoso
Exibições 5
Palavras 354
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Musical (Songfic), Suspense, Violência
Avisos: Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Uma vida sem o meu pai


Eu sou a Lea...tenho 15 anos, o meu pai morreu quando eu tinha apenas 5 anos, ele morreu de cancro...Sofri muito...Ultrapassei esta fase muito dificil, mas virei o contrário do que eu era antigamente...Eu era uma rapariga muito meiga, muito doce e com a morte do meu pai fiquei muito fria com as pessoas.

Hoje...para mim é um dia puro e simplesmente normal.

Acordei por volta das 6:00, porque tinha que ir para a escola nova...Acordei com a minha mãe aos gritos. Os meus irmãos a fazer confusão. Dia mesmo típico.  Preparei-me e fui tomar o pequeno almoço:

-Mãe...eu não me estou a sentir bem, posso não ir a escola??

-Lea...vais as aulas, porque estamos no primeiro dia de aulas, não vais faltar até porque já estas com o cadastro muito mau...

-Está bem mãe.

Fiquei chateada e saí da mesa sem modos. A minha mãe irrita-me tanto, mas ela é a única pessoa que me resta...porque os meus irmãos nunca estão lá para mim. Tranquei-me no quarto a preparar  a minha mochila...bem só pus lá um caderno porque não me apetecia levar os meus livros. A minha mãe começou a dizer para irmos já embora. E a saída de casa, a minha mãe disse-me:

-Lea, eu sei que  ficaste afetada por causa da morte do teu pai, mas não foste a única afetada, os teus irmãos também ficaram afetados e no entanto estão muito bem...

-Mãe, eles passavam menos tempo com o pai e tu sabes perfeitamente...Não compares a relação do pai comigo, com as dos manos com ele(pai), nunca faças isso, comparares tudo isso é uma grande ESTUPIDEZ...

-Lea...

Sai da porta de casa e nem lhe dei oportunidade de falar... Fiquei a espera deles lá em baixo na porta do carro...Dentro do carro, o ambiente ficou muito estranho, meio pesado, mas eu não vou falar com a  minha mãe até ela se redimir do que ela disse.

Chegando a escola...

Os meus irmãos já tinham entrado para a escola e a minha mãe puxou-me:

-Filha Desculpa...

-Mãe, falamos mais tarde.

E entrei para escola...ao entrar para a escola deparo-me com...

 

CONTINUA...

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...