História Contraband Of Babies - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Seventeen
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Junghan "Jeonghan", Kai, Kris Wu, Lay, Lee Jihun "Woozi", Lu Han, Sehun, Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi", Suho, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Contrabando, Daddykink, Hunhan, Kaisoo, Kristao, Woozixsuho, Xiuchen
Visualizações 22
Palavras 1.066
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


TRADUZAM O TÍTULOOOO

Capítulo 3 - Take off your clothes...


Fanfic / Fanfiction Contraband Of Babies - Capítulo 3 - Take off your clothes...

Woozi ON

- M-mas appa,eu não quero ir! - Me sentei em minha cama enquanto secava minhas lágrimas,não podia acreditar que meu Appa havia me vendido.

Ele sempre me tratou bem,mas depois que omma morreu tudo mudou. Ele me batia,me maltratava e as vezes me deixava sem comer,sorte que KyungSoo Hyung sempre me ajudava quando meu Appa saía. Meu Appa mudou muito,bebia e trazia várias mulheres para casa,uma por noite talvez.

- Eu não quero saber JiHoon,você vai e pronto! Eu não aguento mais cuidar de você,você só me dá desgosto. És um inútil,não serves para nada! - Gritou me fazendo chorar mais ainda,senti sua mão em meu cabelo,puxando com força - Chorar,chorar e chorar,é só isso que sabe fazer? Era melhor ter morrido no lugar de sua mãe,você foi o culpado dela ter morrido, foi tudo culpa sua!

- N-não... Woozi não fez i-isso... - Me puxou pelo cabelo e me jogou no chão - A-appa...

- EU JÁ FALEI PARA NÃO ME CHAMAR DE PAI! - Desferiu um chute em minha barriga - Pare de falar em terceira pessoa,isso é ridículo... Quando eu voltar,quero suas malas prontas,me ouviu? - Assenti,vendo ele sair do quarto.

Chorar era o que me restava fazer,não tinha mais volta,eu iria de qualquer forma. Ouvi batidas em minha porta e logo KyungSoo entrou,me ajudando a levantar.

- Aquele monstro te bateu de novo pequeno? - Perguntou já sabendo a resposta,o abracei forte - Sinto muito...

- W-Woozi não quer ir... Não quer... N-não deixa ele levar Woozi - O Apertei - Por favor...

- Me desculpe pequenino,eu não posso fazer nada... - Me soltei do maior e limpei minhas lágrimas. - Talvez não seja tão ruim...

- M-mas Hyung, Woozi não quer te deixar aqui... Vem com Hoon,Soo - Sorri triste e segurei suas mãos.

- Eu não posso Woozi...Vem,vamos arrumar suas malas,ele pode voltar e querer te bater mais ainda - Neguei frenético - Woozi você precisa... - Sua frase foi cortada por um barulho de algo quebrando,vindo da sala.

- E-ele voltou... - Me agarrei ao maior.

- Fique calmo...Eu vou falar com ele e você arruma suas malas,hmm? - Assenti enquanto o maior saia do quarto.

Arrumei uma pequena mochila,os barulhos de vidro quebrando me deixavam assustado,KyungSoo não voltava e isso me deixou preocupado.Sai do quarto andando de vagar.

- Soo...? - Fui até a escada e entrei em desespero ao ver o maior jogado no chão da sala,desacordado,corri até lá mas antes de alcança-lo uma mão segurou meu pescoço.

- A-Appa... - Falei com dificuldade já que sua mão apertava meu pescoço me deixando sem ar.

- Agora vamos resolver isso...Sem o seu amigo no meio - O bafo de álcool estava dando para sentir de longe.

- S-Solta... - Agarrei sua mão tentando tirar de meu pescoço,o aperto ficava mais forte me deixando sem respirar e logo... Tudo ficou escuro...

[...]

- Woozi? Woozi acorda - Me senti ser balançado,abri os olhos lentamente vendo Soo me encarar.

- Onde estou...?Soo...? A-appa?! Cadê ele? Ele vai te machucar e... - Me sentei.

- Calma,estamos no seu quarto e...ele já foi pequenino

- Eu pensei que ele tivesse te matado! - Dei um tapa em seu braço - Nunca mais me assute assim.

- Não se preocupe,eu estou bem - Sorri,ouvimos batidas fortes na porta e logo um barulho alto.

- E-eles chegaram... - O agarrei - Não deixa eles me levarem,não deixa.

- Eu já volto - Assim que o maior saiu,me escondi em baixo da cama.

Alguns minutos depois,um homem totalmente desconhecido(Kris)entrou no meu quarto,ele parecia procurar algo e logo me achou,me puxou de debaixo da cama e eu o ataquei. Arranhei seu rosto e saí correndo escada a abaixo,ele me alcançou e me segurou,mordi sua mão e corri.

Pude observar mais três homens e um deles segurava Soo pelo braço,reparei também que o homem me olhou surpreso...Ele era bonito e...O QUE EU ESTOU PENSANDO?! Ele me comprou,é um monstro!

Corri para o escritório e me escondi dentro do armário,a porta foi aberta pelo homem que estava na sala,o bonitão lá,não ouvi passos e pensei que ele havia ido,ledo engano.

- Te peguei,gatinho fujão! - Dei um grito nada másculo quando ele abriu o armário,me pegou pelas pernas e me jogou seu ombro como se eu fosse um saco de batatas. Bati em suas costas.

- Me solta seu monstro - Me senti incessantemente até sentir um tapa em minha bunda - Ai!

- Fica quieto baixinho,ou vai ver um monstro de verdade.

- Você não manda em mim, me solta! - Voltei a lhe bater e senti outro tapa - Aí! Você vai ver só,quando eu me soltar você vai levar uns belos tapas!

- E quem disse que você vai se soltar? - Me levou para sala enquanto eu me debatia.

- Soo! Soo me ajuda... Não deixa ele levar Woozi! - Vi só olhar para mim com pena - Por favor... - Meus olhos se encheram de lágrimas.

- D-desculpa pequenino... - Tentou segurar minha mão mas um outro rapaz de pele um pouco bronzeada(Kai) o segurou.

- N-não...Me solta,me solta! - Voltei a me debater enquanto chorava, o homem me colocou no chão.

SuHo On.

O menino voltou a se mexer em meu ombro,ouvi ele fungar e o botei no chão.

- Está chorando?! - O olhei

- N-não... Woozi não chora - Abaixou a cabeça.Olhando bem,ele até que é bonitinho.

- Sei...Enfim,vamos meninos - Segurei suas mãos para que ele não fugisse e abracei sua cintura o arrastando para o carro.

Olhei para trás e vi que Kai estava parado junto do menino de olhos grandes(D.o)

- O que foi Kai? - Coloquei o menino no carro

- Eu posso levar ele? - Olhou para KyungSoo.

- Oque?! Enlouqueceu de vez?! - O olhei incrédulo,o mesmo se aproxima de mim.

- SuHo por favor,eu gostei dele...Eu juro que eu pego por ele depois mas...Me deixa levar ele... - Suspirei.

- Se ele arranjar problemas,eu acabo com a tua raça - Bufei e o mesmo riu - Bota logo ele no carro.

- Já disse que você é o melhor patrão do mundo?

- Eu sei que sou - Ri,entramos no carro.

- Soo... Porque o moço está me olhando? - JiHoon perguntou enquanto olhava para Kris que parecia que iria mata-lo a qualquer momento,KyungSoo permaneceu calado.

- Porque deixou uma cicatriz na testa dele... - O olhei segurando riso.

Assim que chegamos em casa,levei o menino direto para meu quarto,passando reto pelos meninos.JiHoon me olhava de forma confusa,tranquei a porta e me sentei na cama enquanto ele permanecia em pé.

- O que você quer comigo? - Sorri malicioso.

- Tire a roupa Woozi


Notas Finais


Fui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...