História Contract - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, F(x)
Personagens Amber Liu, Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Krystal Jung, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Chanbaek, Chansoo, Kaisoo, Kaistal, Krysber, Sulay, Xiuchen
Exibições 119
Palavras 2.581
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Aehooooo finalmente apareci!
Demorei? Um pouco. Explico nas notas finais.
Boa leitura.

Capítulo 9 - Possibilidade


 

 - Amber! Para com isso! Você sabe que isso tudo é um contrato! - Krystal tentava contornar a situação.

 

Já havia amanhecido, e no dormitório das duas, as coisas pareciam ir de mal a pior. Tudo começou quando Krystal levantou cedo dizendo que teria uma reunião na empresa e por isso não poderia passar o dia com Amber, o que causou uma crise de ciúme na mais velha.

 

 - Droga cara! Toda vez que planejo algo com você, você tem que ter um compromisso com esse contrato idiota!

 - Amber... Não fica assim - a mais nova se aproximou e pôs as mãos no rosto da outra - eu vou dar um jeito nisso, espera só mais um pouquinho e...

 - Esperar o caralho! - a loira afastou as mãos de Krystal - se você não resolver isso ainda hoje, eu mesma resolvo!
 

- Você sabe que as coisas não são assim, aqui nem tudo sai como a gente quer, tenha só mais um pouquinho de paciência e eu vou resolver isso - disse calmamente.

 - Ok - cruzou os braços - desculpa estar agindo assim - bagunçou os cabelos - é que eu me sinto tão afastada de você esses dias que eu estou quase subindo pelas paredes - riu.
 

- Entendo - Krystal se aproximou - eu também sinto falta de você - passou os braços pela cintura da mais velha - vai ficar tudo bem ok?

 - Ok - Amber sorriu e roubou um selinho - agora vai senão você vai atrasar pra reunião.

 - Tudo bem - Krystal pegou a bolsa e foi em direção a porta - vejo você mais tarde  - sorriu, recebendo um sorriso de Amber de volta pra depois sair.

 - Eu vou resolver isso agora - a mais velha falou consigo mesma, esperou um tempo até que Krystal tivesse se afastado o suficiente do dormitório e saiu pra ir em busca de uma solução.



~~~


 

D.O havia acordado cedo. No dia anterior resolveu passar o dia na pequena biblioteca que havia no prédio da empresa para que os artistas tivessem um espaço pra fugir de todo aquele rebuliço da fama por algum tempo. Soube que Chanyeol havia voltado do hospital, mas resolveu não ir recebê-lo, afinal, caso fosse, o maior com certeza faria um alvoroço pedindo pra ele ir cuidar dele no lugar de Baekhyun.

Também foi informado que o grupo daria um intervalo nas atividades enquanto Chanyeol estivesse em tratamento, e, na manhã em questão, estava pensando no que iria fazer durante esse tempo todo. Os planos até que estavam sendo bem feitos: D.O iria passar pelo menos 1 mês com seus pais, talvez fosse viajar pra conhecer algum país que ele gostasse, França por exemplo, e depois voltaria pra Seul pra começar a organizar as coisas do comeback. O menor estava terminando de anotar tudo em sua agenda, quando ouviu Kai se remexer na cama ao lado, ele estava acordando.

 

 - Bom dia Jongin - disse baixinho, sem olhar pra ele.
 

- Bom dia Soo - Kai respondeu rouco devido ao sono - acordou cedo hoje?

 - Já são 9:30 - D.O deu de ombros.

 - QUÊ?! - o mais novo saltou da cama e correu para o banheiro, tomou um banho rápido, escovou os dentes e apareceu de volta no quarto com os cabelos molhados e bagunçados, procurando uma roupa pra vestir.
 

- O que houve?
 

- Estou atrasado pra reunião... Aish, cadê essa camisa? - resmungava.

 - Hm - D.O ergueu as sobrancelhas e voltou a escrever em sua agenda, tentando não se concentrar no barulho que o outro fazia enquanto bagunçava o guarda-roupa.

 - Achei! - Kai pegou uma camisa preta e uma calça jeans, depois de vestido voltou a esfregar a toalha nos cabelos - são que horas agora?

 - 9:43.

 - Oh céus - o maior correu pro banheiro pra ajeitar o cabelo e voltou pro quarto, pegando o celular e indo em direção a porta - volto mais tarde - disse enquanto abria a porta, não recebendo resposta em troca.

 - Está atrasado hein? - Amber segurou seu braço quando ele fechou a porta.

 - Amber? O que faz aqui?

 - Vim falar com você, o assunto é sério.

 - Podemos conversar mais tarde? Eu preciso ir pra uma reunião agora e... - Kai tentava soltar seu braço do aperto da garota.

 - Não - Amber o puxou pelo corredor até encontrar uma sala vazia, onde o empurrou pra dentro, entrou e trancou a porta.

 - Amber, eu não sei o que deu em você, mas por favor me dá essa chave, eu estou atrasado.

 - Cancele o contrato - a garota disse fria.

 - Que?
 

- Isso mesmo que você ouviu.
 

- Ok, eu cancelo, agora me dá essa chave - Kai esticou a mão pra pegar a chave, mas a garota afastou o objeto.

 - Cancela mesmo?

 - Cancelo, agora me dá essa chave!

 - Hm - Amber se aproximou da porta - eu vou abrir pra você mas... - virou-se de uma vez e agarrou no colarinho do outro - se a Krystal chegar mais tarde e não disser que você cancelou esse contrato, eu acabo com você, e não se atreva a dizer a ela que eu mandei você fazer isso está entendendo?

 - S-sim - Kai segurava no colarinho, balançando a cabeça rapidamente.

 - Ok - Amber soltou o rapaz e sorriu - pode sair - abriu a porta e observou Kai correr pelo corredor.

 

Era 10hrs quando Kai finalmente apareceu na reunião. Foi recebido com alguns olhares de reprovação, principalmente do manager, ficou um pouco constrangido, curvando-se várias vezes pedindo desculpas e se acomodando em uma das cadeiras, ao lado de Krystal. Passados alguns minutos daquele discurso chato, Kai finalmente se pronunciou.

 

 - Eu preciso dizer uma coisa.

 - O que? - o manager perguntou.

 - Eu... Quero cancelar esse contrato.

 - Como?

 - Isso mesmo que você ouviu, quero cancelar.

 - Mas Jongin, você sabe que esse contrato é importante pra empresa, e principalmente para o aumento da popularidade tanto do seu grupo quanto do grupo da Krystal, você não pode fazer isso! - o manager se exaltou.

 - Posso, e vou - Kai levantou-se, puxou a folha das mãos do manager e a rasgou - pronto, desfeito - jogou os pedacinhos no meio da mesa - para nossos grupos fazerem sucesso, não depende de uma droga de contrato de namoro, e sim se temos talento o suficiente pra isso, e vamos admitir, nossos fãs nos amam - sorriu e saiu da sala, sendo seguido por Krystal, que não havia entendido absolutamente nada.

 - Kai! - a garota o chamou quando os dois já estavam no corredor - porquê você fez aquilo?

 - Porque ainda amo o Kyungsoo - disse calmo - e imagino que se isso me atrapalhou com meu pequeno, com você e a Amber deve ter atrapalhado também né?

 - Confesso que estávamos discutindo muito ultimamente, mas eu já havia prometido a ela que daria um jeito, só não esperei que você tomasse essa atitude assim de repente, ela não foi falar com você não né?

 - Não... - Kai pensou em dizer, mas preferiu manter segredo, afinal, a loira em questão era boa de luta - foi iniciativa minha mesmo, não aguento mais ficar longe do meu pequeno.

 - Entendo você - Krystal o abraçou - saiba que eu estarei sempre torcendo por você - afastou o rosto para observar Kai - agora vai lá reconquistar seu D.O - sorriu.

 

Kai afirmou com a cabeça e seguiu rapidamente para seu dormitório, encontrando Kyungsoo na frente do espelho experimentando uma camisa nova.

 

 - Você está tão lindo meu amor - o mais alto sorriu.

 - Você me chamando assim? - o menor sorriu irônico, ainda olhando pro espelho - só se você tivesse feito a loucura de rasgar aquele contrato.

 - Justamente por isso.

 - O que? - D.O o encarou confuso.

 - Isso mesmo que você ouviu - Kai se aproximou, encostando suas mãos na cintura de D.O - eu rasguei aquele contrato agora pouco, na frente de todo mundo na reunião.

 - P-por que você fez isso?

 - Porque eu não aguentava mais ficar longe de você - passou a mão na bochecha clara do menor - eu sinto tanto a sua falta, é muito difícil pra mim dormir no mesmo quarto que você e não poder lhe tocar - passou o indicador no lábio inferior do menor - não poder sentir seus lábios - voltou a acariciar seu rosto, a essa altura D.O já havia fechado os olhos e inclinava o rosto na direção da mão de Kai - por favor, eu já fiz tudo o que eu podia, então... Você me perdoa?

 - Eu... - D.O pôs sua mão sobre a mão do maior e abriu os olhos - eu preciso pensar - afastou-se um pouco.

 - Mas existe alguma possibilidade de você me perdoar? Apenas me responda isso e eu ficarei tranquilo.

 - Sim - suspirou - existe uma possibilidade, mas eu preciso pensar, por favor, me deixa sozinho um tempo?
 

- Claro - Kai se aproximou da porta - eu te amo - sorriu e desceu em direção à cozinha.



~~~


 

Chanyeol havia acabado de acordar, sentou-se na cama com um pouco de dificuldade e percebeu que Baekhyun ainda estava dormindo. Tentou se levantar pra ir ao banheiro e não acordar o menor, não queria incomodar seu sono, até conseguiu ficar de pé apoiando um dos braços na parede, mas ao dar o primeiro passo, se desequilibrou e caiu, ficando deitado no chão de bruços, com a cabeça próxima ao tapete do banheiro.

 

 - Hmm - Baekhyun grunhiu sonolento - o que houve aq... CHANNIE! - levantou-se rapidamente e foi em direção ao outro - por que você não me acordou? Sabe que não pode se movimentar sozinho!

 - Eu não queria acordar você, você parecia tão cansado - o maior respondeu, enquanto apoiava-se nos braços pra sentar-se no chão com a ajuda do menor - desculpa ter te acordado assim.

 - Não precisa se desculpar por ter me acordado, precisa se desculpar por não me deixar te ajudar, estou chateado com você - Baekhyun fez bico.

 - Yaa, desculpa, mas não fica bravo comigo - o maior riu - na próxima eu prometo te chamar - apoiou-se nos braços outra vez e conseguiu sentar na cama - são que horas?

 - São... - olhou pro relógio que havia no criado-mudo - 10:16, acordamos tarde hoje hein? - riu.

 - Sim - Chanyeol riu também - preciso ir ao banheiro.

 - Vamos, eu lhe levo.
 

 

Baekhyun levantou, deixando o maior apoiar o braço sobre seus ombros. O maior precisava urinar, o que seria uma situação bem constrangedora, mas o menor apenas ficou atrás de Chanyeol, lhe dando um apoio, enquanto o maior fazia o serviço. Ambos fizeram sua higiene matinal e resolveram descer pra cozinha, encontrando Suho, Lay, Sehun e Kai.

 

 - Bom dia - Suho disse sorridente.

 - Bom dia - Baekhyun e Chanyeol responderam em uníssono enquanto o menor ajudava o maior a sentar-se na cadeira - onde estão os outros? - Baekhyun perguntou?
 

- Xiumin e Chen saíram agora pouco pra viagem de férias deles, acho que depois de amanhã nós vamos né Su? - Lay olhou pro outro.

 - Sim - o líder respondeu.

 - E você Jongin? Vai ficar por aqui mesmo? - Chanyeol perguntou.
 

- Vou, preciso reconquistar meu pequeno - o moreno respondeu enquanto tomava um gole do suco.
 

- Reconquistá-lo? - o maior riu debochado - só se você voltasse no tempo e não assinasse aquele contrato ridículo - foi repreendido por um tapa de Baekhyun.
 

- Eu rasguei o contrato.

 - Você fez o quê? - Sehun perguntou surpreso - isso é sério Kai?

 - Sim, me sinto até aliviado por ter feito isso.

 - Por isso vi a Amber e a Krystal saindo sorridentes hoje - o mais novo comentou - bom, que seja - levantou - boa sorte com o Soo, agora vou arrumar minhas coisas pois ainda hoje eu embarco pra China.

 - Vai encontrar o Luhan né? - Chanyeol perguntou.

 - Shh - Sehun pôs o indicador nos lábios - ninguém aqui pode saber que é por esse motivo - sorriu - até depois das férias - saiu apressado pro dormitório.

 - Bom, pelo visto só quem vai ficar por aqui sou eu, o Channie e o Kai né? - Baekhyun comentou.

 - Pensando bem, se caso o D.O viajar acho que vou com ele - Kai disse enquanto comia um pedaço de bolo.

 - Está tão confiante que ele vai te perdoar, como pode ter tanta certeza? - o mais alto do grupo riu.

 - Quem passou 1000 dias namorando com ele foi você ou fui eu? - o moreno o encarou.

 - Quem o jogou na frente de um carro foi você ou fui eu? - Chanyeol respondeu sério.

 

A resposta do garoto de orelhas grandes instalou um clima muito tenso no ambiente. Kai sentia que seu corpo iria se descontrolar, pois seu sangue fervia de ódio por aquele comentário, mas por incrível que pareça, dava a razão para o maior. Tudo bem que havia sido um grande erro, que quase levou a vida de seu pequeno, Kai queria levantar e socar a cara do orelhudo por ter trazido aquele assunto à tona outra vez, mas depois de ouvir da boca do garoto de olhos grandes que havia uma possibilidade de perdão, decidiu ficar em seu lugar e continuar a refeição em silêncio.

 

 - Bom, acho melhor nos aprontarmos né Channie - Baekhyun falou quebrando o silêncio desconfortável - você começa o tratamento hoje lembra?
 

- Ok, vamos - o maior terminou de beber o suco e saiu, sendo ajudado pelo loiro.
 

- Kai, tá tudo bem com você? - Lay perguntou preocupado.

 - Está sim.

 - É que o Chanyeol ainda tem dúvidas sobre o que sente e... - Suho começou.

 - Tudo bem - o moreno o interrompeu - o que importa é o que o Soo vai dizer, não o que o Chanyeol pensa, não tenho nada contra ele, só espero que ele perceba o quanto o Baekhyun o ama, assim como eu e o Kyungsoo nos amamos - levantou-se e pegou uma maçã - com licença, tenham um bom dia.

 

Suho e Lay não souberam o que dizer depois daquela resposta, então apenas curvaram levemente a cabeça e se despediram do dançarino. Terminaram o café-da-manhã e seguiram para o dormitório, pra terminar de ajeitar as coisas da viagem, particularmente romântica, que os dois iriam fazer. Kai seguia a passos lentos de volta pro dormitório, jogando a maçã pro alto pra de distrair um pouco.
 

 

- Voltei - sorriu quando abriu a porta - lhe trouxe uma maçã, parece que você não comeu nada hoje.

 - Eu havia comido antes de você acordar, mas agradeço pela maçã - o menor recebeu a fruta e a mordeu, se levantando e indo em direção à janela do dormitório.

 - Err... - o moreno pôs as mãos nos bolsos da calça - sem querer te pressionar, mas quando você vai me dar minha resposta?

 

Kyungsoo suspirou enquanto mastigava a maçã, ainda olhando a paisagem pela janela. Passados alguns minutos em silêncio, virou-se para o maior e lhe lançou um olhar misterioso.
 

 

- Agora - deu de ombros e mordeu a maçã outra vez.

 


 


Notas Finais


O que vocês acham que o Soo vai responder? Façam suas apostas!

Bom, demorei pelo simples motivo de: Fiquei doente, peguei uma gripe das fortes, que sempre vem com uma das minhas crises de asma. Ah, e eu tbm quebrei meu celular, então tô só com o netbook ;-;
Pra quem lê essa minha fic e faz parte do grupo Kaisoo Brasil no WhatsApp, por favor não me apaguem, eu já tô planejando quando vou comprar um celular novo, então vou voltar.
Por hoje é isso, espero que tenham gostado desse capítulo. Perdoem qualquer erro de digitação.
Kissus <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...