História Contract (Long-Imagine Duplo - Suga e JungKook - BTS) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Acordo, Bangtan Boys, Bts, Hoseok, Imagine, Imagine Bts, Irmão, J-hope, Jin, Jung Hoseok, Jungkook, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kookie, Long Imagine, Min, Min Yoongi, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Sexo, Suga, Taehyung, Taetae, Triângulo Amoroso, Você, Yoongi
Exibições 187
Palavras 828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

Capítulo 7 - White


Alguns meses atrás…

      Corri em meio às pessoas, estava, sem dúvida alguma, mais nervoso do que qualquer um dos indivíduos daquela multidão. O ódio era emitido por meus olhos e esse sentimento era descontado em qualquer pessoa que ousasse ficar em meu caminho. Estava praticamente fora de mim.

      Acabei por ficar sem fôlego, olhei para trás e comecei a sentir meus olhos ficarem marejados. Todo aquele ódio estava a transformar-se em pura tristeza, eu dependia daquela garota.

      Ela era como uma droga, a pior delas, fazia com que eu me viciasse e não parasse de desejá-la, enquanto, lentamente, destruía cada parte de meu interior. Nunca pensei que fosse realmente deixar de ser o forte e independente Min YoonGi por culpa de uma garota.

      —Não posso chorar — murmurei para mim mesmo e sentei no chão, estava um pouco bêbado, então não estava ligando para os olhares das pessoas sobre mim.

      Abracei meus joelhos e abaixei minha cabeça.

      Alguns fios de cabelo, devido ao suor, grudavam em minha testa, o que me fazia levar a mão a minha testa para afastá-los dali. Sequei as lágrimas com o dorso da mão e fiz um biquinho.

      —Vá para o inferno — uma voz feminina falou, em meio á gargalhadas, o que me fez olhar para o lado. Eu a reconheci e levantei, caminhando até ela, que estava a “discutir” com um homem.

      —O que está acontecendo aqui? — questionei, o que a fez olhar para mim e arquear a sobrancelha.

      —Ótimo, mais um idiota. Realmente é o meu dia de sorte — reclamou enquanto cambaleava — Por favor, YoonGi, me deixa, ok? Eu sei me virar sozinha.

      —É, minha garota sabe se virar sozinha — O desconhecido, também bêbado, passou o braço pelos ombros da garota, que afastou-se rapidamente — Vem aqui, sua vadia.

      —Vadia é a tua mãe, filho da puta — Segurei a garota pela cintura para que ela não socasse o rosto do bêbado e a puxei para longe dali — Me solta, seu baixinho desgraçado.

      —Não, você viu o tamanho do cara? Ele podia matar a você e a mim em questão de segundos só com um peteleco — Ela pisou em meu pé com força e, quando preparava-se para correr até onde estava o bêbado, olhou para mim — Você estava chorando?

      —Não.

      —Por que você estava chorando? — Ela acariciou meu rosto e abraçou-me — Sou sua amiguinha, pode confiar em mim.

      Arregalei os olhos e, sem saber como reagir, aceitei o apoio e sorri de lado. Mesmo que ela estivesse bêbada, (s/n) havia me ajudado bastante com aquele simples abraço.

      —Ok, agora pode me soltar, não gosto dessa proximidade — falou e empurrou-me — Assim está melhor. Ok, agora irei para casa. Tchau, Minzinho.

      Observei a garota caminhar até a porta, cambaleando, balancei a cabeça negativamente e corri até ela. Essa seria a minha boa ação do ano.

      —Vou te levar para casa, vem, entra no meu carro — pedi, mesmo que eu não estivesse tão sóbrio, sem dúvida alguma eu estava em um estado melhor que o dela.

      Ela deu de ombros e entrou, recostando-se no banco de trás de meu carro e abraçando o próprio corpo. Ela era louca? Que tipo de pessoa viria para uma festa a esse horário, com esse clima sem um casaco?

      —Toma — Retirei meu casaco e entreguei a ela, que murmurou um “obrigada” em resposta e aconchegou-se junto à janela.

      Assim que chegamos até a casa onde ela mora, senti que deveria ter deixado-a vir sozinha mesmo, o local não parece muito seguro. Saí, abri a porta do carro e, como a Bela Adormecida estava tendo seus 100 anos de sono profundo, tive que levá-la para casa no colo.

      Passei meu braço por debaixo de suas costas e pernas e a levei para sua casa, abrindo a porta com certo cuidado após achar a chave. Segui até o quarto da “princesa” e a coloquei em sua cama, retirando os saltos altos e cobrindo seu corpo.

      Sentei na beira da cama e observei-a enquanto ela, de forma tranquila, dormia. De repente, ela abriu os olhos e inclinou o corpo para sentar-se na cama, olhando fixamente para mim.

      —Obrigada, YoonGi, eu te amo — Ela fez um coraçãozinho com as mãos em minha direção, o que me fez rir baixo — Boa noite, durma bem… Quer dormir aqui? Eu não quero dormir sozinha.

      —Não, tenho que ir trabalhar — respondi e ela me puxou pelo braço com uma força bem maior do que eu pensava que ela tinha, o que me fez cair na cama.

      —Aquela empresa é sua, ok? Você pode se atrasar, agora durma — Ela colocou minha cabeça em seu colo e começou a acariciar meus cabelos, enquanto eu retirava meus sapatos.

      —Eu sou uma pessoa tão maravilhosa, então me agradeça, ok? Não deveria aceitar dormir com uma mortal como você, além disso estou a correr o risco de perder meu carro — falei e ela deu um tapa em meu ombro, deitando-se na cama e cercando meu pescoço com os braços. Ela realmente estava muito bêbada.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, ah, gente, quero falar uma coisinha para vocês.
Eu decidi mudar um pouco a história, ok? Até o fim de semana terei mudado alguns detalhes de alguns capítulos, então peço que releiam a história quando eu avisar, ok? Ok.
Até mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...