História Contract Love. (Pausada) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kuroshitsuji
Personagens Alois Trancy, Ciel Phantomhive, Hannah Annafellows, Sebastian Michaelis, Vincent Phantomhive
Tags Kuroshitsuji, Livros, Sebaciel, Sobrenatural, Yaoi
Exibições 59
Palavras 660
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shonen-Ai, Sobrenatural, Suspense, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oeeeh

Mais um cap prontinho, espero que curtam.

Se tiver algum erro, me perdoem pois não revisei e estou postando pelo 3g do celular. (Sem internet ;-;)

Mas enfim, Boa leiturah *-*

Capítulo 2 - Aproximação.


  Dia seguinte Ciel novamente se encontra na biblioteca, afundado em livros e mais livros, as vezes olhando por cima dos mesmo para observar o homem, que provavelmente não notou a presença do garoto.

  O homem vestia um suéter preto e calças jeans escuras com sapatos....pretos. "Ele só tem preto no guarda roupa?" O garoto tenta encontrar respostas sozinho.

Por que tanto preto?

-Talvez ele goste.

-Talvez ele esteja de luto.

  Luto?

-Se estivesse de luto, viria a uma biblioteca?

Ciel não custumava ser curioso e muito menos procurar saber oque não o Interessava, mas sentia que aquele homem não era comum, talvez seja apenas coisa de sua cabeça.

   ~~~~~~~////~~~~~~~~

-Hannah.

-Sim querido? -Hannah era sua madrasta e a pessoa que cuidava dele depois da morte de sua mãe, o garoto confiava mais nela que no seu próprio pai.

-Sabe quando você olha uma pessoa de longe e vê algo de especial nela mas não sabe o porquê?

-Sim.

-Porque isso acontece?

-As vezes é porque algo nessa pessoa chamou sua atenção, na maioria das vezes é a aparência, seu jeito ou até algo mais. -Ela responde tranquila como sempre.

-Como assim, algo mais?

-Eu não sei querido, mas por que a pergunta?

-Bom...por nada, Boa noite. -O menor se levanta da mesa de jantar e vai em direção ao seu quarto, pensando no que sua "mãe" tinha lhe dito.

~~~~~~~~~////~~~~~~~~~~~

Meses se passaram após aquele dia, Ciel continuava normalmente com sua rotina indo a escola pela manhã e passando a tarde inteira na biblioteca.

  Ele observava também o homem que fazia questão de dar o ar de sua graça de segunda a sábado, não indo apenas aos domingos que deixava o garoto com ainda mais curiosidade.

Ciel sabia que poderia está ficando louco, talvez tenha até virado um stalker, apenas não entendia o motivo de tamanha inquietação e interesse no tal homem.

"E se você apenas falasse com ele? "

Uma voz ecoou na cabeça do garoto, seria mais lógico  se ele quisesse conhecer o homem, por algum motivo fazer amizade nunca passou pela cabeça do menor.

Era uma sexta feira, o silêncio do local era bastante entediante para o garoto que agora, não conseguia mais ler. Estava decidido, iria falar com o tal homem.

Ciel nunca foi muito popular e não costumava fazer amigos. Mas o homem o pertubava de um modo que o garoto não conseguia entender. Pegou seu celular, a mochila e o livro que estava lendo, indo em direção a mesa que o rapaz estava, demostrando interesse no livro que lia.

-E-eu... posso sentar aqui?

Ao notar a aproximação do menor, o homem levanta o olhar para encara-lo, o surpreendendo com duas orbes incrivelmente vermelhas que mais pareciam dois rúbis, preciosos e raros.

-Claro. - A voz dele era grave mas ao mesmo tempo calma e gentil. Ao observa-lo de perto Ciel se sentiu nervoso e apreensivo, mas porque? Ele era apenas uma pessoa normal e igual as outras. Com esse pensamento o menor puxa levemente uma das cadeiras e se senta, ficando de frente para o homem que agora o observava.

-O-oque...está lendo? -A voz do menor saia falha por causa do nervosismo o fazendo gaguejar.

-Mistério. E você?

-S-sobrenatural.

-Você gosta?

-Sim, é o meu preferido. - O garoto não conseguiu esconder seu entusiasmo.

-Entendo.

Após isso nenhum dos dois falaram mais nada, apenas concentrados nos livros. As vezes Ciel espiava o outro por cima do livro, e ao ser retribuido não consegue deixar de corar e logo desviar o olhar para qualquer outro canto. Perto do entardecer o mais velho se despede do garoto saindo em seguida, o menor logo faz o mesmo.

Como o esperado, domingo o homem não apareceu. Por algum motivo Ciel se sentiu chateado, esperava a companhia do outro novamente alí, mesmo que seja uma companhia silênciosa. O garoto saiu mais cedo naquele dia, no fundo desejava que a segunda chegasse logo para novamente ver o tal homem mistérioso.


Notas Finais


Oeeeh

Espero que tenham gostado, perdoem qualquer erro

Kissus e até mais !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...