História Contrato - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Jinkook, Jungkook, Lemon, Namkook, Vkook, Yaoi, Yoonkook
Exibições 399
Palavras 1.175
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Chegueeeei~
No baile funk que nem tsuna- Opaaa!

Eu morri de dó do Tae enquanto escrevia esse capítulo ;-;

~Releve qualquer erro e boa leitura

Capítulo 7 - Eu não queria


Fanfic / Fanfiction Contrato - Capítulo 7 - Eu não queria

Tristeza.
Angústia.
Foi tudo o que eu senti naquele momento.
A felicidade? Tinha ido embora, e com ela minha capacidade de viver.
Saí correndo de seu quarto entrando no meu e trancando a porta atrás de mim.

Joguei minhas costas contra a porta e fui lentamente deslizando até me encontrar sentado no chão.
Ali, eu choraria mais do que chorei minha vida toda.

POV.: Jimin

Abro a porta do meu quarto saindo do mesmo.
Acordei mais cedo do que o normal - 7:30 - tive alguns sonhos ruins.
Vou em direção ao quarto do Tae, sempre que tenho esse tipo de sonho eu vou dormir com ele.

Tento abrir a porta mas a mesma está trancada, estranho,  ele nunca tranca a porta do quarto, sempre teve medo de que algo poderia vir "pegar" ele no meio da noite e se a porta estivesse trancada ele não teria por onde fugir.
Solto um risinho baixo pensando em seu medo bobo.

Já que não posso voltar a dormir vou para a cozinha, lá Jin, Rapmon e Hope estavam tomando café. Como eles conseguem acordar tão cedo?

Me sentei na mesa e fiquei apenas observando eles comerem.

- Jimin, você falou com o V? - Hope disse enquanto levava mais uma colher cheia de arroz a boca.
Eu o olhei confuso.
- Eu tentei falar com ele mas, ele trancou a porta do quarto. - Eu disse.

- Ontem a hora que eu cheguei, vi ele entrar no quarto chorando. - Hope disse com semblante preocupado.

Agora tudo faz sentido, ele saiu com o Jungkook ontem.
Merda!
Eu tenho que ir falar com ele.

Me levanto da mesa e começo a andar em direção ao quarto do Tae.
Bato a mão no trinco e a porta já abre, ele deve ter destrancado depois que eu bati mais cedo.

Assim que adentro o quarto, sinto meu coração se contorcer.
Aquela visão era terrível.
Tae estava sentado em sua cama, abraçando os joelhos, mirando a janela.
Suas cobertas estavam amontoadas a sua volta, seus cabelos estavam bagunçados e seu pescoço estava suado.

Fui me aproximando lentamente até ficar a sua frente.
Ele soltou os joelhos e levantou seu olhar para mim, eu vi seus olhos vermelhos e inchados.
Meu coração se contorceu mais um pouco.

Abracei-o com força, mas ele não retribuiu.
Fiquei alguns minutos assim, um perna a cada lado de seu colo, forçando sua cabeça a meu peito, acariciando seus cabelos.

Me afastei um pouco para poder olha-lo de cima.
Ver ele com essa cara de choro, é horrível.
Segurei sua nuca com minha mão direita e afastei os cabelos de sua testa suada com minha mão esquerda.

Ele me encarou.
- É o Jungkook não é? - Eu perguntei e ele assentiu encostando sua cabeça em meu peito, voltando a chorar.

POV.: Jungkook

Estava passando pelo corredor em direção a cozinha quando escuto alguns ruídos vindo do quarto do V.
A porta está entreaberta, paro em frente a mesma, observando o quarto.

Taehyung está chorando? Porque? Ele nunca ficou desse jeito antes...
E porque o Jimin está tão perto dele?!

Ao perceber minha presença Jimin me da um olhar de morte.
Começa a caminhar em minha direção parando no batente da porta.
Ele não me diz nada, apenas bate a porta com força e escuto ele tranca-la em seguida.

Eu não entendo, porque o V está chorando desse jeito?
E porque o Jimin bateu a porta na minha cara?
Sera que foi pelo que falei...
Mas não é minha culpa, eu odeio quando eles me pedem algo, eles sabem que eu não posso recusar, mas ainda sim eles pedem.
Eu odeio essa vida.
Mas eu não queria ter magoado o Tae desse jeito...

[...]

Fiquei deitado no meu quarto, pensando sobre a morte da bezerra.
Na verdade eu fiquei pensando em como a minha vida seria diferente se eu não tivesse assinado aquele contrato.
Provavelmente eu acabaria morrendo de fome e matando minha família comigo.

Bati minha cabeça contra o travesseiro.
Eu deveria ser grato a essa vida?
Ou eu deveria odiar e amaldiçoar ela?

Se eu não tivesse assinado eu estaria sem dinheiro e minha família também, afinal eles dependem de mim.

Mas assinando eu me condenei a essa imoralidade, a esse pecado.
O que eu faço não é certo.

Adormeci perdido nos meus pensamentos.

POV.: Jimin

Depois que bati a porta na cara do Jungkook me deitei com o Tae.
Ele ficou chorando no meu peito por uma meia hora eu acho, aos poucos ele foi se acalmando.
- Me conta... - Ele disse brandamente enquando acariciava seus cabelos.

- Eu, eu queria que fosse um dia especial então  eu, eu pedi que ele fingisse estar apaixonado por mim... - Ele disse fungando o nariz.
- Ah Tae... Porque você foi fazer isso... -
- Eu, eu só queria me sentir correspondido... Só uma vez... - Ele disse voltando a chorar.

- Ei, ei, está tudo bem. Eu estou aqui com você agora... - Eu disse tentando consolar ele de alguma forma.

- De-depois que nós... Você sabe... Ele, ele disse... - Tae começou a chorar mais.
- Ele disse "eu te amo" - Tae disse entre soluços.

O Jungkook disse "eu te amo" para ele...
Se eu disser que não feriu meu coração saber disso, eu estaria mentindo.
Mas, ver o meu irmão sofrer desse jeito, doi mais.

- E depois ele, ele disse... - Tae falou parando de chorar.
- "Eu já posso para de fingir" - Ele disse com uma voz de nojo, raiva.
- Hyung...- Ele levantou sua cabeça olhando no fundo dos meus olhos.

Sou surpreendido pelos lábios de Tae indo contra os meus.
Arregalei os olhos diante da ação dele.
Após alguns segundos, ele se afastou.
Me olhou com um semblante vazio.
- Eu sabia. - Ele diz encarando meus lábios.
- Os lábios de ninguém são como os dele. - Ele disse por fim se desabando em lágrimas.

[...]

POV.: Jungkook

Acordei com o som irritante de batidas na minha porta.
- O quê?! - Eu gritei.
- Jungkook, ou você sai desse quarto agora ou vai ficar sem almoço! - Era voz do Hope.
- Aish! Já to indo! - Eu disse enquanto cambaleava até a porta.

A mesa da cozinha estava um tanto quieta, principalmente porque dois dos sete não estavam lá.
- Cadê o V e o Jimin? - Eu pergunto fingindo desinteresse.
- O Jimin está no quarto com V desde de o café da manhã eu acho... - Jin hyung disse.
- O quê?! - Eu deixei escapar um exclamo de indignação.
- Co-Com licença. - Eu disse fazendo um breve reverência saindo da mesa, quando faço menção de caminhar para meu quarto sou parado por alguém segurando meu pulso.

- A tarde você, tem que ir ao estúdio de gravação. - Yoongi disse e eu apensa assenti com a cabeça.

Me joguei na cama e me afundei nos cobertores.
O que será que o Yoongi quer comigo?
Como se eu não soubesse...


Notas Finais


Se é para o bem de todos e a felicidade geral da nação, diga ao povo que vai ter yoonkook!

Vocês votaram, e yoonkook prevaleceu.

Ai gente, dá um aperto no coração ver o Tae depressivo...

Tava lendo uma fic Vmin que mexeu tanto comigo que me deu a loka e eu resolvi colocar ai no meio.

tt: @tacinha41
DM aberta para duvidas e sugestões!

~Annyeong


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...