História Control


Escrita por: ~


Sinopse:
Em um sistema dividido em classes naturais Jimin se vê preso na injustiçada classe dos ômegas. Revoltado e disposto a atrasar o máximo que conseguisse sua forma completa de ômega e o casamento arranjado que sua mãe queria para si passa a tomar uma quantidade extremamente perigosa de remédios, mas quando descoberto se vê diante de duas perspectivas: atender as vontades da mãe ou ser arrastado a força para o altar com algum desconhecido. Porém ambas as opções acabavam se resumindo em sua liberdade sendo arrancada a força. E jimin não iria permitir isso, não permitiria que retirassem de si o controle da própria vida.



_Sinto muito filho, mas as coisas não são sempre como você quer_ ela falou suspirando e tentou acariciar a cabeça do filho, mas foi impedida por um tapa na mão que recebeu do mesmo.

_Eu percebi_ ele sorriu sínico_ É sempre do jeito que vocês querem.



//Jikook//Namjin// ABO//
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Jikook, Namjin
Exibições 498
Comentários 15
Palavras 5.584
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Control
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Remédios
3
139
1.244
 
2.
Médico
3
118
1.159
 
3.
Tapa
3
130
1.386
 
4.
Kim Taehyung
6
111
1.795

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

O autor dessa História ainda não destacou nenhum comentário.