História Convivendo com meu ex - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Comedia, Gaaino, Haruno, Livros, Narusaku, Naruto, Romance, Sasuhina, Sasusaku
Exibições 47
Palavras 1.692
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oieh... Essa é uma nova história que veio na minha cabeça há muito tempo... Mas só tive coragem para postar esse capítulo agora.
Espero que gostem.
Boa leitura.

Capítulo 1 - Em Tokyo


Oi, sou Sakura Haruno, tenho 28 anos, sou escritora, e vou ter que ir morar com meu ex namorado... E sabem o por quê?Porque eu vim para Tokyo pra escrever mais um livro, só que os melhores hotéis estão ocupados, e Ino que é minha Best Friend está casada com Gaara, só espero que Sasuke me aceite lá na mansão Uchiha.

-Senhorita, chegamos -Disse o motorista do taxi.

-Obrigada.

Eu o paguei, saí do carro, e vi uma casa bonitinha, não muito grande, mas muito agradável.

-Nossa, acho que Sasuke deixou de ser metido -Falei sorrindo.

Eu olhei para trás e vi uma casa enorme, branca, que devia ser maior que umas 20 casas juntas com quintal e tudo.

-Mansão Uchiha -Li a placa da casa -Era bom de mais pra ser verdade.

Toquei a campainha umas quatro vezes e nada.

-Vou ter que pular o muro.

Tinha um banquinho perto do muro, e uns Matinhos.

Fui jogando as malas primeiro, depois subi no muro quase morrendo, mas consegui.

-Consegui -Falei toda alegre mas acabei caindo do muro.

-AFF, eu não mereço tudo isso não gente -Falei enquanto me levantava.

-Rulff.

-Estranho, eu pude jurar ter ouvido um latido -Me virei e tinha um cachorro enorme, peludo, me encarando e rosnando, um pastor alemão.

-Calma, totó -Falei -Tenho uma coisinha pra você -Me abaixei lentamente e peguei uma bolinha que estava em minha bolsa.

-Vai lá pegar garoto -Joguei a bolinha bem pra longe e o cachorro foi atrás.

-Tenho que ser rápida.

Peguei minha bolsa, e minhas duas malas, e fui andando pelo casarão tentando não me perder.

 - Rulff.

O cachorro estava com a bolinha na boca e a deixou perto de mim.

-Quer que eu jogue de novo?

-Rulff

-Eu jogo se você me mostrar onde fica a porta da entrada da casa.

-Rulff.

O cachorro foi me guiando até a porta, e devo adimitir que a porta parece um armário de tão grande e larga que é.

-Vai pegar -Joguei a bolinha e ele novamente foi atrás.

Entrei na casa, e devo dizer... Ôh lugar frio do caramba meu.

Na sala tem um piano, sofás, uma TV, vasos de flores, e uma lareira.

Deixei as malas na sala e fui até a cozinha.

-Alguém em casa? 

-Oi - Disse um homem loiro segurando uma faca.

-KYAAAAAAA.

Peguei a frigideira que estava em cima da mesa e dei com tudo na cabeça dele.

-TÁ MALUCA?!

-SAI DE PERTO DE MIM SEU MALFEITOR.

-SE ACALMA SUA DOENTE MENTAL 

Ele tirou a frigideira da minha mão.

-Acha mesmo que eu iria de matar ? 

-Rum -Cruzei os braços - É reflexo.

-Sei.

-Mais na real, quando você se virou com essa faca eu achei que ia rolar "Panico na mansão Uchiha" 

-Exagerada... Como se chama?

- Sakura Haruno.

- A escritora?

- Atriz é que eu não sou né.

-Me chamo Naruto Uzumaki, melhor amigo de Sasuke. Ele sabe que você está aqui?

-Nem sonha, e você não vai contar, porque se contar eu corto sua língua.

-Calma lá ôh menina faixa preta em karatê kid.

-Onde Sasuke está?

-Trabalhando, e eu vou indo, tenho que preparar umas pinturas. Foi um prazer Sakura.

O loiro saiu meio apressado, eu voltei para sala e me sentei no sofá.

-Alguma coisa me diz que isso não vai prestar.

- Mais o que...Sakura o que diabos faz aqui?- Perguntou Sasuke entrando em casa.

-Preciso da tua ajuda -Falei

-Como entrou aqui?

-Pulei o muro.

-Como passou pelo Demon.

-Quem?

-Meu cachorro!

-Ele foi super amigável comigo.

-Achei que você estivesse em Paris.

-E eu estava, resolvi voltar para Tokyo.

-Por que?

-Eu não tinha mais inspiração para escrever livros lá.... Então eu vim para Tokyo pra ver o que vai dar.

-E vai ficar onde?

-Aqui!

-NUNCA.

-Sasuke, os melhores hotéis estão lotados e Ino está casada com Gaara. Não tenho para onde ir. Posso ficar aqui morando com o homem mais cobiçado de Tokyo?

-Sem bajulação ok?- Sasuke me pegou pelo braço e me levou para fora da casa -Você vai embora.

-Eu posso limpar.

-Não.

-Cozinhar.

-Não.

-Você está casado?

-Não.

-Então por que eu não posso ficar?

-Sakura.... Eu já disse que não!

Eu empurrei Sasuke numa poça de lama, e o mesmo me olhou com fogo nos olhos.

-Sasuke, eu vim lhe trazer esses documentos... Ai meu Deus...Sakura Haruno?

-Sou eu.

-Eu sou sua maior fã.

-Você é?- Perguntou Sasuke.

-Claro, Sakura escreve os melhores livros de terror, suspense e comédia que eu já li, Sakura eu tenho todos os seus livros na minha casa.

-Legal...

-Sasuke, por que não me contou que Sakura é sua amiga?

-Porque ela não é.

-Sou ex namorada dele.

-Você já namorou com a Sakura? Meu Deus, você nunca me disse isso.

-Eu me envergonho disso -Disse se levantando.

-Gente, mais olha como ele é fofo -Falei e o empurrei novamente na lama.

 -Sakura, eu achei que você morasse em Paris.

-Infelizmente ela veio para Tokyo.

-Eu estou tentando escrever um livro de romance.

-Romance? Ai meu Deus, você finalmente vai escrever sobre um romance.

-Achei que você escrevesse romances -Disse Sasuke.

-Sakura sempre forma uns casais super fofos nos livros dela, mas nunca deixa eles ficarem juntos no final.

-Olha, o papo ta muito bom mais eu tenho que ir morar em baixo da ponte, fui -Falei me virando pra ir embora.

-Sakura, agora que somos amigas...

-Quem disse que somos ami...

-Sakura, por que não entra e conheça seu novo quarto?-Perguntou Sasuke.

-Nós somos amigas com certeza sua fofa -Falei rindo.

-Sakura vai morar com você?Ai, eu vou vir te visitar sempre Sah.

-Sah?-Perguntei

-Ela vai morar aqui na minha casa.

-Eu vou?

-Claro, não se esqueceu que eu mesmo me ofereci para lhe dar o conforto de minha humilde casa?

-Humilde? A casa branca vira uma cabana perto dessa sua mansão -Falei e Hinata riu.

-Sasuke, é muito nobre de sua parte deixar a Sah ficar em sua casa.

-Mas ele não dei...-Sasuke me puxou e me abraçou.

-Sakura é um amor de pessoa, não é?

-Claro -Concordou Hinata.

-Vem, vamos entrar -Disse Sasuke me puxando para dentro da casa dele.

-Sasuke, o que acha de me convidar para almoçar aqui amanhã?

-Folgada -Murmurei, mas apenas Sasuke ouviu.

-Claro.

-Então até amanhã, foi um prazer lhe conhecer Sah -Disse Hinata me dando um abraço e indo embora.

-Então, tchau Sasuke.

-Nananinanão, você fica.

 -Foi mal, mas a ponte da avenida principal me aguarda.

-Você pode ficar.

-Mas?

-Mas você terá que me ajudar a conquistar a Hinata.

-Eu topo se eu puder ficar com o maior quarto.

-Feito.

-Ótimo... Sasuke, o que você viu nela?

-Ela tem um jeito doce.

-Entendo, onde fica o meu quarto?

(Quebra-De-Tempo)

Sasuke não parece mais aquele cara divertido de antes, agora parece mais sério, mais sarcástico.

-Sakura.

-Oi.

-Está escrevendo?

-Não.

-Ino está lá na sala -Disse e depois saiu.

Saí do meu quarto, desci as escadas e lá em baixo estava Ino, minha melhor amiga desde que éramos crianças.

-Que saudades de você -Ela me abraçou.

-Ino, sua loira maluca, quanto tempo.

-E eu?Por acaso não ganho um abraço, afinal de contas eu sou o ruivo mais gato dessa sala.

-Gaara, você é o único ruivo dessa sala - Falei.

-Melhor ainda.

Eu o abracei, Gaara não é só um amigo, ele é como um irmão, e ver o meu irmão com minha melhor amiga é mais uma felicidade.

-Sasuke comentou que você quer escrever um romance.

-Sim, mas até agora eu não tive nenhuma ideia.

-Olha, eu quero ser o desenhista, quero fazer a capa, os detalhes das páginas, tudo o que tiver a ver com deseho.

-Gaara!

-Deixa Ino -Falei rindo.

-Sabe, poderíamos fazer uma festinha de boas vindas.

-Ino e essas festinhas.

-Cala a boca Gaara.

-Gente, depois vemos isso. Agora eu quero saber de outra coisa.

-Do que? -Perguntaram juntos.

-Sasori Akasuna.

Ino olhou para Gaara, e o mesmo arregalou os olhos.

-Gente, o que foi?

-Depois de tudo o que ele fez, você ainda quer saber dele -Disse Ino.

-Só foi uma pergunta.

-Vamos pedir pizza?

-Gaara, você já comeu pizza hoje.

-Mas essa é pra comemorar a chegada da Saky jujuba.

-Olha só, tô vendo que você não esqueceu esse meu apelido -Falei rindo.

-Sakura, não é querendo ser metida, mas...Eu acho estranho que Sasuke tenha deixado você ficar aqui -Disse Ino.

-Ele me deixou ficar com a condição de que eu o ajude a conquistar uma mulher, parece que o nome dela é Hinata.

- Tinha que ser um Uchiha mesmo -Reclamou Ino.

-Querem chá ? -Perguntou Sasuke entrando na sala.

-De que sabor é o chá?-Perguntou Gaara.

-De hortelã misturado com rosas vermelhas e mel.

-Isso é chá ou veneno ?- Perguntei.

Ino e Gaara riram, e Sasuke soltou uns daqueles sorrisos de canto que eu tanto amava.

-Tira uma foto minha que dura mais, Haruno -Debochou Sasuke.

-Eu conheci um amigo seu hoje, acho que ele se chama..Naruto.

-Ah, o perdedor. O que achou dele?

-Não tive nenhuma impressão sobre ele, conversamos muito pouco.

-Tome cuidado com ele, Naruto não é muito de confiança.

-Diz isso por que o conhece bem, ou por que está com ciúmes da Sakura ?-Perguntou Ino.

-Ui, na cara -Disse Gaara.

-Ino!

-Só foi uma pergunta.

-Ei digo isso porque eu o conheço bem.

-Sasuke, sabe, Sakura nunca quis me contar, então vou perguntar pra você. Você e a Sakura já...

-Sim.

-SASUKE!

-E como ela ficou?

-INO!

-Louca de prazer, eu aposto.

-GAARA!

-Mais do que louca, acredite.

-SASUKE, CALA A BOCA MEU!- gritei -Vou tomar um banho.

-Veio um calor no corpo por causa das lembranças entre quatro paredes? - Perguntou Gaara com um sorriso safado no rosto.

-Claro que não.

-Sabe, Sakura, seus seios estão maiores -Disse Sasuke pegando nos meus seios.

-KYAAAA -Dei um soco na cara de Sasuke -TARADO.

-Foi só uma brincadeirinha.

-Nunca mais faça isso.

-Mais você gostava, admite vai -Provocou Ino me fazendo ficar mais vermelha ainda.

-Preciso de um banho quente.

Esqueçam o que eu disse...Sasuke não é tão sério assim.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Comentem please.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...