História Cool Boy - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias SHINee
Tags Lee Jinki, Lee Taemin, Ontae, Shinee
Visualizações 102
Palavras 960
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola leitor(a).

Trago mais uma fic do forno que tava abandonada nos meus rascunhos. Espero que gostem da forma com que optei a escrevê-la, pois é minha primeira vez com escrita em 3° pessoa.

Sem mais delongas, boa leitura 🌌

Capítulo 1 - Don't run of me


Fanfic / Fanfiction Cool Boy - Capítulo 1 - Don't run of me

Olhos atentos, pele exposta e altos sons vindos de cada tecla pressionada em seu notebook, TaeMin simplesmente estava adorando toda aquela sensação.

Parecia que, o site no qual acessara fosse a melhor coisa do mundo, seu refúgio dos problemas e rotinas patéticas na qual ele seguira. Mas, o que o atraía atrás da tela? Lee Jinki.

O garoto do semblante esbelto dono de madeixas castanho-escuro estava o conquistando. A cada mensagem que os dois trocavam, desejos cresciam dentro de Lee TaeMin. Talvez fosse arriscado estar se metendo nesse mundo virtual, mas como dizem: "Proibido é mais gostoso."

Já se faziam mais de um mês na qual Taemin trocava mensagens com Lee JinKi. O mesmo não possuia mais informações, a não ser o nome de seu amante virtual. O garoto poderia se sentir ingênuo, mas todo esse suspense que se fazia o deixava excitado. Jinki optou por não revelar sua verdadeira identidade por medo de rejeição ou apenas uma das piores hipóteses possíveis de uma pessoa o ignorar, mal sabia ele que TaeMin não se importava com isso. TaeMin já obtinha seu número de celular e era possível pelo menos ouvir sua voz.

Quase todas as noites eram prazerosas tendo JinKi falando palavras obcenas em seu ouvido. Nenhuma outra sensação era melhor do que essa. Os dois dedicavam seus dias um ao outro e isso se tornou rotina.

Ás vezes em que um se fazia ausente era como se o dia não valesse de nada. Era como se tudo não fizesse sentido...

É tão fácil manipular

É fácil fazer e falar coisas atrás de uma tela de computador. Mas seria fácil lidar com o amor?


"O que você planeja, Lee taemin?"

Lee JinKi

"Queria poder te mostrar pessoalmente... "

TaeMin

"Ei, não brique comigo dessa forma."

Lee JinKi


Taemin sorriu por um momento e resolveu tirar sua camisa fazendo com que JinKi aproximasse mais seu corpo da tela do eletrônico.

O garoto das madeixas platinadas estava atiçando seus sentidos de todas as maneiras. A pela branca do mesmo se fazia exposta e toda a pouca iluminação do sol que acabara de aparecer, o deixava mais atraente.


"Nem comecei a brincar ainda..."

TaeMin

"Você nem sabe o que lhe aguarda."

Lee JinKi


Após digitar tais palavras, JinKi percebera que ficar se escondendo atrás de uma simples tela não adiantaria de nada. Mas, ao mesmo tempo, estava cada vez mais divertido ver o quanto TaeMin estava querendo jogar sujo para fazer com que ele tomasse uma iniciativa.

Já TaeMin não estava ligando muito pelo fato de estar se expondo, afinal, não estava fazendo nada de muito grave: estava se expondo a quem ele confiava. Apesar de não saber de quase nada da vida de JinKi, ou até mesmo conhecer seu rosto, ele estava gostando de todo mistério que o envolvia.


"Eu so quero ver você... Tocar sua pele..."

TaeMin

"Por quê você quer isso?"

Lee JinKi

"Não me faça ficar emplorando. Ainda é cedo para dizer eu te amo. E além do mais, eu odeio essas palavras."

TaeMin

"Quem sabe um dia você me diga isso pessoalmente. E eu diga a você também."

Lee JinKi

"Esse dia não irá mais ser adiado. Eu não aguento mais isso entendeu?!"

TaeMin

"Inacreditável. Você não tem medo do que possa ver? De quem eu possa ser?!"

Lee JinKi

"Pare de se esconder de mim."

TaeMin

"Me mostre quem você é de verdade"

TaeMin


TaeMin encarou por um breve momento a câmera a sua frente e sorriu fechado. Após alguns segundos, apenas suas palavras foram ouvidas pelo homem que o admirava:

"Eu preciso de você. Quer que eu desenhe?"

Nesse exato momento JinKi engoliu em seco. Não sabia o que digitar ou até mesmo pensar. Estava longe de ser algo no qual preocupava encontrar com TaeMin, mas ao mesmo tempo que ele queria isso, um medo lhe percorreu a espinha. JinKi se classificava como uma pessoa tímida, tinha medo de se expôr, tinha medo de ser ele mesmo. Era esse medo no qual TaeMin não tinha. O mesmo não relutava em ser quem ele realmente era. Além do fato de que TaeMin gostava de ser quem ele realmente era por trás da câmera. Sorrir e fingir ser alguém para agradar era chato e um total desrespeito a seu próprio eu. TaeMin se cansara de sempre ser visto como alguém no qual ele não se identificava de nenhum modo. Ele apenas gostava de curtir e fazer o que quiser. Sua vida inteira fora julgado para agir "corretamente". Sua família criava um estereotipo para que ele fosse e se mostrasse para todos.

Valia muito ter que lutar 'pra ser quem realmente você é.

Tudo isso fazia com que JinKi encarasse sua própria vida de uma forma positiva e que sim, era possível se aceitar do jeito que é.

JinKi ficou pensando sobre tudo isso e não percebera que o jovem já não se encontrava presente no lado oposto da tela. Um suspiro pesado de desapontamento fora soltado pelo mesmo. Ele já sabia o que exatamente o que TaeMin iria fazer.

JinKi tentou ligar para seu celular, mas o mesmo não atendia. Um pouco de pânico se tornou presente em seu corpo e fez com que sua respiração se tornasse pesada. Sua ansiedade estava aumentando cada vez mais. Tudo estava difícil e encarar TaeMin não iria ser uma boa alternativa... Era cedo.

Após meses e meses mantendo contato, os dois sabiam que poderiam confiar um no outro, era este o fato que TaeMin não aceitava. Eles se expôs totalmente a JinKi e esperava que o mesmo fizesse o mesmo, porém foi em vão. TaeMin saiu a passos rápidos até o estacionamento do apartamento no qual morava e procurou por sua moto. Antes de subir na mesma, viu que tinha ligações perdidas de JinKi.

Sorriu ladino e revirou os olhos guardando o aparelho em seu bolso. Ignorando completamente tudo e todos, TaeMin subiu na moto e acelerou de leve a mesma, mas ainda no lugar.

--- "Hoje você não me escapa, Lee JinKi."


Notas Finais


Comentem se sintam a vontade.
Prometo que não demorarei a postar o próximo cap :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...