História Coração Angelical - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Aventura, Escolar, Magia, Poderes, Suspense
Exibições 16
Palavras 943
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Escolar, Fantasia, Magia, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Liberdade
"Tudo, sendo bom ou ruim chega ao seu fim."
Obrigada por acompanhar a minha história até aqui, mas para quem quer conhecer mais dos personagens a história ainda não acabou.

Capítulo 31 - O Fim


Fanfic / Fanfiction Coração Angelical - Capítulo 31 - O Fim

- O que foi? O gato comeu sua língua? Hahaha~!
      -Camille... O que aconteceu?
      - Nem venha com essa de o que aconteceu! Você sabe pelo o que eu passei e você não fez nada para me ajudar!
      - Mas nós viemos te ajudar!
      - Patético, claro que não vieram para ajudar. Quando eu pedi você recusou e agora você está aqui, na beira da morte novamente. Dessa vez você não escapará!
      Em seus olhos não havia nenhum rastro de vida, seu olhar era frio e cruel. Eu conheço esse olhar muito bem, pois eu já o usei duas vezes.
      - Olhe direito Camille, você sabe que isso não é verdade.
      - Silêncio!  Você não sabe como eu me sinto, você é uma mentirosa! Você não fez o que eu pedi então eu tomei proveito e matei meus pais eu mesma.
     -...
      Eu fico em silêncio e fecho meus olhos.
     - Vai ficar quieta então? Boa garota...
      Ela estava usando uma roupa de bailarina coberta de sangue e rasgada, seus olhos estavam vermelhos e cruéis. Ela avança em nossa direção desarmada, ou pelo menos, era o que parecia.
      - Todos esses anos eu fui torturada e experimentada. Uma marionete na mão de seu mestre. Fui tratada como um nada. Apenas na escola todos agiam como se eu fosse importante, mas eu também era inacessível.
      Ela nos ataca com suas sapatilhas, pulando graciosamente, mas nos machucando de uma maneira gratificante. Ela parecia uma boneca delicada, como se um golpe fosse quebrá-la ao meio.
      - Eu conheci você hoje e não tinha a mínima idéia que você passava por tanta coisa! Pare de nos atacar, nós podemos ajudar!- Implora Alyx.
      - Não vocês não podem...
      - Podemos sim!- Afirma Anna.
      - Você apenas precisa permitir.- Completa David.
      - Eu fiz o mesmo que você e eles me ajudaram, apenas tente,  continuar nesse caminho não levará em nada!- Fala Cinder.
      - Não, Não NÃO!
      - Vocês são estúpidos!? Entre na brincadeira, vai dar tudo certo.- Falo.
      - Como assim?- Perguntam
      - Apenas vejam.
      Eu abro meus olhos, que estavam fechados todo esse tempo. Do meu olho vermelho saia uma fumaça negra.
      - Ah, Camille, desculpa eu não tinha reparado que você estava aqui! Seus golpes são tão fracos que eu até de olhos fechados sou mais forte que você~!
      - Sua....
      - Voc- começa Cinder, mas é interrompida.
      - Mas você é muito sincera Mist! Era para fingir que estava fazendo algum efeito para não deixar ela triste! - fala Anna.
      - Sim! Caramba Mist!- Concorda David.
      - Desculpa, eu apenas não gosto de mentir.
      - EU SOU MAIS FORTE QUE VOCÊS!!!!!
      Ela avança com tudo na nossa direção, usando magia para nos atacar, cega para provar que é mais forte. Eu teletransporto para atrás dela.
      - Uh!!!???
      Eu chuto as costas dela, fazendo um som de metal alto, mas ela desliza para longe e fica em pé novamente.
      Ela avança novamente, juntos criamos um escudo, ela chuta o escuto e delicadamente da alguns pulos acrobáticos e fica em pé.
      Uns símbolos estranhos aparecem em sua frente, dele sai algumas armas variadas atirando e tentando nos cortar. David cria uma quantidade imensa de água que leva todas as armas para longe.
      Eu cravo minha foice no chão e crio vários pássaros brancos que atacam Camille, que protege seu rosto e é empurrada um pouco para trás mas consegue ficar em pé.
      -Ela é bem forte....
      - Não por muito tempo!
      Anna e Alyx criam uma plataforma de rosas, Cinder pula nela e junto com algumas borboletas ataca Camille que cai no chão.
      Alyx pega sua espada e quando ia atacar, Camille chuta seu pé, fazendo ela cair e cortar Cinder.
      - AAAAiiiiiii!!!
      - Meu Deus, desculpa!
      - Tudo bem....
      Camille chuta Cinder que bloqueia o ataque com a mão. Camille cai no chão novamente, ela estava cansada.
      - Acho que não tenho escolha.
      Tinha que usar minha habilidade secreta.
      Ela se levanta, em volta dela eu crio várias plataformas. Eu pego minha foice e pulo nas plataformas a atacando. Eu vôo para o céu e dou um impulso, cravando minha foice eu seu peito metálico. Se ela fosse humana ela estaria sangrando muito.
      Seja lá que demônio estava dentro dela acabou saindo. Eu revivo seus pais, mudando sua memória, agora ninguém sabia que ela era um robô, apenas nós. Eu a conserto completamente.
      - Me perdoe mesmo, eu nunca penso antes de agir....muito obrigada por tudo que vocês fizeram por mim e desculpe todo o problema que causei....
      - Tudo bem, afinal esse é nosso trabalho, nossa vida. Sempre que precisar de algo nos avise, estaremos a sua disposição.
      - Obrigada.
      - Passe um tempo com sua família, afinal, você nunca pode ter uma família normal e feliz. Essa é sua oportunidade.
      - Eu vou, mais uma vez obrigada!!!
      Ela acena para nós sorrindo, nós voltamos a caminhar em direção ao por do Sol. Isso me fez ficar curiosa sobre o que seria nossa próxima aventura.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
       Eles andaram para o por do sol, meus pais estavam me esperando na porta, com um sorriso em seus rostos.
      Amanhã eu iria vê-los, mas eu não queria esperar, serei eternamente grata a eles por tudo. Eles são as pessoas mais fantásticas e gentis que já conheci.
      E eles estavam caminhando para sua próxima aventura.


Notas Finais


Esse foi o fim! Espero que tenham gostado e que não tenha ficado ruim, se ficou eu mudarei. Muito obrigada por acompanhar por todo esse tempo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...