História Imagine Jungkook (Coração Aprisionado) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Paixão, Tragedia, Vingança
Visualizações 108
Palavras 906
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - A verdade...o beijo e o Perdão....


Fanfic / Fanfiction Imagine Jungkook (Coração Aprisionado) - Capítulo 10 - A verdade...o beijo e o Perdão....

cap 10

A verdade o beijo e o perdão....

Carol on
* Vesti a calça em moleton e camisa branca, ficou um pouco grande, mas estavam limpas...alias eu estava me sentindo limpa. senti o cheiro de comida e lembrei que ele mandou eu ir a cozinha. desci as escadas e antes de ir a cozinha eu olhei novamente o quadro...fui até ele e fiquei olhando os detalhes daquele homem, os olhos..não tinha mais duvida alguma, era ele no quadro, cada traço dele era perfeito, incrivelmente lindo. fico imaginando como ele ficou daquele jeito... me afasto dali e sigo a cozinha e...ele está de costas, de calça jeans preta e camisa de manga vermelha, olho sua nuca ...não há queimadura nela, ele esta cozinhando e faz isso sem preocupação...ele tem muita habilidade na cozinha, corta com rapidez e vez ou outra prova na colher o sabor das coisas. faço um movimento e ele se vira. me olha uns instantes e percebi que gostou de me ver melhor, respirou um pouco aliviado, se aproximou de mim e me ofereceu um pouco na colher para eu provar...eu o olhei e abri a boca provando..estava muito bom...mas eu apenas disse ...bom!
Sentamos e jantamos, ele não deu uma palavra durante o jantar, e nem me encarava, parecia que estava nervoso....então em começei
Eu- Eu ainda não sei o seu nome...senhor( disse a ultima palavra com receio)
Jeon- Ah..sim..desculpa,meu nome é Jeon Jung Kook, não me chama mais de senhor por favor carol...
Eu- esta bem...Jeon. é vc naquele quadro não é?
Jeon- Sim ( fico com vergonha do meu rosto, eu o odeio)
Eu- vc era muito bonito ( não acredito que eu disse isso!!) - quer dizer...seus olhos eram bonitos...quer dizer....ainda são bonitos...eh..( mais o que eu tô fazendo mds!! estou dizendo que ele era e não é...e disse que seus olhos que tanto me deram pavor são bonitos...alguem me ajude) - o que eu quero dizer é que .... 
jeon- não precisa se explicar Carol...eu entendo...sei que não sou 
Eu- o que aconteceu com vc? 
Jeon- Vou ser o mais curto e objetivo possivel...falar disso não me deixa confortável e eu ainda não superei...hoje eu descobri que fui injusto com vc. Sem mais rodeios...sua irmã fez isso, ela tentou me matar jogando ácido meu rosto
Eu- QUE??? ( esse "que?" não foi de surdez não... foi de espanto mesmo!!)
Jeon- Sua irmã não sei como...mas ela veio a Coréia, parou em frente a minha empresa toda rasgada dizendo que estava sendo perseguida e me pediu ajuda...eu a ajudei...e ela me envolveu...fiquei apaixonado e em 2 meses apenas eu ja estava casado com ela, dois dias depois do casamento eu a peguei nua transando com o amante dela o Nanjoom  em meu sótão...ela me dizia que eles eram primos...mas vi que não eram...fiquei tão..tão..incredulo com o que estava vendo..que não consegui dar uma palavra sequer...eles me viram e não tentaram se explicar...ele me surrou e até eu ficar quase inconciente...mas ela se abaixou e me contou o planos deles de me matar e ficar com minha fortuna...pediu para que eu a olhasse enquanto ela me matava, então ela veio mais perto e jogou o ácido em meu rosto. só me lembro de ter acordado um mês depois com o Taehyung em meu quarto. ele disse que achou tudo estranho...ele só me encontrou por causa dos latidos da samy....a Gisele anunciou a minha morte a imprensa e disse que não haveria enterro por que eu tinha desaparecido...só acharam meu carro em um lago. Taaehyung não disse a ninguem que eu estava vivo pois eu pedi segredo...eu já sabia que ia me vingar dela, mas não disse a ele que faria isso, então pedi para que ele não me procurasse mais, ele relutou mas não quis me confrontar mais...depois de 6 meses eu começei a procurara ela...pensei que ela estava no Brasil, então fui ao aeroporto e chegando lá eu te vi desebarcando...eu não pensei duas vezes..vcs são iguais...idênticas...não imaginei que poderia ser a mesma pessoa...me perdoa..me perdoa...( de novo eu cai aos prantos) e aí o que eu não esperava aconteceu....
Eu- Ouvi cada palavra que o Jeon falava...o sofrimento em seu olhar... suas mãos suadas e tremulas...e mesmo assim ele falava ....parecia que cada palavra que ele dizia doía.....eu e ele chorava...minha irmã fez isso...como ela pôde...estranhamente me senti culpada, afinal el era minha irmã...sei que não foi eu quem fez isso...mas me senti culpada...era cruel demais...eu imaginei a dor que ele sentiu...a decepção que sofreu...os olhares de nojo e repulsa....naquele momento deixei apenas uma coisa falar...meu coração!!! e quando me vi eu estava com minhas mãos em seu rosto, o puxando para mim...não pensei...apenas deixei que meus lábios tocassem o dele...em um beijo estranho...confuso...que aos poucos se encaixaram...nossos lábios casam de forma perfeita, ele pediu passagem com a lingua e eu cedi...ele tinha um gosto bom, um beijo mais intenso e caloroso começou...e oque tinha começando estranho  e talvez por consolação...agora era por necessidade, ele me beijava como se precisasse de minha boca desesperadamente, e eu retribui da mesma maneira....ele me carregou e me colocou na mesa da cozinha...mesmo faltando o ar...ele não deixava de recomeçar o proximo beijo...suas mãos envolviam meu cabelos...de alguma forma aquilo era um pedido de perdão e uma redenção das duas partes....era como se eu pedisse perdão pelo que minha irmã fez com ele...e ele me pedisse perdão pelo que ele fez comigo....


Notas Finais


será o inicio de um hot? rsrs
obrigado por lerem. bj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...