História Imagine Jungkook (Coração Aprisionado) - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Paixão, Tragedia, Vingança
Visualizações 81
Palavras 939
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Quero agradecer a todos...cada incentivo é importante...desculpa os erros... prometo melhorar.
Boa leitura

Capítulo 15 - Decidi Omitir


Fanfic / Fanfiction Imagine Jungkook (Coração Aprisionado) - Capítulo 15 - Decidi Omitir

cap 15
Carol on
- jimim!!!..( quando ouvi a voz do Jimim...senti um alivio e uma sensação de conforto ...sai do quarto e pulei em seus braços que me receberam saudosos...ficamos ali abraçados e começei a chorar...foi um desabafo de saudades, tristeza, angustia, dor, e um sentimento de impotência por não puder ter feito nada pra ajudar a pessoa que eu mais amava no mundo...Jimim me deixa em seus braços...tenta me confortar...mas percebo que ele não tira os olhos do Jeon...que fica encostado observando a cena.
Jimim- minha boneca...meu amor...vai ficar tudo bem...estou aqui e nada mais vai nos separar...prometo! ( disse enquanto selava meus lábios)
Eu- foi ela Jimine...a Gisele...ela está aqui...como ela pôde...( digo ainda chorando)
Jimim- shh...vamos resolver isso meu amor...( encosto a cabeça da Carol em meu peito...e olho para o homem que estava encostado no carro...somente os olhos dele estão intactos...seu rosto é completamente desfigurado...e parece está sem jeito...) - Quem é vc? e o que faz aqui?
Jeon- Eu sou...( sou interrompido pela Carol)
Carol- Meu amigo...Jeon Jungkook...ele e seu amigo o Tae estão comigo...me ajudando e...é...eu sou muito agradecisa a ele e...é...
Jimim- JEON JUNGKOOK?? CEO DAS EMPRESAS DOPE??? ( não podia acreditar...será ele)
Carol- Sim...é ele sim Jimim...o que houve...por que está assim?
Jimim- Carol...ele é o Dono da Empresa que doou a metade dos bens ao Meu hospital!! ( falo isso e me aproximo do mesmo, olhando incredulo...) - Achei que estivesse morto...eu fui até sua Empresa e tentei falar com vc pra agradeçer a sua doação...mas sua esposa estava lá e disse que vc tinha morrido em um acidente...e eu vi na mídia depois...
Jeon-  isso é uma outra historia...tenho que ir...vc vem?( olho pra Carol)
Carol- Eu acho que sim...não sei...
Jimim- ir pra onde?? o que ta havendo?
Tae- Ei voçes 2!! ainda estão aqui?? 
Jeon- vc tem razão ( abro a porta do carro e entro...o Tae entra no carona e antes de fechar a porta ele a chama mais uma vez)
Tae- vamos Carol, não podemos nos expor mais...
Jimim- alguem me explica por favor...onde vc vai?
Carol- Jimim eu...preciso ir com eles..eu prometo que te ligo assim que chegar lá, não posso ficar aqui, já demorei demais...não se preocupa eu vou ficar bem...( dou mais um abraço e um breve beijo...entro no carro e o Jeon dá a partida. 
Tae- Presumo que esse seja seu noivo...ele deve tá bem confuso com isso tudo...( olho pelo espelho e a vejo de cabeça baixa) -.mas não fique preocupada, logo logo esse pesadelo irá acabar..( me viro pra trás e dou um breve sorriso pra ela) - não fica assim...vc não tem culpa de nada...não podia advinhar que aquela...aquela...afff...ela não é vc Carol, e certamente se tivesse na casa de sua vó no momento em que ela estava obssecada pelo dinheiro...vc também estaria morta uma hora dessas...não haveria nada que vc pudesse fazer...ela simplismente enlouqueceu!!!... Por onde ela deve está?? ela não pode ficar impune...ela vai pagar a morte do Jin e todas as outras que ela carrega...eu juro por mim mesmo...
Carol- Por que não deixa a policia cuidar disso? a idéia de saber que as pessoas querem matar a minha irmã me angustía demais....ela é meu sangue será que vcs não entendem???
Tae- de uma forma ou de outra ela vai pagar...mais esqueça isso por enquanto...todos nós estamos exaustos e abalados com tudo isso...
Carol- vc tem razão ...( olho para a Jeon e ele está com os olhos fitos na estrada, mas sua cara não ta nada boa...permaneceu calado até chegar em casa e quando chegou foi direto  ao quarto de hospedes e trancou a porta....eu vou para o quarto dele onde ele disse que eu poria ficar...e o Tae ficou em um dos muitos outros quartos...vou no banheiro e tomo um banho muito quente...enquanto a água caia em meu corpo as minhas lágrimas tambem...se misturando ...eu me abaixo no chão e choro..deixando a água levar de mim tudo que tava me fazendo mal....
- O Tae tinha pego algumas coisas minhas...então vesti um doll amarelo...e fui me deitar...alguns minutos depois a porta do meu quarto se abre...era ele...o Jeon
Jeon- posso?
Eu- Sim..( ele está com uma camisa de manga branca e uma calça moleton cinza... e trazia um copo na mão...fechou a porta e caminhou até a cama...fez um gesto pedindo pra sentar e eu acenei que sim)
Jeon- Vc está melhor?
Eu- Sim..eu acho...e vc?
Jeon- acho que sim ( deu de ombros)
Carol- Já decidiu o que fazer? vai procurar o seu irmão?
Jeon- Sim...já tinha resolvido desde hoje pela manhã quando abriu meus olhos, precisa comer alguma coisa...mas sei que não vai então...eu trouxe suco de laranja, pelo menos não vai ficar de estômago vazio...preciso que beba por favor!
Carol- Está bem...( pego o copo e bebo o suco...entrego o copo vazio a ele) ...Que bom que pensou bem no assunto Jeon...aiiii desculpa...Jungkook... Vai ver só como vc vai se sentir melhor tendo as pessoas que vc ama por perto ( dou um sorriso pra ele)
Jeon- e vc? vai contar a verdade a seu noivo?
Carol- não...mas tambem não sei oq que dizer...eu odeio mentiras mas...vou apenas omitir
Jeon- vc o ama?( simplismente escapoliu...corei na mesma hora)
Carol- claro, eu e o Jimim somos estamos há 5 anos juntos...um homem maravilhoso ...ahhh não..tenho que ligar pra ele...mas acho que já esta tarde...amanhã cedinho eu ligo. 
Jeon- Vc sabe que pode ir quando quiser...não sabe? 
Carol- Sei sim...( ele me deu a liberdade com seus lábios...mas seus olhos me aprisionava...e eu acho que não tô preparada pra sair dele)

 


Notas Finais


Aparentemente ta tudo tranquilo né...sqn!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...