História Coração de dragão - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Coração, Dragão, Dragões, Magia
Exibições 16
Palavras 949
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 13 - A caçula da condessa


Depois do banquete fui para o meu quarto, Sheyla amou eu ter levado um pouco de carne de cordeiro para ela e ouviu a historia de como foi minha tarde enquanto eu penteei seus longos cabelos negros.

Estávamos na janela calmamente conversando, Sheyla havia pedido para que eu lhe descrevesse como era a lua pela milésima vez... Era difícil isso, afinal, ela não sabia o que era branco, nem a imagem de um circulo, ou a luz, então era uma tarefa que levava horas a fio.

Eu observava a lua tentando achar adjetivos para que Sheyla entendesse o que queria dizer quando algo no pátio me chamou a atenção.

Lá embaixo uma figura surgiu, uma pessoa baixa, aparentemente uma mulher, a luz da lua era fraca graças as nuvens.

Me atentei mais, queria ver quem era ela, mas a falta de luz atrapalhava... Sabia que conseguiria ver se me transformasse, mas era arriscado...

Afastei um pouco Sheyla e me afastei da janela, me transformei tomando o cuidado de apagar as luzes do quarto para isso.

Meus olhos logo se adaptaram e pude ver os fios castanhos, mas o rosto estava virado para os muros do castelo.

A figura olhou os dois lados e logo virou um dragão verde e voou para longe, arregalei os olhos e voltei ao normal.

-o que foi mana?- minha irmã me chamou

-não é nada, vem, vamos dormir- disse sorrindo a guiando até a cama e beijei sua testa antes de me deitar.

O outro dragão era alguém do castelo...

Não dormi a noite toda e quando chegou a madrugada uma voz no corredor me fazendo levantar.

Quando abri a porta um dos filhos da condessa, um dos gêmeos se virou em um susto e sorriu ao me ver.

-senhorita Akemi, a acordei?- ele questionou se aproximando alguns passos, ele carregava um lampião.

-não senhor... - travei sem saber qual dos dois ele era

-Pietro- ele completou

-sim claro senhor Pietro, precisa de algo?

-viu minha irmã mais nova, Thalya?

-não senhor, não a vejo desde o banquete- informei calmamente.

Ele suspirou e passou nervoso a mão nos cabelos, era visível que algo o incomodava, mas logo ele me lançou um sorriso no mínimo estranho.

-bem, é uma pena que ela tenha sumido, mas não é sempre que uma serva tão bela surge na nossa frente, não é?- ele falou começando a andar na minha direção.

-senhor?- questionei recuando um pouco pronta para entrar no meu quarto e fechar a porta.

Quando meu pé deu o primeiro passo para entrar ele me puxou pelo pulso rapidamente e me jogou contra a parede.

-que tal entrar em outro quarto?- ele questionou, mas o tom foi quase de ordem.

Ele apertava minha cintura com uma mão enquanto segurava na outra o lampião, a que ele exercia me mantendo presa contra a parede me causava uma leve dor e sentia que ficaria marcada.

-esta... Me machucando- resmunguei colocando as mãos em seu braço tentando fazer que me soltasse, mas ele apenas sorriu e aproximou mais seu corpo.

Ele me apertou de novo contra a parede, dessa vez usando seu corpo e aproximou seu rosto do meu, virei a cara.

-me solta!- pedi me debatendo, mas ele não soltou...

-algum problema aqui senhor Pietro?- a voz o fez me soltar em um susto.

A luz da chama iluminou o rosto do dono da voz e me deixei cair sentada aliviada... Era Rodrick.

-não, nenhum- o primo do príncipe respondeu e olhou Rodrick nervoso antes de se virar e voltar ao seu quarto.

O loiro se abaixou a minha frente.

-esta bem?- ele perguntou- ele te machucou?

-apertou bastante minha cintura, mas só vai ficar roxo, no máximo... Obrigada... - falei suspirando mais calma.

-devia ficar longe deles, eu te avisei- ele falou me dando a mão para me ajudar a levantar.

-eu sei... Mas ouvi vozes e sai para ver o que era... Ele procurava a irmã.

-entendi, vem, você devia dormir- ele sugeriu e assenti.

Segui o conselho de Rodrick e me deitei, o susto foi capaz de me fazer ficar com sono e dormir o resto da noite.

Naquele dia ninguém teve pressa para que eu acordasse, me vesti com calma e quando sai pelos corredores, estavam vazios, deduzi que todos estavam tomando café.

Ia à direção do refeitório quando virei em um corredor, vi duas figuras e voltei para trás me escondendo, eram Pietro e sua irmã caçula Thalya.

Ele a prensava na parede, no primeiro momento pensei que tentaria a estuprar, mas então ele começou a falar.

-você estava louca? O que tinha na cabeça?- Pietro falava a encarando

-sabia que não me atacaria!- ela retrucou

-eu não atacaria! Mas sabe que August e Christofer não iam saber e te atacariam!- ele disse nervoso- eles podiam ter te matado!

-iam matar aquele dragão negro!

-e qual o problema? Deixe que a matem! É mais um dragão qualquer!

-então eu sou também um dragão qualquer?- ela retrucou nervosa e o empurrou.

Engoli em seco, então... Era ela o dragão verde? Esmeralda...

Não entendi o que ele sussurrou, mas ela o empurrou e saiu correndo, na minha direção.

Voltei dois passos e fingi estar passando naquele momento.

-senhorita Thalya, algum problema?- perguntei calmamente.

Ela negou com a cabeça e voltou a andar, Pietro veio logo atrás, disse apenas bom dia e apressei o passo para tomar distancia.

Então a caçula da condessa era um dragão... E apenas um dos gêmeos sabia pelos deuses isso estava ficando confuso...

Mas saber quem esmeralda era não me animou, queria mesmo era saber quem era chama... Será que seria o príncipe? Batia... Um pouco... Mas não tinha certeza de nada.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...