História Coração de gelo - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Romance
Exibições 5
Palavras 1.694
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Voltei gatos e gatas (haha) ,esse capítulo não é cheio de tristezas (kk) mas espero que gostem...sem mais delongas e Boa leitura

Capítulo 6 - O sol de segunda feira


Fanfic / Fanfiction Coração de gelo - Capítulo 6 - O sol de segunda feira

Uma semana depois de ter decidido não morar mais na casa dela e do Noah(sua decisão tinha sido em base a "ultrapassar etapas") Kate também decidiu não morar mais na casa de seus pais,ela sabia que eles não se importavam em tê-la ali, mas queria ter sua independência de volta e não conseguiria isso ali. Por isso quando os comunicou sobre essa outra mudança eles (principalmente sua mãe) ficaram meio tristes, mas não havia nada que pudessem fazer, ja estava decidido, ela se mudaria pra casa da Mag na segunda feira. Essa era outra das mudanças ocorridas na vida de Kate, sua amiga Mag a convidou pra morar com ela em seu apartamento e Kate havia aceitado, as coisas da mudança ja estavam prontas, suas coisas ja estavam empacotadas pra levar pra casa da amiga no dia seguinte (ja que era domingo), muitos acharam cedo pra Kate pensar em "refazer a vida", mas Kate sabia que o quanto tomasse essa iniciativa mas fácil seria...conviver com a dor, ela ainda sofria por causa do Noah, é claro, até porque não se esquece um amor tão fácil, mas havia prometido pra Noah e pra si mesma que seguiria com sua vida, seguiria por outro caminho, mas seguiria, por isso quando sua mãe tentou lhe convecer a ficar pela milésima vez, Kate negou, pela milésima vez
-Mãe, já falamos sobre isso mil vezes, não torne as coisas mais difíceis pra nós...- Kate disse sentada no sofá, ela estava indo dormir quando sua mãe lhe chamou pra conversar
-Kate eu sei que você quer voltar a viver sua vida corrida de antes mas...- Lívia disse mas Kate a interrompeu
-Mãe não tem nada a ver com voltar "a viver minha vida corrida de antes", tem haver comigo mesma, sobre seguir novos caminhos, ja falamos sobre isso, eu vou dormir mãe, e a senhora devia fazer o mesmo...- Kate beijou sua mãe na testa e foi pro seu quarto se jogando na cama, eram 21:00, cedo, mas estava anciosa pro dia seguinte chegar.
Kate acordou as 10:00 da manhã, olhou pela janela e viu que era um dia de sol, olhou pro céu azul e brilhante, e quase sorriu, quase. Kate não sorria com frequência, a não ser no seu sonho com o Noah, os seus músculos do rosto chegavam a doer quando ela tentava sorrir, se levantou da cama e tomou um banho rápido, vestiu um vestido soltinho verde de alça, calçou sua sapatilha preta e deixou os cabelos soltos, saiu do quarto e encontrou seus pais na cozinha e os cumprimentou
-Espero que tenha dormido bem querida.- Seu pai disse
-Eu tentei pai...- Ela disse, sua mãe estava meio emburrada mas Kate não deu bola, Lívia teria que aceitar, tomou seu café e assim que terminou recebeu a mensagem de Mag:
"Bom dia amiga, espero que esteja tudo pronto pra você vir, porque aqui está tudo pronto pra te receber." Kate leu a mensagem e respondeu um OK.
Seu pai colocou as caixas com as coisas de Kate dentro do carro (Já que era ele que a levaria), e então era a hora de se despedir de sua mãe que estava com os olhos cheios de água
-Não chora mãe, eu não estou indo pra outro país, só pra outro bairro.- Ela disse
-Eu sei, só que eu me acostumei com você aqui durante esses dias e agora você vai embora.- Lívia disse
-Mas eu sempre vou visitar vocês, não vai ser como se eu tivesse mo...- Ela ponderou antes de continuar, ela ia dizer morrido mas aquela palavra não lhe trazia boas recordações, nem a ela e nem a ninguém- Como se eu estivesse em outro país
-Eu sei filha, você tem razão, agora é melhor vocês irem antes que eu chore litros de água...eu te amo filha e fique bem...-
Kate abraçou sua mãe e então ela e seu pai foram pro carro.
                 [...]
-Você está anciosa?- Gil perguntou já na avenida que levava até a casa de Mag, Kate olhou pro seu pai, aqueles olhos castanhos, os cabelos da mesma cor e a pele bronzeada davam a impressão de um homem sábio e era exatamente isso que o pai de Kate era:sábio,Gil sempre a ajudará em tudo e Kate sempre teve medo de decepciona-lo, se perguntou se estava fazendo a escolha certa ao se mudar pra casa de Mag
-Você está com raiva de mim pai? Por eu estar saindo de casa?- Ela perguntou
-Não filha- Ele respondeu sem tirar os olhos da estrada-Você fez sua escolha e eu e sua mãe te apoiamos, só ficamos surpresos, mas felizes
-Que bom pai, não quero que pense que estou sendo ingrata com vocês
-Não pensamos...- Seu pai disse, mas a expressão de Gil revelava a Kate que ele queria falar algo mais e de fato falou
-Filha...ontem recebi uma ligação do policial que se encarregou do caso do acidente, ele disse que o motorista do outro carro se ofereceu pra pagar o concerto do carro de vocês...- Gil disse calmamente, Kate sentiu um leve aperto no peito, não conseguiu falar com o motorista do outro carro e nem ele fez questão de falar com ela, ela sabia que ele não tinha culpa mas era difícil olhar na cara de alguém que, mesmo acidentalmente, tirou a vida do amor de sua vida
-Não quero nada dele pai...nada- Kate falou ríspida
-Você está com odio desse cara?
-Não, só nao quero manter contato...- Depois disso seu pai não disse mais nada. Seguiram com o trajeto em silêncio, e quando Kate percebeu ja estava em frente ao prédio da Mag, que a esperava ao lado de fora, desceram do carro e então Mag abraçou Kate
-Que bom que chegou...- Mag disse
-É que bom que cheguei...- Kate disse eles tiraram as caixas do carro( por sorte eram apenas três caixas e não estavam absurdamente pesadas) e subiram de elevador até o andar de Mag, que era o terceiro, a porta do apartamento estava aberta e então eles entraram, Kate ouviu a porta se fechando quando Mag entrou com a última caixa, o AP de Mag era bem aconhegante, olhou pra sala e viu o sofá azul escuro, os quadros de flores nas paredes brancas, a TV em frente ao sofá, o chão amadeirado, a mesinha perto do sofá, a cozinha branca e espaçosa...tudo tão pitoresco e peculiar
-Acho que posso seguir daqui pai...- Kate disse a seu pai saindo da sua rápida "chegagem" ao ambiente- Acho melhor ir, a mamãe deve estar preocupada
-Tudo bem querida...a senhorita está entregue.- Gil brincou
-Obrigada pai, pela carona e por ser tão incrível comigo
-Não agradeça Kate, eu sempre vou fazer tudo pra você, sempre...eu te amo.-  Gil disse, Kate o abraçou forte e então, depois de se despedir de Mag, ele foi embora
-Ele é o verdadeiro pai coruja...- Mag brincou
-Pois é Mag...- Kate respondeu
-Espero que você seja feliz aqui minha amiga, se depender de mim vai ser muito...vem deixa eu te mostrar o seu quarto...- Mag disse a puxando pela mão, elas entraram em uma porta branca e Kate se viu dentro do seu quarto, as paredes eram amarelas, tinha uma grande cama no meio com lençóis brancos, um armário grande que ficava ao lado esquerdo da cama, tinha também uma mesa de madeira que ficava ao lado direito com uma cadeira preta de rodinhas, uma pequena estante ficava em frente a cama, a maioria das coisas Kate conhecia, já que seu pai havia lhe dado a cama, o armário e a estante como presente, a mesinha de madeira foi um presente de Mag
-O que acha?- Mag perguntou se referindo a forma como ajeitou os móveis
-Adorei, sério, obrigada Mag.- Respondeu Kate
-Vou te ajudar a arrumar suas coisas...vamos lá...-
Elas desempacotaram tudo das caixas e colocaram cada coisa em seu lugar: os sapatos, as roupas, o notebook na mesinha, a caixa com acessórios na primeira parte da estante e os varios livros que ocuparam o resto da estante, e algumas outras "coisinhas" de Kate, como o álbum de fotos dela e do Noah, Kate fez questão de deixá-lo na mesinha, queria ter ele por perto, quando terminaram de arrumar as duas suspiraram de alívio, o resultado da arrumação surpreendeu Kate, o quarto tinha ficado a sua cara
-Obrigado por me ajudar Mag.- Kate disse se sentando no sofá acompanhada de Mag
-Sem problemas, o quarto ficou lindo, a sua cara
-Eu adorei, vai ser um lugar bom pra eu poder escrever novas matérias pra redação.- Kate disse
-Você está pensando em voltar? - Mag perguntou surpresa
-Sim, amanhã se possível, eu não quero ficar presa à minha dor para sempre, eu quero recomeçar, estou sofrendo, é claro, mas se não me ocupar com algo, se eu não fizer mudanças nunca vou superar
-É exatamente assim que eu queria que você pensasse, que idependente da dor a vida continua e sua família e amigos estão aqui pra te apoiar
-Eu sei disso
-Ah... eu já ia me esquecendo, quero te mostrar um lugar...vem comigo...-
Elas se levantaram do sofá e foram pra uma pequena sacada que tinha nos fundos do apartamento de Mag, tinha que passar pela corredor da sala pra chegar lá, tinha duas espreguiçadeiras no local (sacada), dava pra ver tudo dali, o céu, as pessoas na rua, tudo, transmitia uma certa paz a Kate, ainda mais com aquele sol da manhã iluminando o dia
-É lindo...- Foi tudo o Kate conseguiu dizer, Mag olhou pra amiga sorrindo
-Eu costumo vir aqui pra pensar, relaxar e também quando estou um pouco triste, me dá uma paz sem tamanho e dará a você também...
-Eu também sinto isso Mag...-
Mag se sentou na espreguiçadeira e Kate fez o mesmo, deixando aqule sol invadir seus poros, por um momento Kate não se importou com sua dor, sabia que ela estava lá mas não deu bola pra ela, lembrou de Noah feliz, sorrindo...concluiu que não importava onde ELE estivesse, ELE sempre estaria presente em seu coração, Kate sorriu pela primeira vez, sentiu seu coraçaozinho gelado se derreter um pouco e tudo isso graças ao sol de segunda-feira.


Notas Finais


E foi isso galera, achei esse Cap pequeno mas acho que vão gostar, amanhã ou quinta posto o próximo, esse capítulo ficou muito bonito pra mim, gostei muito de escreve- lo e compartilhar com vocês. Até a próxima serumaninhos😍💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...