História Coração de Gelo - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Erza, Gajeel, Gray, Juvia, Lucy, Lyon, Mirajane, Natsu, Silver, Ultear
Visualizações 14
Palavras 1.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Festa, Harem, Mistério, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então gente, tava meio sem criatividade pro capitulo mas acabou saindo alguma coisa !
Eu achei que ficou bem emocionante, espero que gostem !

Capítulo 4 - O passado e a rivalidade.



~Gray Pov On~
Depois daquele final de semana super turbulento, as coisas meio que voltaram ao normal, bem não estava tão normal como costumavam ser, afinal as coisas que aconteceram não seriam esquecidas tão facilmente...
Naquela manhã de segunda feira tudo ocorrera normalmente e eu como sempre era o ultimo a sair de casa.
Fiz meu caminho até a escola usando meus fones de ouvido como de costume.
Chegando lá me dirigi ao meu bloco de salas, e fui ao meu armario, quando o abri encontrei um bilhete que dizia, "Venha ao telhado no horario de almoço :p".
Quem usa uma carinha como :p em um bilhete como esse ? Enfim, espero que não seja uma garota querendo se confesar, odeio ter que dispensar elas... Odeio ver uma garota triste.
Segui em direção a minha sala, ja estavão todos lá, me sentei em meu lugar e o interrogatorio começou.
- Gray Fullbuster ! Quem era aquela garota que você salvou heroicamente na festa ! - Dizia Erza com uma cara de extrema curiosidade.
- Era uma amiga minha... - Respondi
- MAS QUE BELA AMIGA VOCÊ TEM EM CALADÃO. - Disse o garoto de cabelos rosados
- De quem estão falando. - A loira, se aproximava perguntando.
- LUCY ! VOCÊ NÃO VAI ACREDITAR NOSSO AMIGO AQUI SALVOU UMA GAROTA NA SUA FESTA ! - Dizia Natsu com muita empolgação.
- Espera... Foi você que bateu no Ian ? - Disse a loira com cara de espanto.
- Sim... Me desculpe se era algum amigo seu, mas ele mereceu... - Não consegui terminar de falar e logo fui interrompido.
- AAAAA Meu herói ! Você salvou a minha festa ! aquele idiota estava enchendo o saco de todas as garotas de lá ! - Disse a loira com um sorriso estampado no rosto.

Após um longo tempo de conversa, o professor chegou na sala e interrompeu a conversa, as aulas passaram voando. Eu fiquei viajando na minha mente como sempre.
Já era hora do intervalo.
- Ei Gray ! Vamos almoçar juntos ! Quero que me conte mais sobre sua amiga ! - Dizia Natsu com um sorriso malicioso.
- Eu tenho uma coisa pra fazer hoje, fica pra proxima. - Respondi ele.
Me dirigi ao telhado, chegando lá fiquei surpreso, quem me aguardava era Ultear.
- Foi você quem escreveu o bilhete ? - Perguntei
- Sim ! Fico feliz que tenha vindo ! Eu...acabei esquecendo de perguntar uma coisa sobre a noite de sabado...
Disse Ultear corando.
- O que ? - Perguntei a ela tentando não dirigir meu olhar aos olhos dela.
_ V...você gostou... ? - Disse ela ficando cada vez mais vermelha
- Gostei do que ? - Perguntei a ela
- DO NOSSO BEIJO ! - Ela disse em voz alta.
Quando eu pensei em responder, ouvi alguns passo se aproximando de mim por traz, Ultear fazia uma cara de medo. Ao olhar para traz vejo Lyon se aproximando com uma cara de ódio, ao chegar a uns 5 passos de distancia de mim ele fecha suas mãos e começa a falar com muita raiva.
- PRIMEIRO VOCÊ ROUBA ELA DE MIM E AGORA VOCÊ QUER TIRAR MINHA IRMÃ TAMBÉM ? QUEM VOCÊ ACHA QUE É ? EU SABIA QUE NÃO DEVERIAMOS TER TE ACEITO NAQUELA CASA EU NUNCA QUIZ VOCÊ LÁ, APENAS OS IDIOTAS DOS MEUS PAIS QUERIAM VOCÊ LÁ PORCAUSA DA AMIZADE DELES COM SEUS PAIS BIOLOGICOS, QUE SE DANE A AMIZADE DELES ! EU SEMPRE ODIEI VOCÊ ! PRIMEIRO VOCÊ TIROU A JUVIA DE MIM E AGORA NÃO VOU DEIXAR QUE FASSA O MESMO COM A ULTEAR !
Após essas palavras ele veio para cima de mim, eu apenas me desviava e ele tentava me acertar, ele era muito rapido, não sei por quanto tempo iria conseguir me esquivar daquela série de golpes, enquanto isso Ultear tentava nos parar, logo que viu que não iria dar certo ela correu para chamar ajuda dos Professores.
Acabei conseguindo uma brexa e empurrei Lyon para longe, não queria machuca-lo, apesar de que nós tinhamos praticamente a mesma força.
Enquanto ele se levantava ele começou novamente a falar.
- Por sua culpa ela foi embora...A juvia foi embora porque não te aguentava mais, você era um péssimo namorado...Se fosse eu ela estaria bem melhor !
Não aguentei ouvir aquelas palavras, fui para cima dele também e comecei a desferir varios golpes nele e ele revidava, a briga estava de igual para igual, até o momento que fomos separados por 2 professores.
Fomos levados até a enfermeira de nossos respectivos blocos de sala, lá trataram de nossos ferimentos e nos acompanharam até a diretoria, até pareciamos assasinos, era dois professores do lado de cada um.
Ouvimos uma bronca do diretor Makarov, e fomos liberados com apenas uma advertencia.
Já era hora de irmos para casa.
Lyon saiu na frente em direção ao portão onde Ultear estava a esperar, logo que se encontraram, percebi de longe que haviam começado a discutir. Não consegui ouvir o que falavam pois estava longe, apenas percebi algumas lagrimas no rosto de Ultear, e quando menos esperava ela desferiu um tapa no rosto de Lyon. O mesmo apenas a olhou com uma cara fechada e foi em direção a nossa casa.
Me diriji rapidamente a Ultear assimq ue Lyon se afastou, a mesma veio de encontro a mim e me abraçou fortemente, enquanto seu rosto estava envolto em lagrimas, ficamos daquele jeito abraçados em silencio por alguns minutos.
- Desculpe Gray, por tudo isso. - Dizia ela enquanto me abraçava mais e mais.
- Não é culpa sua. Respondi
- Também não foi culpa sua a Juvia ter ido embora, ela te amava muito,e todos nós amavamos ela muito, mas os país dela fizeram ela ir para longe... perdoe o Lyon por favor, mesmo antes de você aparecer em nossas vidas ele amava ela, ele se sente muito mal por perder.
- Esta tudo bem, eu não estou bravo com ele, só não pude me conter quando ele falou dela...
Ficamos abraçados por mais um tempo até que resolvemos ir para casa.
Chegando lá nem sinal de Lyon, mas sabiamos que ele estava em seu quarto devido ao som alto que saia de lá.
O jantar ocorreu normalmente, então tomei meu banho e fui direto para cama, pois tinha que descansar. Afinal não era aquilo que iria fazer com que não houvese mais aula no dia seguinte...


Notas Finais


Então o que acharam ?
Eu tava com a ideia da briga já tinha alguns dias só que não sabia como chegar até ai, e achei que essa seria a melhor hora para revelar algumas coisas do passado hehe :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...