História Coração de gelo (imagine Park Jimin) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, CL (Chaelin Lee), G-Dragon, Got7
Personagens BamBam, G-Dragon, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Lee Chaelin "CL", Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Seungri, Suga, T.O.P, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Ação, Bts, Jimin, Romance
Visualizações 145
Palavras 927
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


DEPOIS DE ALGUM TEMPO SEM POSTAR NADA EU VOLTEI!!!!

Capítulo 22 - Omma! Vai matar ele!!


Fanfic / Fanfiction Coração de gelo (imagine Park Jimin) - Capítulo 22 - Omma! Vai matar ele!!

-Quase que ele escuta e ve coisas que não pode.-Ela fala saindo do meu colo.

-Aish amor! Ok, mas a gente vai estreiar a cama na casa nova não vai?-Falo com um olhar malicioso.

-Lógico.


                           [...]


S/n arruma todas as coisas e depois ajuda o irmão, pois o mesmo não conseguia pegar algumas coisas que estavam no quarto.

-Tronto?-Eles saem do querto com um monte de coisa.-Meu santo Yoongi. Ok vamos la.

Fomos para o jardim e seguimos até meu carro, quando para outro carro quase em sima e mim.

-O que pensa que está fazendo.-Olho um homem meio velho, ele parecia bastante com a s/n então deduzi que era pai dela.-Quem é você? Aonde está levando minha família?

-Pai, eu e o Lee vamos embora daqui! Nós não aguentamos mais essa vida com você é com a Carol.

-O que? Mas a Carol e uma ótima pessoa, uma madrasta excelente. Por que vai ir? Ok que você eu não me importo muito, mas por que vai levar seu irmão?-Ele para na frente do Lee.-Filho não quer ficar com o appa?

-NÃO!-O menino fala com raiva.-Quero ficar com a nonna e o appa Chim Chim. -Ele corre e abraça minha pernas.

-É quem e você rapaz? -Ele me olha com uma cara de nojo.

-Namorado da sua filha.-Ele me olha assustado.

-PARK!!!-Ah não, aquele doida não! Acho que o nome dela e Carol, se não estou enganado.-Aonde você vai pequeno raio de sol? Sabia amor que ele e filho da família Park? -Fala abraçando o pai de s/n.

-É mesmo? Não quer entrar meu jovem?-Sua expressão muda no mesmo segundo.

-Não! Eu tenho que levar eles para  casa.-Falo colocando Lee dentro do carro.-Vamos amor.-Estendo a mão para s/n que a pega rapidamente.

-Espera ai Park!-Ele segura meu braço. -Aonde vai levá-los?

-Vou levar eles para um lugar aonde Lee não fique assustado! Aonde a minha namorada possa ter paz, e aonde eu possa cuidar dos dois. -Ele solta meu braço.

Caminho ate o carro é entro no mesmo. S/n estava no banco de trás junto com Lee.

-Obrigada appa!-Lee fala rindo.

-Não prescisa agradecer fofinho.-Dou uma risada nasal.

-Temos que passar na sua casa agora não é?-S/n me pergunta parecendo estar ensegura, acho que e pelo fato de meus pais estarem em casa.

-Se você quiser eu passo la depois....

-Não amor! Vamos la sim. -Ela fala sorrindo. 


                           [...]


Chego em casa e estaciono o carro. Lee e s/n saíram do carro e eu saio logo em seguida.

-Nossa a casa do Chim Chim e grande.-Lee fala com a boca aberta.

-E bem exagerada.-Dou uma risada e pego Lee no colo.

Entro em casa e logo vejo meu pai sair da cozinha ainda de pijama.

-Ô é você Jimin...-Ele fala com a mão na boca, como se quisese esconder a comida que estava na sua boca.-Amor! Ô Jimin ta aqui...-Ele engole a comida que estava na sua boca.-Filho quem são essa menina e esse lindo menino?

-Essa é a s/n minha namorada.-Falo dando um beijo na testa da mesma.

-Prazer em conhecê-lo senhor Park.-Ela o cumprimenta com um aperto de mão.

-É esse é o Lee...

-Appa eu to com sede!-Lee fala olhando para mim.

-Appa? Eu não acredito que sou avô!-Ele fala assustado me provacando risada .

-Ele e irmão da s/n.

Coloco Lee no chão e logo vejo minha mãe saindo da cozinha.

-Jimin por que você....AAHHHHHH UMA CRIANÇA!!!!!-Ela corre até Lee e o aperta.-Como você é lindo! Como você se chama coisa fofa. -Ela aperta a bochecha do mesmo enquanto o pega no colo e começa a querer morede-lo.

-Me chamo Lee!-Ele fala com um pouco de dificuldade, por que minha mãe tava quase deverando ele.

-Que lindo você!-Ela faz voz fofa.-Oi moça prazer sou a mãe do Jimin. -Minha mãe fala cumprimentando s/n.

-Prazer sou s/n, namorada do Jimin.

- Esse bobão ta namorando? Olha filho isso é um avanço na vida!-Ela fala rindo.

-Valeu mãe.-Falo com tom sarcástico. -Eu e a s/n vamos subir, tenho que arrumar minhas coisas.

-Ok! Enquanto isso eu vou brincar com essa coisa fofa.-Fala fazendo cócegas em Lee.

-Ok omma. So não mata ele, por favor.

Subo as escadas em direção ao meu quarto. Assim que chego vejo o mesmo arrumado, do geito que eu tinha deixado ante de sair de casa. Poço estar sendo preciptado em relação a morar fora de casa, mas um dia eu teria que amadurecer, e sair da casa dos meus pais.

-Nossa que quarto grande amor.-Ela fala se deitando na minha cama.

Dou uma risada e pego minha mala. Começo a arrumar minhas malas e s/n vai me ajudando. Bem...ela começou a me ajudar e depois....

-Cueca vermelha, Rosa, amarela...-Ela fala rindo enquanto guardava minha roupas.-Ei....essa calsinha e minha.

-Não é mais.-Falo tirando da sua mão.

-Muito engraçado Park Jimin.-Fudeu ela falou o nome completo.-Me devolve.

-Não amor. Sabe como é difícil viver com uma cueca solitária sem uma calsinha para fazer companhia? E horrível. -Falo sendo dramático.

-Aish!-Ela se assenta na cama e fica me olhando.

-Tronto! Agora podemos ir embora.-Falo dando um selinho na mesma.

Descemos as escadas e encontro Lee dormindo no colo da minha mãe, ela fazia carinho em sua cabeça e ficava adimirando o menino dormir.

-Omma!-Ela me olha.-Temos que ir, e levar o Lee.

-Deixa ele aqui comigo!-Ela fala fazendo aigo.

-Não omma! Ele iria ficar com raiva da gente. E tem mais ele não ia socegar sem o teddy que está la no carro.

-Okok! Você ganhou.-Ela da um suspiro.-Tchau meu anjinho.-Ela faz voz de choro.

-Omma! Para com isso.-S/n pega Lee no colo que logo acorda.

-Aonde vamos?-Ele coça os pequenos olhinhos.

-Para casa.-s/n fala beijando sua testa.

O menor repousa a cabeça no ombro da irmã e dorme denovo.


Contínua...?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...