História Coração de guerra-interativa - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 25
Palavras 332
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - Xamã e a marca de preto


Fanfic / Fanfiction Coração de guerra-interativa - Capítulo 6 - Xamã e a marca de preto

Eu fiquei parada de medo
-Pode se mexer minha jovem hihi
-Ele já foi?
-Já Kk
O xamã se aproximou de mim
-Hm você deve ser a Mayla
-Sim,como você sabe?
-Eu sei de tudo e de todos,eu também sei que precisa de uma marca,venha vamos para o outono,a sua marca é especial
-Especial?
-Sim kkk
Ele passou por mim e Fuyu
E foi até Fewe
-Vem vamos temos que ir antes do anoitecer minha jovem,você receberá uma grande festa
-Ah é verdade Kk
Nos subimos no mesmo dragão e la fomos nós,fewe se despediu de suas filhas e subiu a bordo
O inverno era longo e lindo,tudo branco
Enquanto o dragão passava em uma área rasteira deu pra ver uma manada de iagues
Eles faziam a neve levantar sobre seus corpos,a quilo era lindo
Então começamos a ir para a fronteira do outono
Tudo nesse lugar era lindo assim?
Havia árvore de folhas laranjas,amarelas,vermelhas,e outras nem tinham folhas,era tudo incrível
Então o dragão parou perto de rio
O xamã pediu para entrarmos em sua toca era em uma imensa árvore de carvalho,ela era imensa,e havia folhas laranjas
Nós entramos
E sua toca era cheia de papéis,pergaminhos,poções,animais enjaulados
-Espere ai,eu vou atrás de uma escritura
Ele foi procurar em umas estantes
-Então você já vai ganhar sua marca Mayla
-Pois é,e eu ainda nem sei o que está acontecendo,estou perdida
-Relaxe,isso você pode ter certeza que não é um sonho
Eu olhei Fewe e sorri
Então o velho Xamã voltou com um livro dá biologia dos lúpus
-Deite no chão
Eu deitei e ele começou a falar umas coisas estranhas,então ele foi almentando a voz,eu já estava ficando assustada então as folhas de seus livros começaram a se folearem,e um forte vendo ficou soprando a toca ,folhas voavam pra lá e pra cá,então o vento se acalmou e uma voz surgiu no ar,e ela sussurrava coisas mas eu não entendia nada
Então eu senti uma grande dor no peito e eu apaguei


Notas Finais


Lúpus=Do latim é lobo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...