História Coração de menina. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Tags Amnésia, Aventura, Diabolik Lovers, Drama, Hospital, Romance, Suspense, Vampiros
Exibições 108
Palavras 318
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Pervertida...


Fanfic / Fanfiction Coração de menina. - Capítulo 5 - Pervertida...

Eu acabei de me acordar de um sono que nem sabia que estava, virei minha cabeça lentamente para os lados para garantir estar sozinha, quando tive certeza me levantei e fui em direção ao banheiro onde me olhei no espelho e pude ver uma mordida no meu ombro e o que parecia ser somente um sonho acabou por ser uma assustadora realidade que chegou em forma de choque, mas respirei fundo e comecei a tirar a roupa e fui em direção ao chuveiro, as gotas quentes caiam sobre o meu corpo enquanto e meu pensamento estava tão longe, eu saio do banho e visto somente uma blusa comprida e vou em direção ao meu quarto, quando avisto um louro deitado na minha cama, eu levo um susto e dou um grito.

-cale a boca. -boceja ele sonolento.

-d-desculpe... mas o que você faz aqui!? 

-a casa é minha então eu não te devo satisfações. -diz ele virando-se de costas para mim.

E eu em um movimento rapido coloco as minhas calças que estavam no guarda roupas.

-com licença... e-eu quero me deitar.

Ele só me encara e deixa escapar um sorriso, logo agarra meu pulso e me puxa para o seu lado, eu começo a sentir o meu corpo esquentar e as minhas bochechas arderem como se eu estivesse com febre, o por que do meu corpo reagir assim com tal aproximamento.

-que pervertida você, hein? -ri ele virando-se para mim.

E eu sem conseguir falar frases inteiras, e frente a frente com o vampiro, pulo de cima da cama caindo sentada no chão.

-n-não f-fa-faça mais isso...por favor.

-você não queria se deitar? -pergunta ele erguendo a sobrancelha.

-não...quer dizer sim...n-não com você ai!

-estraga prazeres...-reclama ele levantando-se da cama e indo embora.

Eu só tomo ar e me jogo da cama, fico corada ao sentir o doce aroma do vampiro.

-talvez eu seja meio pervertida sim....

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...