História Coração de Pedra (Kaisoo) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun
Tags Amorxfeitiço, Kai, Kaisoo, Shortfic
Exibições 122
Palavras 1.035
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drabble, Fluffy, Magia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Estou apaixonada por essa FanArt (Mídia)

Estou aqui trazendo mais um cap, espero que gostem! :D

Desculpem qualquer erro

Capítulo 3 - Capítulo-3: Amor


Fanfic / Fanfiction Coração de Pedra (Kaisoo) - Capítulo 3 - Capítulo-3: Amor

          *5 Meses Depois*

  Não sei o que estou sentindo, mas já faz alguns meses depois daquela festa do Baekhyun e que conheci aquele garoto, JongIn que me sinto assim meio... Estranho

  Eu não faço a miníma ideia do que seja isso, essa sensação estranha no peito, não é a dor mais, algo diferente que não consigo explicar, é muito confuso




         ############




  Por íncrivel que pareça minhas dores cessaram, e tenho me controlado, Sabe desde que conheci JongIn naquela festa, e depois de conversarmos e nos tornamos próximos eu chamei para trabalhar em meu castelo, e ele aceitou

  Baekhyun ficou furioso por eu ter roubado seu criado mas não tive escolha, esse garoto consegue me acalmar e aliviar a minha dor de vez enquando pois eu ainda dou umas escorregadas nas palavras e no meu jeito de ser, isso é um pouco difícil de mudar

--Vossa alteza, deseja alguma coisa? -fui desperto de meus devaneios-

--JongIn-Ah, não precisa dessa formalidade toda comigo, já disse que pode me chamar apenas pelo nome

--É costume -sorriu de um jeito meigo e fofo-

--O Baekhyun era chato com você?

--Não... Ele também não gostava de muita formalidade, mas é que eu fui criado para servir meus superiores e tenho que respeitá-los e ser o mais educado possível, demorou até eu me acostumar a chamá-lo pelo nome

--Certo... Mas logo você irá se acostumar novamente, aqui não é muito diferente do reino dele nem os costumes, e eu sou igual a ele não gosto muito disso em ser formal, meus pais sim mas isso não vem ao caso pois você servirá apenas a mim

  JongIn encarou o outro assustado

--Bom quer dizer, você não será escravo nem nada do tipo, não pense essas coisas de mim -Encarou o moreno a sua frente- Apenas será meu companheiro, que estará sempre comigo quando eu precisar entendeu?

--S-sim... -Assentiu-

--Bom... Eu... Eu vou tomar um banho e depois quando eu descer já tenha separado meu arco e flechas, irei treinar um pouco

--Sim senhor -recebeu um olhar de reprovação- Quer dizer, Kyungsoo -sorriu-

--Ótimo, melhor assim... Agora pode ir

--Com Licença...

  JongIn se reverênciou ao príncipe e se retirou do quarto do mesmo indo fazer o que fora mandado

  O príncipe gostava de praticar um pouco de esporte quando precisava relaxar um pouco

  Kyungsoo sentia algumas pontadinhas no peito, pelo fato de como falou com JongIn a alguns minuto, meio ríspido mas não era sua intenção só era seu jeito normal

  E também de como falou que deixou o menor assustado, em meio devaneios foi para o banheiro tomar uma ducha e relaxar

  Quando terminou o banho Kyungsoo foi se vestir e desceu até o jardim, na área de treinamento de Arco e Flechas

--Tudo pronto JongIn?

--Sim, tudo em ordem! -sorriu- pode começar quando quiser

--Ok, obrigado...

  O príncipe então pegou sua arma e começou com seu treinamento atirando as flechas na direção do alvo que era acertado facilmente





         +-+-+-+-+-+-+-+-+-+





          *2 horas depois*

--JongIn pode guardar tudo, já terminei por hoje

--Certo

  Kyungsoo terminou seu treinamento e foi para seu quarto trocar de roupa e logo após desceu para o jantar

  Seu jeito sério de falar com as pessoas não mudava, mas ele estava aprendendo a ser gente e se portar corretamente

  Digamos que ele ja tinha melhorado 50%, a outra metade ainda precisava ser comprida, e JongIn seria quem o ajudaria, pois o príncipe tinha quase certeza que estava apaixonado mesmo não sabendo expressar, mas tudo dependeria do outro também para saber se sentia o mesmo

  E se desse tudo certo e eles confirmassem esse sentimento- que era uma coisa totalmemte nova para Kyungsoo- o feitiço se quebraria e ele então consegueria voltar ao normal, sem o íncomodo que sentia no peito e a dor

  O príncipe se retirou da mesa do jantar e foi a caminhar no jardim, ficou olhando as flores e regando alguma delas de vez enquando

--Kyungsoo? -ouviu ser chamado-

  Se virou em direção aonde vinha a voz

--Kai... O que faz aqui? -perguntou surpreso, mesmo parecendo frio-

--Ér... Eu... Vim perguntar se deseja mais alguma coisa?

--Hm... Eu acho que não...

--Tudo bem então, Boa Noite

  JongIn se reverênciou ao mesmo e se virou para sair dali quando foi chamado

--Na verdade, Eu quero sim

--Claro, pode pedir

--Eu quero a sua companhia, fique aqui comigo... Digamos que, isso é uma ordem

  O moreno olhou ao mais velho íncredulo, mas logo cedeu a sua ordem, e ficou ali junto do outro apreciando as flores e vez ou outra o céu que se encontrava completamente estrelado, era muito lindo

  A temperatura estava fria, mas não estragava o clima bom que ocorria ali entre ambos, Eles caminhavam mais e mais pelo grande jardim jogando conversa fora não se importando com o resto e nem a hora

--JongIn, o que é o amor?

  Perguntou o mais velho enquanto fitava o céu estrelado

  JongIn ficou  sem entender nada, mas tentou responder, mantendo seu olhar fixo nas belas flores do jardim

--Amor...? Talvez... Algo que você sente muito forte por uma outra pessoa... Um sentimento que não saiba explicar ao certo...

  O mais novo não sabia como explicar aquilo

--E qual os sintômas?

--Como assim?

  Desviou seu olhar ao outro, para fitá-lo

--O que se sente quando acha que... Nutri um amor por alguém?

  Kyungsoo olhou o mais novo tão profundamente que Kai sentiu suas bochechas queimarem e ruborizarem

--Um frio na barriga... Uma sensação estranha... O coração acelerado...

  A cada frase que o mais novo pronúnciava, Kyungsoo se aproximava do outro aos poucos e sem desconectarem o olhar

--Assim?

  Pegou na mão de JongIn e a depositou sob seu peito, seu coração batia rapidamente

  JongIn não sabia como reagir ou o que falar, apenas assentiu, o espaço que havia entre eles se acabou, dando início a um beijo calmo e doce que nenhum deles hesitaram em continuar

  Um beijo apaixonado e cheio de amor, algo novo para o príncipe que nunca havia sentido uma coisa assim antes.


Notas Finais


é isso ;) eu estava entediada e precisava postar alguma coisa, me perdoem qualquer erro, eu revisei rapidamente as vezes pode ter passado algo despercebido
~Kissus XD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...