História Coração de Tinta - (Interativa) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Bela Adormecida, A Bela e a Fera, A Menina Que Roubava Livros, A Pequena Sereia, Aladdin, Animais Fantásticos e Onde Habitam, Anjos e Demônios, Branca de Neve, Chapeuzinho Vermelho, Cinderela, Coração de Tinta, Coraline, Jumper, O Cão e a Raposa, O Flautista de Hamelin, O Mágico de Oz (The Wizard of Oz), O Pequeno Príncipe
Personagens Aladdin, Ariel, Bela (Belle), Branca de Neve, Caçador, Chapeuzinho Vermelho, Cinderela, Feiticeira Verde, Fera, Flora, Lobo Mau, Madrasta, Malévola, Merlin, Princesa Aurora, Princesa Jasmine, Príncipe, Príncipe Encantado, Príncipe Eric
Tags Coração De Tinta, Inkheart, Livros, Maggie Folchart
Visualizações 34
Palavras 1.199
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aproveitem meus amoresssss mais uma capítulo ❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤

E leiam os notas finais do autor obg 💜
Não tive muita criatividade mas tai né kkk

Desculpe em tudo na foto no título na escrita sinceramente estou mesmo sem criatividade

E desculpe por ser pequeno e pelas notas finais 😥

Boa leitura 📖

Capítulo 7 - Tudo aconteceu tão rápido


Fanfic / Fanfiction Coração de Tinta - (Interativa) - Capítulo 7 - Tudo aconteceu tão rápido

Sinto uma respiração gelada em meu nariz, quando abro meus olhos calmamente vejo uma garota ruiva com seu rosto próximo ao meu, assustada vou para trás com tudo e caio da cama, levantando rapidamente eu grito :

- Quem é você ?! - Berrei acordando a mesma e o Andy.

Andy já acostumado com berros acordou calmamente porém a ruiva gritou assustada pegando o travesseiro e jogando em minha cara.

......

- Espera ! Então você é aquele garoto medroso.? - Questionou Andrew vendo de baixo para cima a bela ruiva.

- Olha não fale de mim assim todos nós temos medos ! Não é Natalie ? - Perguntou suando frio.

- É.. Sim claro ! Alguns mais bobos que os outros, mas sim prefiro não contar os meus - Forço um sorriso com intenção de disfarçar a vergonha de meus medos.

Fujo de meus pensamentos e agarro o livro de capa negra abrindo-o na primeira página e depois folheando-a até o primeiro capítulo.

- Aqui está escrito..- Continuei a folhear e de tanta ansiosidade para achar pulei logo para o meio. - Achei ! Ouçam — Então a feiticeira lançou uma maldição no indivíduo chamado Yuki Akumu carregar o fardo de transformar-se em dublo sexo de...4 à 4 dias - Sorrio e fecho o livro apenas com uma mão.

- E por que agora ele..se transformou..nela ? - Indagou calmamente para evitar de se confundir.

- Talvez na ilha onde foi aprisionado, quer dizer..aprisionada talvez tenha passado 3 dias antes dele vir para cá - Balançei a cabeça percebendo o quanto isso foi confuso.

- Não entendi nada... - Admitiu num riso.

- Certo ! É..seu nome ainda é o mesmo,  né ? - Perguntei para confirmar.

- É sim - Respondeu Yuki num sorriso belo.

- Ok quer um café, chocolate quente ou chá..? - Ofereci caminhando lentamente até a cozinha.

- Sim café.

Fui até a cozinha e quando peguei a colher para misturar o açúcar no café, percebo que tinha esquecido meu celular apesar de ler livros quase toda hora não deixava de twittar, ou postar algo no face, sempre o deixava na  cozinha, porém ele não estava lá corri até a sala e achei a Yuki encarando aquele pequeno aparelho.

- Yuki..é..não vai gostar desse pequeno aperelhinho - Rio e agarro o celular vendo 15 mensagens perdidas.

Era do meu melhor amigo Luke, cliquei para retornar a ligação.

- Atende Luke..por favor - Batia meu pé no chão impaciente e preocupada.

- Alô ? Aqui é a mãe do Luke, se tiver alguma pista ou idéia de onde meu filho esteja me comunique estou muito preocupada - Era apenas uma mensagem de voz da mãe do luke, pelo o que a mesma explicou ele está desaparecido oque me deixou ainda mais preocupada.

- Droga ! - Bati meu pé forte no chão.

- Que foi ? - Questionou Andrew estusiasmado para entender o motivo da minha raiva.

- É...que tal tomar um café fora..? - Peguei meu casaco no cabide do guarda roupa.

- Ok ! - Andy concordou normalmente num belo sorriso confiante. 

- É...eu já olhei lá fora e não tem..aldeias e nem vilarejos...tem certeza que é seguro.? - Indagou a ruiva em duvida.

- É claro, nada que tem na cidade irá assusta-lá - Justifiquei pondo a mão na cintura tentando convence-lá que estava certa.

- Certo.. - Assentiu sorrindo decidida.

Depois de colocar meu casaco peguei alguns cachecóis dei o preto para Andy levantando o meu pé para chegar ao seu pescoço e cobrindo seu pescoço aquele pano confortante.

- O-obrigado.. - Reconheceu o carinho ficando com as bochechas levemente rosas.

E depois fui até a Yuki colocando um laranja em seu pescoço percebendo que havia combinado com seu cabelo ruivo. Não disse a ela mas o cachecol era meu, meu pai havia dado ele para mim de natal, mas como ele deixou a casa não falo mais desse momento.

- Que bonito Natalie obrigada - Agradeceu num sorriso maroto.

Saímos de casa, tínhamos sorte de não estar chovendo porquê o dia estava horrível, o sol se encontrava fraco e o céu nem tão azul. Yuki encarava tudo inclusive as lojas de tecnologia, pelo fato de no seu livro ser na era medieval onde tinha...sei lá.. Vikings?

- Ali - Apontei para a cafeteria do outro lado da rua, fui atravessar o sinal estava aberto portanto um carro veio em minha direção.

Yuki e Andy ao mesmo tempo pisaram no chão e o gelo correu até meu pé evitando que desse mais um passo, o carro desviou e por pouco não fui atropelada.

Yuki correu até mim agachando,  pegando uma adaga e tentando quebrar o gelo mas era impossível então tocou e o descongelou, tirei meu pé da li rápido peguei a mão dos dois e corri para um pequeno beco.

Encostei na parede e suspirei fechando os olhos.

- Não podem usar seus poderes...o que as pessoas vão pensar ? - Pensei em milhões de coisas que as pessoas horríveis e cruéis desse mundo podiam fazer com super-humanos.

- As pessoas não tem super poderes aqui ? - Murmurou a ruiva encarando algumas pessoas que passavam por ali. 

- Não, nem eu sabia que tinha um dia atrás, como eu disse eles não são do tipo: “Uau olha como eles são incríveis” não eles são assim: “Matem eles ! São aberrações.!” - Urrei imitando os movimentos dos dois pensamentos.

- Você sabe que se não tivéssemos congelado seu pé você estaria no hospital ou talvez de baixo da terra ? - Explicou num tom irônico e fazendo uma piadinha.

- Eu sei, mas..não quero que sejam cobaias de um experimento que mude o planeta - Expliquei.

- E..oque sugere.? - Questionou Yuki preparada para ouvir um dos concelhos de Natalie. 

- Respire fundo, e não deixe os poderes fluírem, não chamam a atenção dos humanos - Sorri quando fui sair do beco dei de cara com um homem enorme olhando para cima e percebendo o quanto ele era forte e grande.

- Natalie Folchart ? - Perguntou num tom de voz grossa e assustadora.

- É...não, eu não.. - Tentei mentir mas minha voz saiu falha o que no mesmo instante me entregou. - Andrew é uma boa hora para usar seus poderes agora.. - Murmurei olhando para trás.

Andrew sorriu orgulhoso e construiu uma enorme parede de gelo, depois corremos para o final do beco ficava cada vez mais escuro o que era um problema.

- Algum de vocês tem visão noturna.?

- Mímica animal - Respondeu Andrew.

- Traduz pelo amor de deus - Implorei percebendo que o beco não tinha saída após tocar na parede grudenta.

- Habilidade de adotar alguma especialidade de um animal.... - Antes de terminar leva uma pancada na cabeça, ouço apenas o som de seu corpo caindo no chão.

- Andy ?! - Gritei preocupada quando sinto um enorme choque passando pela minhas veias o que me faz desmaiar.

Yuki tenta se defender mas não consegue como eu e andrew, e acaba sendo desmaiada igualmente.

Kell meu furão sai de dentro da minha blusa de frio e pula ao chão se escondendo para provavelmente me seguir depois. 


Notas Finais


Então agora que você chegou aqui péssima notícia desculpe por nenhum personagem novo aparecer

1- meu celular ta descarregando
2- o meu carregador quebrou e meu irmão chato não quer deixar eu usar o dele ;-;
3- o capítulo sai amanhã ou depois de amanhã ou depois de depois de amanha pq preciso comprar um novo e como sou pobre fica difícil


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...