História Coração indomável. - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Arthur Weasley, Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Cho Chang, Draco Malfoy, Fred Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Lílian Evans, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Narcissa Black Malfoy, Pansy Parkinson, Remo Lupin, Rita Skeeter, Rodolfo Lestrange, Ronald Weasley, Severo Snape
Tags Mistério, Romance, Snamione
Exibições 242
Palavras 1.717
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá espero que gostem do capitulo.
Boa leitura❤

Capítulo 14 - O vulto.


Hermione andava pelo bosque já cansada, há alguns minutos tentava achar o vulto que por algum motivo estava se escondendo.

-Apareça logo!Pare de brincadeira-a plebeia diz séria.

Hermione ouviu uma gargalhada fria e masculina,o vulto apareceu assustando a garota que sentia o coração acelerar de uma forma assustadora.

-Fico satisfeito que tenha vindo Srta black-diz o homem frio-Você realmente é uma garota corajosa,ou tola demais.

-Você deixou uma carta dizendo para que eu o encontrasse,você sabe quem matou minha irmã?-pergunta sem rodeios-Me diga!

-Acha que eu lhe direi alguma coisa sua rolinha?Eu recebi ordens para matar você-diz empunhando uma espada-Você é um perigo para ELE.

-Ele?Ele quem?-Hermione pergunta confusa.

Porém o homem de preto anda em direção a garota com a espada em mãos,Hermione chuta as pernas do homem o derrubando no chão.

-Acha que é fácil me matar?-pergunta sarcástica-Você não sabe quem eu sou,não sabe quantos perigos eu já enfrentei.

-Eu sei tudo sobre você Hermione Granger você é uma farsante-diz se virando e ficando por cima da garota-Você vai morrer!

Hermione arregalou os olhos castanhos sentindo a ponta da espada tocar sua barriga,mas para seu alivio Severo Snape apareceu jogando o homem de negro pra traz e acertando um soco em seu rosto.

Severo acertava socos no homem que furioso tentava se defender inutilmente,Hermione gemeu de dor ao perceber que a espada lhe feriu um pouco,Snape fitou a noiva e nesse momento o homem de preto aproveitou para tente mata-lo.

Severo pressentiu o perigo e virou a espada contra o próprio homem o matando.

-Que loucura foi essa Srta black?Quem era aquele homem?-pergunta confuso-Eu exijo uma explicação agora!

Mas Hermione ainda machucada acaba desmaiando, o rei a fita preocupado e a pega no colo a levando para a carruagem.

Pov Severo.

Eu estava na carruagem com a Srta black que ainda estava machucada,eu a fitava preocupado e pensativo,no bosque eu havia a perdido de vista,e quando a encontrei a vi quase sendo morta.

Eu me desesperei ela é minha noiva e tenho obrigação de protege-la e mante-la a salvo,ela continua a perder sangue e isso me deixa muito angustiado.

Logo chegamos ao palácio e logo avisto Potter e o ordeno que leve a Srta black para a ala dos curandeiros.

Pov Harry.

Eu peguei a "Srta Black" no colo e tive uma grande e inusitada surpresa,aquela garota era idêntica a Hermione,elas eram exatamente iguais,eu ignorei aquilo e a deixei na ala dos curandeiros onde logo encaixaram sua barriga que estava com um machucado.

-A Srta se sente bem?-pergunta a jovem curandeira Cho Chang.

-Sim..eu..oh meu Deus!Harry!-diz arregalando os olhos.

Foi naquele momento que eu percebi que aquela garota era Hermione, eu arregalei os olhos perplexo e pedi a curandeira Chang para que nos deixasse sozinhos.

A curandeira franziu o cenho mais saiu da ala,eu encarava Hermione esperando uma explicação.

-Diga oque significa isso Hermione?Como...?Eu não estou entendendo-Harry diz indignado.

Os olhos de Hermione se encheram de lágrimas e a garota contou tudo que havia acontecido,a descoberta sobre sua familia,a chantagem e a tentativa de estupro seguido da tentativa de morte.

Após ouvir tudo Harry encarava a amiga sem saber oque dizer.

-Mione..eu..eu sinto muito-diz abaixando a cabeça-Você não pode se casar com esse monstro!

-Não,Harry você está enganado..sempre estivemos-diz Hermione suspirando-Snape não é um monstro,ele foi enganado todos esses anos por Lúcio Malfoy..

-AQUELE MALDITO JOGOI SIRIUS NA PRISÃO E VOCÊ TAMBEM,ELE QUASE TE MATOU!-gritou o soldado furioso-COMO OUSA DEFENDE-LO?

-EU SEI HARRY POTTER!SEI DISSO TUDO!MAS O REI FOI MANIPULADO POR MALFOY!-Hermione gritou irritada-ELE ME SALVOU ENTENDEU?SE NÃO FOSSE POR ELE EU ESTARIA MORTA..

-Está apaixonada por Snape?É isso?-perguntou Harry interrompendo a amiga.

Hermione desviou o olhar incomodada e balançou a cabeça em negativo sem responder.

Harry suspirou percebendo que a garota sentia algo pelo o rei,ou talvez estivesse pertubada demais para perceber.

-Estarei ao seu lado,e apoiarei todas as suas decisões-diz a abraçando-Você vai fugir.

Hermione negou com a cabeça.

-Não posso fugir Harry,eu preciso descobrir quem matou minha irmã,eu sei que é estranho mas...sinto que meu lugar é aqui-diz mais para si mesma.

De repente Snape adentra o local estranhando a presença do soldado que logo se retirou.

-Como está se sentindo Srta black?-pergunta o rei calmo.

-Ainda estou sentindo dores mas..acho que logo ficarei bem,a curandeira Chang é muito competente- responde a castanha séria.

-Eu não vou lhe perguntar oque estava fazendo naquele bosque,pois sei que não vai me responder--diz seco-Mas descobrirem sozinho.

Hermione deu de ombros.

-Eu não saberei lhe dizer majestade,eu só estava curiosa para conhecer o bosque.

-A srta acha que eu sou algum tipo de idiota Srta black?-pergunta o rei irritado.

-Na verdade sim,além de idiota é arrogante e insuportável-responde sarcástica.

Severo se aproximou da garota furioso e fechou os punhos,seu olhar era de puro ódio e desprezo,definitivamente ele detestava aquela garota atrevida.

-Você se parece com uma plebeia que eu conheci uma vez,ela era atrevida e inconsequente como você-diz friamente-Mas acredito que ela tenha aprendido a lição.

Hermione arregalou os olhos ao perceber que o rei falava dela mesma,era a primeira vez em que ela temeu ser descoberta.

O rei sorriu frio e virou as costas para sair do local quando algo o interrompeu,ele ouviu a garota gemer de dor.

Rapidamente o homem se aproximou da noiva e a fitou preocupado.

-Quer que eu chame a Srta Chang?-pergunta indiferente.

-Não..eu apenas estou sentindo um pouco de dor,creio que em breve ficarei bem-diz entre gemidos-Álias obrigado Severo,por ter salvado minha vida.

O rei arregalou os olhos surpreso ao ouvir a garota falar seu primeiro nome,seus rostos estavam próximos demais,Snape sentiu o cheiro de caramelo que a noiva exalava.

-Fiz minha obrigação apenas..apenas-Snape ia tocar o rosto da garota porém desistiu-Apenas fique bem,não preciso de uma noiva doente.

-E eu não preciso de um marido tão mal-humorado!Meu pior castigo é ter que me casar com você-diz irritada.

Severo assentiu um pouco decepcionado e saiu da ala.

Pov Narcissa.

Estava em meu quarto e recebi a noticia que "Charlotte" quase foi morta no bosque,eu me alegrei com a noticia,mas estava irritada,afinal ela sobreviveu.

Apesar de saber que ela é a única chance de tirar os black da lama e falência eu não a suporto,afinal ela provavelmente se tornou amante de meu filho e também quer o meu marido.

Nesse momento Lúcio adentra o quarto meio nervoso.

--Soube da novidade Lúcio?A selvagem quase foi morta-disse entediada-Tem ideia de quem possa ter feito isso?

Lúcio deu de ombros tirando a camisa branca e o sobretudo.

-Deve ser algum inimigo do rei eu suponho..

-Pena que ela não foi morta querido,assim ela nos deixaria em paz-digo triste.

Lúcio se aproximou e deu um forte tapa em meu rosto me fitando furioso.

-Não seja tola!Essa selvagem é a única chance de unir nossa familia com a familia real-diz irritado-Pare de besteira Cissa,aceite essa garota,será o melhor para nós.

Meus olhos se encheram de lágrimas,Lúcio sempre me agredia de vez em quando,porém dessa vez ele parecia ofendido.

-Granger te assediu!Como vou  aceitar essa vadiazinha?-perguntei indignada tentando sair do quarto.

Porém Lúcio segurou meu braço com força e me jogou na cama se deitando em cima de mim.

-Você sabe que não é a verdade Cissa,eu quis agarrar a garota,ela tem um corpo maravilhoso,ela é uma mulher melhor que você-diz com desprezo-Você não me satisfaz como antes,eu te detesto Narcissa!

Lúcio se levantou e foi até o guarda roupa tirando algumas roupas e se vestiu tranquilamente saindo em seguida.

Eu permaneci ali chorando de tristeza e humilhação

Pov Hermione.

Uma semana havia se passado e eu estava melhor,Draco me visitava todos os dias e eu percebi que meu primo tinha um olhar diferente..parecia mais feliz.

Eu estava em meu quarto terminando de me arrumar,passei um batom rosa claro e me fitei no espelho.

Estava bonita e bem vestida,suspirei ao lembrar que aquela não era eu,e sim minha irmã.

Eu era uma garota livre,porém me encontrava em uma péssima condição,estava destinada a casar com Severo Snape..

Aquele homem tão frio e arrogante que claramente me detestava.

Logo balançei a cabeça em negativo e saí do quarto indo em direção a sala do trono.

Pov Severo.

Estava na sala do trono onde estava Dumbledore,fudge,Malfoy,Lupin d Alastor.

Todos estavam apreensivos principalmente Malfoy.

De repente Charlotte black adentra a sala me fitando com determinação.

-Desculpem o atraso,mulheres sempre demoram para se arrumar-diz se sentando ao lado de Dumbledore que sorriu divertido.

Revirei os olhos sem me importar com sua intromissão.

-Estamos aqui reunidos para uma reunião-digo firme-Lúcio Malfoy e Remo Lupin estão sendo acusados de traição,pois há mais de vinte anos o ouro destinado ao vilarejo sumiu misteriosamente.

Charlotte encarava Malfoy com desprezo,aquilo era estranho,afinal eram tio e sobrinha.

--Bem eu ordenei que trouxessem as provas que tem cumprido seu trabalho Lúcio-disse frio-Onde está?

Malfoy engoliu em seco e sorriu fraco.

-Majestade infelizmente eu perdi os documentos..acho que o verdadeiro culpado,ou seja Lupin me roubou-diz friamente.

Lupin riu balançando a cabeça em negativo.

-Minhas provas estão aqui majestade,assinadas em meu nome,e carimbadas pelo senhor-Remo diz sorrindo-Eu jamais o trairia majestade,pois o senhor foi o único que me deu um cargo tão importante,mesmo sabendo que eu sou um homem doente.

Eu assenti com a cabeça e finalmente percebi que Lupin era mesmo inocente.

-Devido as circunstâncias declaro Lúcio malfoy culpado,guardas levem esse homem para a prisão-digo secamente--Se conseguir comprovar sua inocência eu renovo minha decisão.

Lúcio arregalou os olhos cinzas perplexos e tentou se desvencilhar dos guardas em vão,Potter fez questão de acertar um soco no loiro que se debatia desesperado.

Eu ia chamar a atenção daquela garoto mas dei de ombros sem me importar.

Ao me levantar Charlotte se joga em meus braços me abraçando alegremente,seus olhos estavam cheios de lágrimas.

-Obrigado Severo,obrigada por fazer justiça-diz emocionada- esperei tanto tempo por isso,para ver esse traste atrás das grades.

Eu assenti com a cabeça ainda chocado.

-Fiz apenas minha obrigação Srta black..

Ela sorriu e beijou minha bochecha.

-Mesmo assim obrigada-diz dando as costas.

Eu queria seguir aquela garota e dizer tantas coisas..queria perguntar quem ela é de verdade,mas sabia que não teria as respostas necessárias e me contive.

Pov Hermione.

Eu andava pelos corredores e meu peito se explodia de felicidade,ver Lúcio malfoy preso era tão bom,ver o homem que tanto fez mal para meu povo finalmente desmascarado não tinha preço.

Eu me sentia leve,como se toda a amargura que eu sentia tivesse ido embora.

-


Logo Narcissa veio em minha direção tentando me agredir mas eu segurei em seu braço a impedindo.

-Sua desgraçada!Você vai me pagar!-diz furiosa-Por sua culpa meu marido está preso!

-Chega Narcissa!Você não vai encoste um dedo em mim,eu nada fiz a você-diz determinada-Seu marido é um traidor um assassino,por anos ele deixou as pessoas morrerem,mulheres,homens,crianças,até minha mãe morreu!Pare de defende-lo!Malfoy é um desgraçado,ele não te ama!Não se rebaixe mais!

Eu saí daquele lugar deixando a loira sozinha com seus pensamentos.

Porém para minha surpresa alguém ouviu minha conversar,e ele me encarava intrigado.

Agora como vou escapar dessa?






Notas Finais


Não sei se o capítulo ficou bom,mais espero que gostem.
Sev salvado a Mione😍
alguém tem ideia de quem era aquele homem de preto?
Eu prometi e cumpri:Lúcio começou a se ferrar.
Mione abraçando e beijando o rei❤
E agora quem ouviu a conversar?
Terça-feira eu vou postar o próximo bjs
No próximo capitulo vai ter mais Luna,Draco,Pansy e finalmente nosso querido Sirius😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...