História Coração selvagem - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Brad Pitt, Helena Bonham Carter, Johnny Depp
Personagens Personagens Originais
Tags Brad Pitt, Drama, Helena Bonham Carter, Johnny Depp, Romance
Visualizações 18
Palavras 1.338
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Depois de séculos,eu reapareci!
Desculpem a demora! Estava com bloqueio! Ainda estou,por isso o cap ta curto e talvez esteja péssimo! Mas não sei kk
Mas mesmo assim espero que gostem!
Tem uma personagem nova na história! A Adahy!

Capítulo 5 - Ele não é bem vindo


A lua iluminava o céu quando Faina chegou á tribo,junto com Kenai e Leon.

Os indios dançavam em volta da fogueira,enquanto outros, apenas assistiam.

-Que dança é essa?-Leon perguntou,enquanto afastava um galho do rosto.

-Kaapiwaya! É uma saudação aos nossos Deuses! Fazemos preces que são levadas á eles,durante a dança!-Faina respondeu-Vem!-Ela puxou o homem pela mão,os três pararam um pouco afastado dos outros indíos,Faina não queria que eles vissem Leon ainda,pois não sabia como iriam regir!

Uma jovem,vendo que Faina estava presente,correu até ela:

-Faina? Por onde andou? Seu pai estava lhe procurando por toda a parte...Quem é esse?-Ela disse,olhando para Leon

-Leon... O mar trouxe ele!-Faina repondeu á moça

Leon observou a moça dos pés a cabeça! Ela estava completamente nua,diferente da maioria que cobria suas partes intimas. 

-O que ela disse?-Leon perguntou,sem entender o idioma da moça

-Quer saber quem é você!- Faina explicou

-Ah...O navio que eu estava naufragou,acabei chegando a ilha!-Ele disse á garota

Ela permaneceu inexpressiva.

-Leon...Ela não também não entende  o seu idioma!

-Por que trouxe ele?- A garota perguntou,irritada

-Adahy...Não podia deixa-lo!

-É um homem branco! Sabe o que seu pai fala dos homens brancos!-Adahy retrucou

-Eu sei...Daremos uma chance!

-Não estou satisfeita com isso,Faina!

- Também não estou!-Kenai concordou-Mas o que posso fazer se Faina quer ajudar á todos!

-Homens brancos são ruins,largue-o para as feras!-Adahy disse,pegando a mão da amiga

-Adahy,não! Você é minha melhor amiga,mas não posso lhe ouvir. 

A jovem de 17 anos soltou a mão da amiga!

-O Cacique não concordará! E eu também não! Ela disse e saiu correndo

-Uau!-Leon disse,olhando a garota que se afastava

Faina deu um tapa no braço do homem:

-Não olhe assim para amiga de Faina!

-Está com ciúmes,fofura?-Ele sorriu

-Cale-se! Vem!-ela o puxou

Ambos sentaram-se no chão,enquanto olhavam a dança,Leon quebrou o silêncio:

-Me fala...Por que sua amiga anda nua?

-Adahy prefere assim!

-O que há contigo?-Ele perguntou,olhando fixamente para Faina

-Não entendo.

-Sua amiga e todos os outros daqui...Eles tem o cabelo negro,e a pele morena... E você tem a pele clara,o cabelo castanho e ondulado...

-E o que tem?

-Não se parece com eles! 

-Já contei... Os pais de Faina desagradaram ao Grande Espirito e foram castigados,eu nascí assim!

-Isso não pode ser real,Faina! Essa é a história que te contaram por todos esses anos? Aliás,quantos anos você tem?

-Faina tem vinte e seis!-Faina respondeu

-Então te contaram isso por vinte e seis anos e você acredita? vinte e seis anos Faina...E você caiu nessa história!

-E a história real! Pai que contou! E é verdade! Você acreditando,ou não! 

-Isso é uma besteira!

-Fique calado,ou será jogado para as feras!-ela disse,em um alto

-Okay...Está bem,senhorita! 

O lobo cinzento de Faina aconchegou-se á garota,enquanto ela lhe fazia carinho.

-Você nunca pensou em sair da Ilha?-

Faina o olhou,sentindo a pergunta tocar-lhe o coração!

Ela já havia pensado! Muitas,muitas vezes!

Gostaria de sair e ver como o mundo é! Queria conhecer lugares,pessoas novas,aventuras...

Porém,seu pai nunca aceitaria. 

-Não...Nunca pensei nisso!-Ela mentiu

-Pois deveria,o mundo é muito grande,e você iria gostar de conhece-lo! Talvez seja dificil para uma selvagem...

Antes de terminar a frase,Faina apontou seu arco para ele:

-Faina não é selvagem!-Ela disse,irritada

Ambos ficaram em silêncio.

Adahy chegou até eles,levando o Cacique com ela:

-Faina...O que significa isso?-O Cacique perguntou

-Papai...-Faina tentou se justificar

-Adahy me contou tudo! 

Faina deu um olhar de repreensão á Adahy.

-Papai,ele estava na selva,iria morrer...

-Deixasse-o morrer! 

-Mas por quê? 

-Homens brancos são maus! Todos eles!

-Eu sou branca papai...Olhe para mim! Olhe a minha cor...

-Faina,chega disso! Você sabe que é branca por um castigo,nasceu assim,porém é uma india! 

-Papai...Não podemos deixa-lo morrer sozinho!

-Podemos,e iremos! De um jeito! E faça-o!

-Por que odeia tanto os homens brancos,papai?

-Cale-se faina! E faça o que lhe disse!-O Cacique disse e se retirou

Adahy continou ali,encarando Faina:

-Por que fez isso,Adahy? Por que contou á ele?-Faina perguntou,com uma mistura de raiva e mágoa

-Era preciso!- A garota respondeu

-Você é minha melhor amiga,como pode me trair dessa maneira?

-É por eu ser a sua melhor amiga que estou lhe alertando! Eu não gostei dele! O que pretende? Que ele viva aqui com nós? 

-Não,claro que não!-Ela pareceu um pouco confusa- Ele logo irá embora!

-Como? Como ele irá embora? Nadando no Oceano? 

-Eu...Eu não sei...!-Faina disse,derrotada

-Ouviu seu pai..Livre-se dele!

Adahy de as costas e saiu!

Faina sentou-se junto á Leon:

-O que estava falando com ela? pareciam nervosas!-O Homem perguntou

-Cacique quer você longe!

-O que quer dizer?

-Papai quer que você vá embora,não lhe aceita na tribo!-Ela disse,com tristeza

-É...? E quem disse que eu quero viver com um monte de selvagens! Quando meu pai der por minha falta,vai mandar homens me procurar! E eu vou embora!-Ele levantou-se

-ENTÃO É ASSIM? FAINA LHE AJUDA E LEON RETRIBUI DESSA FORMA? POIS DEVERIA TER DEIXADO QUE FOSSE DEVORADO PELOS BICHOS!-Ela grita

-Pois eu prefiro ser devorado por lobos,do que conviver com essa...gente!-ele disse,com deprezo na ultima palavra

-Homens brancos são todos iguais! 

-E quantos homens brancos você conhece? Conhece algum lugar além dessa ilha? Não...Não e não! Viveu aqui por 26 anos e vai continuar vivendo,por que é uma selvagem,um animal... 

Faina deu um passo a frente e o olhou com ar ameaçador,mesmo parecendo doce e inocente,as vezes ela realmente parecia assustadora:

-O Pai de Faina tem toda a razão...SAIA DAQUI IMEDITAMENTE!

-Com prazer!-Ele se afastou

Faina sentou-se novamente,seu coração estava quase explodindo de raiva! Como ela pode ser prestativa com alguém que a trata dessa forma? A chama de selvagem e despreza seu povo? Ela gostaria de nunca te-lo ajudado:

-Espero que morra!-Ela disse para si mesma,sem perceber que Kenai estava atrás dela. 

-Remoendo sua raiva sozinha?-Disse o homem,sorrindo

-Kenai..? Ele nos ofendeu! Me chamou de selvagem!-Ela disse,com indignação

-Não,Faina...Você não é selvagem,é a garota mais doce e meiga que já conheci!-Ele acariciou eu rosto

Faina não acreditava,mas sorriu como resposta.

.......

 

O sol nasceu,Faina acordou com os primeiros raios de sol batendo. Ela abriu os olhos vagarosamente e sorriu.

Antes de sair da tenda,pegou um cesto e seu arco-e-flexa.

-Olá papai!-Ela disse ao passar pelo Cacique,que estava concentrado demais em sua meditação que não ouviu.

Ela passou por Adahy.

-Olá,Adahy!-Ela disse á amiga

Adahy ignorou-a! 

-EU DISSE ''OLÁ ADAHY''!- Faina gritou

A jovem não respondeu!

Adahy não queria estar ignorando a amiga! Mas o fato de Faina ter discutido com ela,a magoou muito! 

-Olá...Faina!-Adahy respondeu,um pouco retraída

-Estou indo colher frutos...Você vem comigo?

-Não,acho que vou ficar por aqui agora!

Faina não respondeu,e seguiu em frente! Seu lobo sempre a seguindo!

Ela parou parou para colher alguns frutos! Um deles,estava alto demais para poder alcançar do chão,ela então subiu na árvore para poder apanha-lo,enquanto estava em cima da árvore,olhou para o horizonte,a luz do sol tocava o oceano,refletindo luz! Era lindo! Faina amava sua ilha,mesmo que tivesse vontade ir além dela! 

-Você por aqui!-Disse uma voz masculina atrás dela,logo que ela desceu da árvore

Sem ver quem é,Faina acertou um soco no rosto,fazendo-o cair! 

-Leon?-Ela disse,com surpresa,ao ver quem era que ela derrubou

-Ai! Você bate forte!-Ele massagendo a área acertada

-E vai bater mais,se não disser o que faz aqui!

-Eu estava procurando comida,desde que você me expulsou da sua maldita tribo,não tenho comido nada!

-Pegue! Pode ficar com eles!-Ela disse,entregando-lhe o cesto!

Leon pegou,mas não agradeceu! 

Ambos sentaram no chão!

Leon comia as frutas,e Faina trançava os longos cabelos castanhos em uma trança lateral!

-Você é bonita!-Ele disse,a olhando fixamente

-Faina não lhe perguntou nada!-Ela levantou-se

-Não gosta de elogio?

-Não vindo de você! Não vindo de um homem branco,que provou ser exatamente o que pai de Faina diz!

-Ah Faina,eu não queria ter dito aquelas coisas! 

-Não importa! Você sabe que não poderá ficar na Tribo!

O homem resmungou em frustração!

-Poderá ficar aqui! Faina faz um abrigo para você! E Faina lhe trás comida!-Ela disse

-É uma boa ideia,Faina! Você é um anjo!

-Faina sabe!-Ela disse e deu as costas para o homem,deixando-o sozinho mais uma vez!


Notas Finais


Então? Gostaram da Adahy? Não? Acham ela "Empata shipp"! Ou vcs shippam a Faina com o Kenai? kkk
Falem-me!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...