História Corações Confusos -Jungkook - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, V
Exibições 81
Palavras 535
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Talvez sozinhos


Fanfic / Fanfiction Corações Confusos -Jungkook - Capítulo 4 - Talvez sozinhos

Eu estava quase pronta para sair com Jungkook, meu vestido não muito curto marcava minhas curvas ,meu cabelo comprido estava solto e minha maquiagem não muito forte, eu havia dito à minha mãe que iria em uma festa na casa de uma colega e ela acreditou, eu estava me olhando no espelho quando ouço uma buzina que provavelmente era Jungkook,desço as escadas e abro a porta, ele estava encostado no carro a minha espera ,quando chego perto ele me puxa pela cintura e me da um beijo calmo e abre a porta do carro para mim, eu entrei ele também.

Hanna: para onde vamos?.
JungKook: surpresa- diz ele ligando o carro.
No caminho eu e ele fomos  conversando até chegarmos em uma casa totalmente luxuosa.
Hanna: sua casa kookie?.
JungKook: não, quer dizer sim, mas e a casa de campo da minha família, não se preocupe não tem ninguém.- diz ele me dando um selinho.
Ele abre a porta do carro saindo e logo depois abrindo a minha, eu saio e ele me da a mão e entramos na casa, por dentro era totalmente luxuosa, era toda decorada e tinha cheiro de rosas.
JungKook: fiz um jantar especial.
Hanna: ta tudo tão lindo.
Beijo ele e sinto ele passar a mão pela minha cintura, ele para o beijo e me pega no colo nos fazendo quase cair , nós íamos em direção ao quarto rindo, chegando la ele me coloca na cama eu deito e ele vem por cima de mim ,beijando meu pescoço e descendo até meus seios, ele distribuí beijos perto deles e para,me olha e começa a abrir meu zíper do vestido que ficava do lado,ele tira meu vestido e começa a distribuir beijos pelo meu corpo ate chegar na minha parte íntima, ele deposita um beijo ali e eu me contorço soltando um gemido ele me olha e sorri pervetidamente, ele estava tirando minha calcinha quando...Ouvimos o barulho do portão, kookie para na hora e me olha assustado.
Hanna: quem esta aqui?.
JungKook: droga pera- diz ele indo para a janela- são meus pais, eu avise que eu iria vir com uma amiga- diz ele meio irritado.
Hanna: vou me trocar- digo colando meu vestido de volta.
JungKook: eu falei de você acho que eles querem te conhecer.
Hanna: mas é só uma amiga- digo fechando o meu zíper.
JungKook: quer dizer , bem... Eu disse namorada- diz ele passando as mãos no cabelo.
Hanna: você disse que me namora?- digo assustada
JungKook: aceita?.
Hanna: mas claro que sim-vou ate ele e dou um selinho.
Vamos parar e pensar, eu havia sido traída e tinha acabo de terminar um relacionamento e já estava em outro, eu só posso ser doida, o tempo me fará amar o JungKook.
JungKook: então vamos la conhecer meus pais- ele diz me dando a mão.
Hanna: vamos.
JungKook: não ache que esqueci aonde eu parei- diz me dando um beijo no pescoço.
Hanna: que bom que não esqueceu senhor Jungkook.
X: filho?- escutamos uma voz feminina lá de baixo.
JungKook: minha mãe vamos?.
Hanna: claro- peguei novamente em sua mão.

Descemos as escadas e vimos seus pais, será que eles gostariam de mim?.

* capítulo modificado*

 


Notas Finais


desculpa pelos erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...