História Correndo Perigo - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mestre Fu, Nathanaël, Nino, Nooroo, Plagg, Sabine Cheng, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrien, Adrinette, Alya, Alyno, Marinette, Miraculous, Nino, Plagg, Romance, Tikki
Visualizações 9
Palavras 1.498
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Steampunk, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - CONHEÇA MIRACULOUS


Marinette acordou em uma cama, ao seu lado Alya, que ainda estava dormindo tranquilamente. Elas estavam em um quarto escuro, a pouca luz que entrava era da janela, coberta, não tinha nada além da cama e de uma estante vazia do lado. Não dava para ouvir o barulho de metal, e nem cheiro de carvão, elas não estavam na cidade. Ao invés disso podia-se ouvir pássaros e o vento soprando entre as árvores.

-Acorde, alguém nos sequestrou! -Falou em um tom normal, com medo que alguém a escutasse, balançado o corpo da amiga, que com um simples movimento-se, livrou-se das mãos de Mari.

-Alya!-Falou já mais irritada, e mais alto.- Se não acordar vou usar o dedo molhado....- Sem resposta.-ALYA! DEDO MOLHADO! - Gritou baixo no ouvido da amiga.

-*Gritos* O QUE? O QUE?- Pulou da cama com as mãos nas orelhas.

-Shhh! Cala a boca! Fomos sequestradas.-Falou cochichando, irritada.

-Você que gritou.-Alya falou no mesmo tom de voz, colocando as mãos na cintura.

-É mas eu gritei bai...

Subitamente a porta se abre, e três figuras aparecem no quarto, duas altos e uma baixinha que mancava e tinha a ajude de uma bengala. Uma das figuras acendeu a luz.

-TURTLE!- As duas gritaram, espantadas. Várias coisas passaram pela cabeça delas. Será que elas foram descobertas? E se foram por que ainda estavam vivas? Ele coçou a nuca e sorriu meio desconfortável.

-Oi meninas! E meu verdadeiro nome é Nino.-Falou tirando a mascara.- Esse é o Adrien

Indicando para o rapaz loiro de olhos esmeralda, vestia um manto com uma cabeça de lobo na lateral, uma camisa social com um colete verde, tinha um relógio de bolso, calças pretas de couro largas e por cima delas botas.

-E esse é Mestre Fu.

Ele apontou para um era um velho baixinho, com olhos puxados de cabelos e barba branca. Com uma roupa esquisita, uma camisa florida e botas por cima da calça.

-*Grito*- Marinette se levantou da cama e foi rápido em direção do loiro apontado o dedo no seu rosto.- Foi você. Por que fizeram isso?

-*Risos* Sim, My Lady, fui eu que te raptei, por que? Quer de novo?- Ele tirou a mão dela da frente e se aproximou, provocando-a.

-Já chega vocês dois.- Mestre Fu chamou a atenção.- Nos desculpem por isso meninas, tínhamos que ser rápidos e discretos. Trouxemos vocês aqui, pois sabemos o que estão fazem.-Imediatamente Marinette e Alya soaram frio.- Sabemos que são vocês que pagam o resgate de quem sequestram, quando mandam vender drogas vocês a jogam fora, quando mandam assaltar uma loja, na verdade, vocês compram a mercadoria.- As duas soaram mais frio ainda.

-É, isso é verdade e agora vai nos matar? Como descobriu tudo isso?- Alya se levantou e ficou do lado da amiga. As duas estavam aterrorizadas, mas Alya conseguiu enfrenta-los.

-Fui eu.-Turtle, quer dizer Nino, levantou a mão.-Não se preocupem, não sequestramos vocês para mata-las.

-Para que então?-A morena cruzou os braços, irritada.

-Para lhes entregar isso.-Mestre Fu estendeu duas caixinhas, uma para Marinette e outra para Alya.- Esses são seus Miraculous.

-Miraculous?- As duas perguntaram juntas.

-São joias que abrigam kwamis, esses se transformam em armas. Mas essa é a explicação simples, é melhor dizer logo a real importancia deles, existe um lenda que diz: "No princípio foi formado por duas forças opostas, mas complementares, chamadas de Yin e Yang, um a noite e outro o dia, essas duas energias se encontram em tudo, mais tarde nasceram os cinco elementos fundamentais terra, fogo, madeira, água e metal, que deram origem a todos os seres vivos."

-Passe logo para a parte divertida.- Disse Adrien com um sorriso bobo, Mestre Fu bufou

-Continuando: " Então todos os seres vivos são feitos dos cinco elementos e todos contém o Yin e Yang. Um dia o Mal apareceu, corrompendo os seres vivos e fazendo o planeta apodrecer. Yin e Yang não podiam simplesmente deixar isso acontecer, então escolheram seus campeões, que iriam portar as armas para derrotar o Mal.

Representando a água, o pavão Duusu, com o seu leque era capaz de controlar a umidade do ar, consequentemente o próprio ar. Para a madeira, a tartaruga Wayzz, com o escudo que resiste a tudo, e a visão aguçada capaz de desviar e defender de ataques. A raposa Trixx, representante do fogo, com a sua flauta capaz de criar explosões e que é incrivelmente veloz. Para terra foi escolhi da a abelha, Bee, com o seu "ferrão" que é o martelo que causa terremotos aonde bate, podendo abrir o chão. E por fim o metal para a borboleta, Nooroo, capaz de dar poderes a outros, "infectando" essas pessoas com suas borboletas de metal.

Então a guerra começou, os campeões lutavam contra o Mal e tinham vantagem, mas não eram poderosos o suficiente para derrota-lo de vez, Yin e Yang precisavam ter seus próprios representantes. Yang escolheu o gato Plagg, com o poder de destruição em sua mão direita e o seu bastão utilizado como arma, já Yin escolheu a joaninha Tikki, com o seu ioiô que também é usado como arma, mas não só isso, tem também o poder de purificar tudo aquilo que é tocado e corrompido pelo Mal. Assim como Yin e Yang os dois eram o perfeito equilíbrio e se completavam, e eles conseguiram derrotar o Mal.

O tempo passou, e os campeões morreram, deixando para trás joias, os Miraculous, que continham os kwamis, seres que capazes de se transformar nas armas dos primeiros representantes, Duusu e Nooroo deixaram broches, Wayzz deixou uma pulseira, Trixx deixou um colar, Bee deixou um pente, Plagg deixou um anel e Tikki deixou um par de brincos. Com medo do Mal voltar Yin e Yang escolheram um guardião para os Miraculous, que tinham e tem a responsabilidade de escolher e entregar as joias para os próximos campeões, esses devem ter a personalidade os princípios dos primeiros, e um guardião deve passar essa responsabilidade de geração em geração."

-É muita coisa para absorver.- Disse Mari colocando a mão na cabeça e sentando na cama.

-Concordo.- Alya andava pelo quarto, meio chocada com tudo.

-Nos sabemos que é muita coisa.- Disse Mestre Fu se aproximando das duas.- Mas eu finalmente achei as representantes ideais uma para o fogo.- Ele olhou para Alya.- E outra para Yin.-Olhou para Marinette.

-Por falar nisso, como nos achou?- Disse Alya parando de andar.

-Meu filho, Nino, se infiltrou na máfia de Hawk Moth para buscar informações que pudesse nos ajudar a saber se o Mal estava envolvido com ele e como podíamos derrota-lo.

-E  acharam?-Marinette perguntou.

-Pior, o Mal não só está envolvido.-Mestre Fu olhou para baixo, parecia sofrer.-Como também atraiu o campeão do metal.

Nino colocou a mão no ombro do pai, tentando dar-lhe algum suporte. As duas amigas estavam aterrorizadas, como não bastasse a tal lenda que acabaram de ouvir, também agora sabiam que esse tal Mal atraiu aquele que tinha a função de derrota-lo.

-Q-que-quem é esse Mal afinal?- Questionou Alya.

-Está mais para o que, o Mal é uma entidade, um sentimento, que aparece naqueles que já perderam a esperança e vai contaminando todos a sua volta.- Nino explicou.

-Meninas, vocês aceitam, essa responsabilidade? A de proteger e retornar o equilíbrio de tudo, vocês dariam a suas vidas para isso? Pois uma vez campeão, sempre campeão.-Mestre Fu estendeu as caixas de novo.

-Eu vou poder ver um mundo livre?- Disse Marinette, e Fu concordou, sem demora ela pegou a caixa, logo olhou para a amiga.

-Ahh! O que seria de você sem mim?- Ela também pegou a caixa.

-Seus kwamis tem o mesmo nome dos campeões originais.

Ambas abriram as caixinhas, para Marinette um par de brincos, para Alya um colar, elas colocaram suas joias e então duas bolinhas flutuantes e brilhantes apareceram, uma laranja e a outra vermelha, quando estouraram dois bichinhos apareceram, a laranja parecia uma raposa.

-Você deve ser a Trixx, eu sou Alya.-Ela disse com um sorriso, mostrando a mão fazendo a kwami pousar.

A vermelha tinha pontinhos pretos espalhados no corpo, lembrava uma joaninha.

-E você deve ser Tikki, eu sou Marinette.

-É um prazer Marinette.- A kwami se aproximou pousando no ombro da nova companheira.

-Em hipótese nenhuma tiram seus Miraculous. -Mestre Fu alertou.

-E vocês?- Alya perguntou para os rapazes.

-Ah! Sim, claro.-Nino despertou depois de ver a cena fofa de apresentação das novas portadoras dos Miraculous.- Eu sou o campeão na madeira, Wazyy é o meu parceiro.- Então um kwami verde, saiu do casaco do rapaz, que lembrava uma tartaruga.

Adrien se aproximou de Marinette, pegou suas mãos deu um beijo nelas, e se inclinou para que seus olhos ficassem da mesma altura, encarando-a sedutoramente. E do pelo de seu manto de lobo apareceu um kwami preto, que parecia um gato

-Este á Plagg, ou seja, sou campeão de Yang, e também o seu perfeito equilíbrio.

Marinette ficou meio sem fala, e sem graça se livrou, cuidadosamente, das mãos de Adrien, dando um sorriso singelo.

-Prazer.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...