História Country Boys - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hashirama Senju, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Juugo, Kabuto, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Sai, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Suigetsu Hozuki
Tags Anime, Naruto, Romance, Sasunaru, Yaoi
Exibições 152
Palavras 2.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá, Bom dia/Tarde/Noite!

Espero que vocês gostem, ainda sou novata nesse mundo de fanfic.

Capítulo 1 - Retorno


Depois de anos longe, Sasuke estava de volta a seu lar e a sua terra natal, o lugar estava completamente diferente da época que a havia deixado, o comercio havia aumentado e logo o lugar estava cheio de turistas, inclusive ele estava parecendo um. O local parecia está evoluindo de uma cidade rural para uma cidade urbana. Sasuke logo avistou o Sr Ichiraku encostado na caminhonete acenando para ele, indo em sua direção o cumprimentando.

- O que está acontecendo com a cidade? – Sasuke perguntou animado, estava gostando do crescimento da cidade, afinal, tinha deixado ela pelo simples fato de não ver nenhum futuro ficando naquele local.
- Ah o novo prefeito, senhor. – Ichiraku disse pegando as bagagens de Sas uke e jogando na parte de trás da caminhonete. – O Senhor Hatake fez bastantes melhorias na cidade, todos amam ele.
- Entendo. – Sasuke admirava as barracas no meio da rua.
Fazia realmente muito tempo que esteve fora, e nunca tivera noticias da cidade. Tudo estava tão diferente, só esperava que a fazenda continuasse a mesma e que ele ainda continuasse a trabalhar la. O tempo tinha passado, mas ele ainda nutria o sentimento pelo Naruto, mesmo o loiro não aceitando o acompanhar, ele ainda o amava, apesar que na época havia ficado um pouco zangado com o mesmo.
- O Uzumaki Naruto, ainda vive lá? – Ele tinha que perguntar, afinal não iria agüentar esperar até chegar.
- Ele nunca deixou de trabalhar lá – Ichiraku sorriu, ele sempre foi muito apegado ao loiro.
- E como ele está? – Perguntou um pouco envergonhado, mesmo que o senhor já soubesse da sua relação com o loiro, não conseguia evitar ficar corado ao tocar no assunto.

- Você conhece como ele é, ele sempre está alegre ou pelo menos é o que ele mostra para os outros. – Ele disse um com um pouco de insegurança.


Sasuke passou o resto do caminho em silêncio, ele se perguntava se o loiro iria se lembrar dele, se iria até o seu encontro, se o havia perdoado por ter ido embora, várias dúvidas pairava pela sua mente. Quando o carro parou de frente a entrada da fazenda, Sasuke saiu do carro abrindo o portão para que o Senhor Ichiraku passasse com o carro.


Seus olhos percorria pelo campo, esperando ver o loiro cuidando dos cavalos, mas o mesmo não parecia está ali, quem sabe tivesse levado os cavalos de volta para o celeiro, talvez passasse por lá mais tarde, já que primeiro tinha que encontrar os pais. 

Olhando com calma, até a fazenda estava diferente, havia mais diversidades de plantas e até bichos de outras espécies, o gramado estava cada vez mais bem cuidado.

Quando entrou na casa, pelo menos ali, parecia ser a mesma coisa, os móveis permaneciam os mesmos, até a cor era a mesma. Sasuke se dirigiu a cozinha, encontrando sua mãe, Dona Mikoto, preparando o almoço.

– Bom dia, mãe – Sasuke disse calmo, esperando a reação da mãe.

- Aí meu Deus, você finalmente chegou – Ela tirou o avental um pouco sem jeito e correu para abraçar o filho, que não via a uns 5 anos – Tô preparando a sua comida preferida.

Sasuke a abraçou e se despediu por poucos minutos, subindo até o seu antigo quarto. Ichiraku já havia deixado as malas do mesmo em cima da cama, então ele escolheu uma roupa agradável para ficar em casa. Olhou mais uma vez pela janela para ver se via Naruto nos campos, mas nada.

Sasuke desceu para ficar na cozinha conversando com a sua mãe, contar como era faculdade e a vida na cidade grande, dos amigos que havia feito e até de um trabalho que arranjara. Dona Mikoto, ouvia animada e cheia de curiosidade, ficava feliz de saber que mesmo estando longe e a matando de preocupação, o filho tinha pessoas por perto que o ajudava.

Sasuke se destraia no celular, conversando com os amigos  da faculdade, criando planos para quando os mesmos  viessem lhe visitar.Logo a porta foi aberta, e Sasuke permanecia no canto mexendo em algo no celular, enquanto ouvia barulhos de sacolas sendo trazidas para dentro.

– Aqui dona Mikoto as compras que a senhora pediu – Sasuke levantou rápido a cabeça para ver o dono daquela voz conhecida.

Sim, Naruto estava ali a poucos metros dele, sorrindo para a sua mãe, com as mesmas manias de balançar os cabelos da  nuca e sorrir,de quando ficava envergonhado com algum elogio. O coração de Sasuke estava acelerado por o ver, estava com tanta saudade, corou ao notar que o loiro o olhava.

- Bem vindo de volta, Sasuke – Naruto Sorriu, mas  logo voltou sua atenção para dona Mikoto – Se a senhora precisar de mais alguma coisa, pode chamar.

Naruto saiu, não esperou nem o Sasuke responder, o ignorando.


Naruto já sabia da volta do Sasuke, o Ichiraku o havia contado a alguns dias. O mesmo estava bastante nervoso, afinal, não estava nem um pouco afim de o encontrar tão cedo, já que não sabia exatamente como reagir a presença daquele sempre amou, mesmo tendo passado um tempo com raiva da decisão do mesmo, mas ao pensar no passado, via que não tinha e nem queria impedir que o moreno tivesse novas experiências na vida, não poderia segurar ele naquele lugar. E mesmo o moreno tendo lhe pedido para ir junto, não o podia, já estava feliz naquele lugar, já se sentia acolhido, não via porque sair.

Quando amanheceu, se dirigiu a casa da Dona Mikoto, já que ela havia pedido para que ele passar lá e fosse fazer as compras junto com o senhor Fukaku. Quem sabe assim podia evitar qualquer trombo na fazenda. 

Mas era claro que ele não podia comemorar por muito tempo, ao entrar na cozinha pode ver o moreno mexendo no celular distraído. Mesmo estando super nervoso por ele está ali, Naruto tentava fazer parecer não está apreensivo, até sorrir e dar boas vindas fez. Quando saiu daquele lugar, correu para o estabulos, ao ver ele ali estava bastante feliz, porém memórias antigas também vinham em sua mente, memória da despedida e aquilo o estava machucando.


Naruto estava calmo e feliz no celeiro escovando os cavalos enquanto cantarolava uma música qualquer. Logo viu o moreno se encostar em uma das bainhas o observando, Sorriu para ele, mas Sasuke permanecia com um semblante preocupado.

- O que houve Sasuke? – Naruto se aproximou largando a escova que estava usando no cavalo.

- A gente precisa conversar - Naruto se afastou do moreno, assustado com a frase.

- Você quer terminar, é isso? O que aconteceu, fiz algo de errado ou algo que lhe incomodou? – Naruto soltou, repassando na mente qualquer besteira que pudesse ter feito.

- Não, claro que não. - Sasuke se espantou com a conclusão que o outro estava tomando, na verdade tudo dependia do fim daquela conversa.

- Então diga logo.

- Eu... Tomei uma decisão, eu já havia feito a uns dias, mas só hoje veio a resposta - Ele procurava uma forma mais simples de explicar.

- Resposta? De que?- Naruto perguntou preocupado.

- De uma faculdade, e bem, ela é na capital e  provavelmente amanhã já estarei indo, eu queria saber se você queria ir comigo? – Ele perguntou inseguro.

Naruto não sabia como que responder, talvez não houvesse outra forma de dizer, tinha certeza de que ele não iria junto, já tinha encontrado o seu lugar, e se o outro não estava feliz ali que assim fosse embora, mesmo isso o quebrando por dentro.

- Naruto? - Sasuke chamou a atenção do loiro que permanecia de cabeça baixa.

- Não, eu não vou. - Naruto levantou a cabeça, enchugando as lágrimas que desciam sob seu rosto.

- Por que não? - Sasuke pergunto um pouco espantado.

- Porque eu estou feliz aqui e eu não pretendo sair do meu segundo lar.

- Você vai passar a sua vida toda preso em uma fazenda no meio do nada, cuidando de bichos? É isso que você quer? - Sasuke disse em um tom mais elevado, assustando o outro.

- É isso que eu quero sim, Sasuke, se você não está feliz com isso não posso fazer nada - Naruto disse sério.

- E a gente? - Sasuke perguntou com a voz trêmula mas ainda nervoso, Naruto sorriu.

- E a gente? Acabou no mesmo instante que você fez a sua escolha, Sasuke. - Naruto disse virando as costas para o moreno, voltando a pegar os materiais de higiene dos cavalos.

- Naruto - O outro chamou, mas Naruto já havia desaparecido nas bainhas.

Naruto resolveu ir ate a fazenda vizinha, encontrar o Kiba, que era o único de seus amigos que sabia do acontecido a cinco anos atrás.


Quando já era de tardesinha, Sasuke resolveu vestir a sua roupa de montaria e ir ao estabulos, era um pretexto para encontrar o loiro e conversar, ou pelo menos tentar. Mas ao chegar no estabulos não o havia encontrado mais, voltou a procurar nas bainhas quando viu o Senhor Ichiraku aparecer na porta.

- Está procurando por ele? - Perguntou vendo o moreno triste olhando o celeiro com apenas os cavalos, faltando apenas um. - Ele saiu faz dez minutos, provavelmente para a fazenda vizinha.

- Fazer o que na fazenda vizinha? - Sasuke perguntou curioso.

- Ele sempre vai lá ficar com o Kiba e o ajudar com os cavalos. - Ichiraku disse um pouco receoso, não sabia ao certo a relação do Kiba com o Naruto.

- Entendo - Ele disse triste desistindo até de pegar algum cavalo - Ele volta que horas? 

- Acho que daqui para as quatro horas, ele está aí. - Ichiraku disse, alisando um dos cavalos.

Sasuke voltou para casa, e aguardou a volta do loiro, ficou sentado na varanda, ouvindo suas músicas no celular. Quando deu a hora que Ichiraku havia dito, ele parou para prestar atenção na entrada, mas nada. Estava quase desistindo de o encontrar naquele dia, logo voltou a atenção ao ouvir o portão de abrir, e o loiro aparecer montado no cavalo. Esperou até o loiro descer do cavalo e o levar ao celeiro, para ir até ele.

Sasuke caminhou devagar, ainda não sabia nem como começar. Quando chegou a porta do estábulo pode ver Naruto alisando o cavalo, e então entrou devagar.

- Naruto? - Chamou a atenção do outro, que logo o olhou sério.

- Algum problema? - Naruto perguntou calmo, aquilo não estava sendo nada fácil.

- Não, só o fato de que vim aqui mais cedo e não achei o Apollo. - Inventou uma desculpa qualquer.

- Ah, me desculpe. Eu sempre pego o Apollo, ele é o mais calmo de todos- Alisou a cara do cavalo, sorrindo admirando a beleza que era o animal, grande e com pelos marrons e uma pelagem branca no meio de sua cara.- Mas não se preocupe, não vai mais se repetir.

- Sem problemas. - Sorriu.

- Então se era só isso, então eu vou saindo. - Naruto disse, passando por Sasuke.

Sasuke segurou a mão do loiro, em uma tentativa de impedir que saisse, sem sucesso. Naruto continuou a caminhar colocando as mãos nos bolsos, seguindo para a casinha que ficava de frente para o celeiro, onde vivia junto com o Ichiraku. Sasuke apenas ficou ali o vendo ir embora. E no fim não havia conseguido dizer e nem fazer o que pretendia desde o início. 

Ser tratado daquela forma friamente, como se fosse apenas o filho do dono, o estava machucando, pois nem quando menores era daquele jeito. Se lembrava do dia que o Naruto havia chegado na fazenda junto com o Ichiraku, com apenas nove anos, se lembrava dos dois brincando com os poucos bichos que havia na fazenda, de como sorriam ao brincar na lama, mesmo que aquilo significasse em tomar uma bronca depois da dona Mikoto ou do Itachi. Também se lembrava de quando havia criado coragem e beijado o loiro e logo em seguida medo da reação do mesmo. Sorriu com as boas lembranças que tivera naquela fazenda, e em sua maioria era com o loiro.

Mas logo depois dessas lembranças, vieram as mais triste, o fim do relaciomamento.

Um mês antes, Sasuke estava de frente ao seu laptop, preenchendo ficha para faculdade, e mandando a sua carta para admissão, agora era só esperar.

Mês seguinte, finalmente o email de aprovação havia chegado, Sasuke não se continha de tanta alegria​, agora era só ele e o Naruto fazer as malas e se mudarem. Quando esse pensamento passou pela cabeça do garoto, lembrou que nunca tivera comentado nada para o Naruto, e se ele não quisesse ir junto? balançou a cabeça, afastando os pensamentos negativos.

Ao chegar a noite foi até o celeiro.


- E a gente? Acabou no mesmo instante que você fez a sua escolha, Sasuke. - Naruto disse virando as costas, Sasuke

- Naruto - Chamou, mas o loiro já estava nas bainhas.

Então tudo havia terminado assim?Sasuke não conseguia acreditar, com certeza não imaginava tal reação, levou a mão ao peito, estava doendo tanto, seu estômago embrulhavam já demonstrando vir um choro forte. Voltava para casa, triste, afinal seu mundo estava desabando. 

Ja de manhã com as malas prontas, saia de casa, se despedindo dos pais e do irmão. Não era para esta indo tão cedo, poderia ter ido na outra semana, mas não aguentava ficar mais nem um dia ali. Olhou de longe em direção a casinha e o celeiro, podendo ver o loiro cuidar dos cavalos. 










Notas Finais


Obrigada a quem leu!
Qualquer erro, sugestões, se sentirem a vontade podem falar, sou totalmente aberta a sugestões! ;))


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...