História Couple Unexpected - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bleach
Personagens Byakuya Kuchiki, Genryuusai Shigekuni Yamamoto, Hinamori Momo, Hirako Shinji, Ichigo Kurosaki, Isshin Kurosaki, Jinta Hanakari, Karin Kurosaki, Kenpachi Zaraki, Kon, Nanao Ise, Orihime Inoue, Rangiku Matsumoto, Renji Abarai, Rukia Kuchiki, Sado Yasutora, Shihouin Yoruichi, Shunsui Kyouraku, Shuuhei Hisagi, Soi Fong "Soifon", Tatsuki Arisawa, Toushirou Hitsugaya, Urahara Kisuke, Uryuu Ishida, Yumichika, Yuzu Kurosaki
Tags Bleach, Byakukarin, Byakuya Kuchiki, Drama Familiar, Hitsukarin, Ichiruki, Karin Kurosaki, Romance
Exibições 56
Palavras 1.190
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei! Ta aí mais um capítulo. Avisos nas notas finais. Eu não possuo Bleach. Espero que gostem...

Capítulo 10 - Recordação e aproximação


Capítulo 10: Recordação e aproximação

Pov Karin

Isso tudo é muito confuso. Num dia eu sou só uma adolescente normal, no outro sou noiva de um shinigami, para piorar um nobre. Nobre esse que me beijou do nada na frente de todo mundo. Depois do beijo ele não falou mais nada apenas comprimentamos todos e voltamos para casa. Bem, eu pedi para ficar sozinha, e saí pra dar uma volta.

Quando dei por mim mesma, já estava no lugar onde eu sempre encontrava um velho amigo. O único amigo shinigami que eu tinha conhecido. Ou melhor só conhecido, afinal nós nos vimos apenas duas vezes. Acho que ele com certeza já se esqueceu de mim. Mas isso não tem mais importância. Breve eu estarei morando na Soul Society, e provavelmente, vou vê-lo. ‘Será?’.

Não! Não posso pensar nisso. Eu estou prestes a me casar com o Byakuya e estou pensando no Toushiro? Não importa o quanto eu me importo com o Toushiro, o Byakuya é que é o meu noivo. É ao lado dele que eu vou estar para o resto da minha vida. Não posso me dar ao luxo de pensar em outro, embora eu sinta muita falta daquele baixinho rabugento.
Até porque eu e o Toushiro somos só amigos, no máximo.

Isso mesmo. Eu e Toushiro somos apenas velhos amigos e nada mais. Suspirei, enquanto sentava na grama e olhei para o horizonte. O Sol estava quase se pondo. Meus pensamentos se direcionaram para aquele que teve a ousadia de me beijar. Como ele pôde.

Senti o meu coração acelerar mais uma vez. O que aquele nobrezinho arrogante tinha feito comigo? Me levantei e caminhei em direção a minha casa, já me preparando para o que estava por vir.

Pov Byakuya

Eu, definitivamente, sou o homem mais azarado do mundo. Em primeiro lugar: me apaixonei pela pessoa mais irritante e provocante que eu já conheci. Em segundo lugar: eu vou me casar com essa pessoa, e em terceiro: ela deve me me odiar por tê-la beijado de surpresa e na frente de nossos conhecidos e desconhecidos.

Mas não há problema nisso, afinal devido às circunstâncias ela terá que se apaixonar por mim, mais cedo ou mais tarde. E agora estava eu, deitado na cama da minha noiva, enquanto a esperava. Eu precisava me desculpar por ter sido tão impulsivo, mesmo que também fiz algo sem sua permissão.

Se bem que não me arrependo de tê-la beijado, confesso que foi bem melhor do que eu imaginava. E impulsivamente, toquei meus lábios ao lembrar do beijo. ‘Estou parecendo um adolescente apaixonado’. Estava tão perdido em meus devaneios, que  vencido pelo desgaste mental e físico, acabei por adormecer. Perdendo som da porta do quarto sendo aberta, por aquela a quem eu esperava ansiosamente.

Pov autora

Karin havia chegado em casa exausta. Tanto fisicamente como mentalmente, pois os últimos acontecimentos foram demais, até mesmo para ela. E, correr quase que desesperadamente pela cidade, não ajudou em muita coisa. Assim que entrou subiu lentamente as escadas, indo na direção de seu quarto. Assim que abriu a porta do cômodo avistou aquele que fez aquele que fez seu coração acelerar, adormecida em sua cama. Aproximou-se da cama e deitou-se ao lado dele, pondo-se a observar suas delicadas feições.

Sua pele estava ainda mais pálida à luz da lua que entrava pela janela, destacando ainda mais seus longos fios negros. A morena não resistiu o impulso de passar os dedos pelos seus cabelos. ‘O que estou fazendo?’, repreendeu-se Karin mentalmente, parando de acariciar os cabelos do nobre. Ela não deveria fazer aquilo, mas porque estar assim perto dele, o observando, dava-lhe uma sensação de paz e fazia seu peito aquecer.

_ Por favor, não pare. Estava tão bom.- a voz sonolenta de Byakuya tirou a morena de seus pensamentos. Ao perceber que havia sido pega em flagrante, a morena tentou levantar porém, foi impedida pelo braço forte de Byakuya, que a trouxe mais para perto. O olhou nos olhos e engoliu seco e sentiu suas bochechas aquecerem ao perceber a aproximação de seus rostos, as respirações misturadas. Mas antes que seus lábios se tocassem, Karin saiu de seu transe e virou o rosto, fazendo com que Byakuya a olhou um pouco irritado.

_ Porque virou o rosto? -perguntou o capitão.

_ Ia me beijar a força de novo? -rebateu a jovem.

_ Você pareceu bem mais que satisfeita com beijo, tenho certeza que gostou.- devolveu o nobre. É claro que ela havia gostado mas…

_ É que aquele foi o meu primeiro beijo -. A declaração de Karin surpreendeu Byakuya. Achou que a mesma devolveria com mais uma de suas respostas nada delicadas. Mas ao olhá-la,  percebeu o quanto ela estava constrangida e achou, de uma certa forma, fofa. Além de que estava extremamente feliz que ele havia sido o único aprovar os lábios macios da jovem. O sorriso que apareceu no rosto do moreno, fez o coração da garota acelerar.

_ Porque ta sorrindo? -perguntou Karin, enquanto virava o rosto para esconder o rubor que surgia em suas bochechas.

_ Estou apenas feliz, por saber que sou primeiro e único a ver um lado seu que mais ninguém viu.-respondeu o nobre, acariciando o rosto da morena, deixando seus dedos roçarem nos lábios de Karin. _ Posso?-pediu. Desde aquela tarde desejava, desesperadamente, provar mais uma vez a sensação de seus lábios nos dela. E agora, com ela em seus braços, com os rostos tão próximos, fazia seu desejo aumentar ainda mais, assim como sua paixão pela mesma. Karin o olhou e viu a paixão e a expectativa refletidas nos olhos do homem à sua frente.

_ Tudo bem. Já que estamos fingindo ser um casal, acho que beijar faz parte, não é mesmo?- Byakuya resistiu ao impulso de revirar os olhos. É claro que ela jamais assumiria, porém estava claro que ela o deseja tanto quanto ele a deseja.

_ Mas antes disso…- Estava bom demais para ser verdade._ Você... de algum modo… não se sente mais próximo de mim? Não sei porque, mas de algum jeito eu me sinto um pouco mais próxima de você. - disse por fim, tentando a todo custo não olhar nos olhos de Byakuya. A declaração da garota pegou o capitão de surpresa, por isso a moça não esperava que este a respondesse. Porém a resposta veio mais rápido do que ela esperava.

_ Sim, sinto sim. A cada minuto que se passa, me sinto cada vez mais próximo de você.- respondeu a olhando carinhosamente. A morena sorriu com a declaração. Não esperava que o moreno fosse tão sincero. Ficou de costas para ele, que fez uma expressão curiosa.

_ Vamos logo dormir.-disse a morena, sonolenta. Byakuya pareceu indignado, ele estava agora imaginando se a moça o havia enganado. E, como se lesse sua mente..._ Amanhã eu dou o seu beijo, mas agora vamos só dormir.-completou com a voz baixa. Conformado, o nobre apenas trouxe-a mais para perto e enterrou o nariz nos cabelos de Karin, sentindo o perfume de pêssego que eles exalavam. Assim, ambos adormeceram, desfrutando da melhor noite de sono que já tiveram em suas vidas.


Notas Finais


Perdãoooooooo! Prometi postar um cap uma vez por semana no mínimo, mas as coisas nem sempre são como a gente quer, né? Pois é, fim de ano super corrido e cansativo, foram uns probleminhas pessoais ai acabou não dando pra revisar os Caps. Mas, como eu ja tava inquieta, tirei ( não sei de onde) tempo pra revisar. Mesmo asdim foi nas pressas, portanto me perdoem se tiver algum erro. Vou continuar portando apenas uma vez por senana, infelizmente. Enfim, espero que tenham gostado. Até o próximo capítulo! Bjuusss :*♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...