História Courtship or friendship? - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Katherine McNamara
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Katherine McNamara
Tags Drama, Justin Bieber, Reveleções, Romance
Visualizações 25
Palavras 1.058
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEEEEI!

Capítulo 32 - Vamos dar um tempo


Fanfic / Fanfiction Courtship or friendship? - Capítulo 32 - Vamos dar um tempo


Justin Bieber POV's 

Brool estava abraçada em mim enquanto ela dormia. O cabelo dela ja estava fidando moreno de novo, porque ela nao podia usar quimica no cabelo durante a gravidez.
Eu realmente não sei da onde essa irmã dela saiu, não lembro dela de quando éramos crianças. Quando o Edu viu ela ele não gostou nem um pouco, quero falar com ele hoje na festa sobre isso. Mas ela parece ser gente fina como a Brool e como o Edu.

-Quer que eu te conte por que eu não gosto da Brys?- Brool pergunta do nada.
-Você acordou meu amor!- Dou um beijo na sua cabeça.
-Quer ou não?-Ela pergunta.
-Por favor.-Digo. 

BROOKEL KINS

-Nos tínhamos 5 anos, meu pai tinha ido guardar o carro e Edu ficou cuidando de nós até que Brys pede para o meu irmão uma mamadeira, ele sai da sala e ela pula encima de mim com uma almofada, começa a me sufocar e eu desmaio, meu pai disse que me levou pro hospital logo, quando Edu gritou pra ele vir até nós, quando voltei do hospital Brys não estava em casa ai foi passando o tempo e meu pai disse que ela tinha morrido no dia que ela tentou me matar quando ela fui correndo atravessar a rua sozinha e foi atropelada por um carro, mas eu achei estranho por que me contaram isso quando eu já tinha 15 anos eu acreditava que ela tinha morrido mesmo, mas ai ontem ela apareceu e eu acho que Edu sabia que ela tava viva.- Conto para Justin que me olhava um pouco desconfiado enquanto eu mexia nas pontas do meu cabelo.- Eu sei que tu não tá acreditando, só vou te dizer uma coisa, um relacionamento sem confiança não é um relacionamento!- Digo me sentando na cama.
- Eu acredito em ti, eu sei que tu não tá mentindo, eu te conheço o suficiente pra saber se tu tá mentindo ou não, mas tua irmã parece ser igual á você sabe, tenho impressão de que ela veio para melhorar as coisas entre vocês duas, acho que ela vai ser uma ótima tua para as crianças!-Eles diz me olhando.

Eu realmente não to acreditando nisso, ele acha que ela é uma boa pessoa. Me diz qual é a criança que tenta matar sua própria irmã e se torna uma boa pessoa no futuro!?

Me levanto da cama e vou para o banheiro sem falar nada para Justin que me olhava sem entender meus atos.

-Tu tá bem Brool?-Pergunta Justin.
-Sim.- Respondo seca e ele vem atrás de mim.
-Não está não, tu ficou brava comigo por que eu de uma chance pra tua irmã!!-Ele diz me puxando pra ele- Vem cá Brool, eu te amo e tu sabe disso eu não preciso te provar. Na verdade minha prova é eu ter te dado Thomas, Helena e esse bebê aqui não precisa ficar brava. Tu quer que eu mande ela embora??-ele me pergunta colocando uma mecha do meu cabelo atrás da orelha.
-E...Eu não sei se é assim que tem que ser, acho que eu to errada tenho que aprender a conviver com isso, acho que o meu ciúmes é inútil, se você não quisesse mais ficar comigo já teria me largado e não teria colocado mas um filho em nossas vidas, não vai ser minha irmã que vai acabar com a nossa família, desculpa acho que essa insegurança  e por causa da gravidez, Jay eu te amo pra caralho, me desculpa por ser essa mulher tão chata na tua vida acho que nós deveríamos dar um tempo, mesmo nós se amando tanto, estamos muito tempo junto, isso desgasta um relacionamento ainda mais com uma mina chata como eu...- Digo soluçando de tanto chorar.
- O meu coração pede pra tu ficar, olha a minha situação, atenção eu vou te dar, eu fico a milhão se tu não esta, tu é tudo pra mim, tu não pode me deixar. Na moral se tu me deixar eu morro, sério, tu sabe da minha vida mais do que eu mesmo! Porra Brool não faz isso comigo, por favor eu te amo muito! Tu é a melhor mulher do mundo!-Justin me abraça eu devolvo o abraço.
-Jay, olha no meu olho, eu vou ficar algumas semana fora só pra mim arejar as ideia um pouco, quem sabe se a gente se afastar minha irmã não se afasta de mim também, é só algumas semanas Jay, eu as crianças vamos estar na minha casa antiga, tu pode ir nos ver!- Eu digo, eu realmente precisava de um tempo pra mim, eu Justin estávamos muito grudados.

-NÃOOO POR FAVOR BROOKEL, NÃO ME DEIXA. TEMPO SÓ SE DÁ QUANDO TU TÁ QUERENDO SE SEPARAR OU SE TU QUER SABER SE TU REALMENTE AMA ESSA PESSOA E EU SEI QUE TU ME AMA PORQUE TU TÁ SEMPRE ME DIZENDO QUE ME AMA, EU TENHO MESAGEM QUE SÓ TEM UM EU TE AMO TEU NO MEIO DO DIA QUE TU ME MANDO DO NADA...- Ele respirou fundo, limpou suas lágrimas e pós as duas mãos no meu rosto- Por...por favor não me deixa sem vocês do meu lado.- Coloco sua franja pra traz e beijo sua testa.
-Essa noite é minha última noite contigo, não te preocupa eu vou voltar, não quero te ver chorar, só quero que tu tenha certeza de que tu quer largar o tráfico pra ir morar no meio do nada com uma mulher e três filhos! Eu te amo meu gangster!- Dou um selinho e um abraço dele que coloca o rosto no meu pescoço e ele da algumas fungadas por causa do choro.
-Promete que vai voltar?- Levanto seu rosto e escrevo os nossos narizes.
-Prometo Jubs.- Ele me solta e vai se deitar na cama.

Eu estava na frente do espelho me maquiando pra festa do Justin, ele estava deitado mexendo no celular deitado na cama.
Ele levanta e vem até mim e me abraça por traz e tira uma foto. Depois de uma 20 minutos eu já estava pronta e Justin estava se secando para por seu terno.
Justin estava pronto e eu também, nos não estávamos conversando muito pelo o que havai acontecido mais cedo. Faltava meia hora pra festa, recebi notificação no meu celular, era Justin, ele havia me marcado em uma foto no Instagram.


Notas Finais


Desculpa qualquer erro!
Amo vocês!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...