História Crazy - Yoonmin - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Yoonmin Taeseokook Namjin
Exibições 70
Palavras 1.334
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Fantasia, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem.

Capítulo 1 - Cap.1


*Jimin Povs On*

Acordo com uma luz forte incomodando meus olhos, pisco algumas vezes e depois abro meus olhos por completo, fico olhando pro teto por um tempo e me levanto - eu não sei onde eu tou, nem como vim parar aqui, não sei minha idade e nem meu nome.

Eu realmente não lembro de nada.

Fico olhando pra porta pensando e tentando lembrar de algo, do nada vem uma memória, começo a sentir uma dor de cabeça enorme e lembro de um nome.

Min Yoongi.

Minha cabeça continua a doer e eu começo a gritar até que vejo a porta sendo aberta por um garoto de cabelo alaranjado, ele estava com uma cara de assustado, ele vem até mim e me deita na cama e depois começa a falar algumas palavras que eu não conhecia, logo minha dor de cabeça passou.

- Não tente se lembrar. - Ele diz e depois suspira. - Se você fizer isso vai doer tanto que você poderá morrer.

- Mas... Oque aconteceu comigo?

- Eu não posso falar Park. - Ele diz abaixando a cabeça.

- Park?

- Sim... Seu nome é Park Jimin e você tem 20 anos. - Ele diz e da um sorriso fraco. - Me chamo Jung Hoseok e tenho 22 anos.

- Ah... - Digo me levantando com um pouco de dificuldade. - Como você fez a dor parar?

- Alguns truques meu.

- Oque você é?

- Uma pessoa, Uai. - Ele diz rindo e eu fecho a cara. - Sou um bruxo, o bruxo mais poderoso para falar a verdade. - Ele diz e eu dou um sorriso.

- Bruxo? - Volto a rir e depois paro. - Não existem bruxos. - Digo e ele rir cínico.

- Então me explique como eu acabei com sua dor tão fácil e rápido. - Ele diz e eu suspiro.

- Acho que existem bruxos mesmo. - Eu digo e ele rir. - E eu? Sou Oque ?

- Um anjo, um anjo negro. - Ele diz e eu olho pra ele assustado.

- Agora você está realmente me zoando.

- Vá no espelho e olhe seus olhos e suas costas. - Ele diz e percebo que eu estava apenas de cueca.

Me levanto e vou até o espelho que tinha no grande armário um pouco longe da minha cama, me viro de costas e vejo duas marcas pretas na mesma, logo me viro de frente e chego mais perto do espelho vendo meus olhos com uma coloração avermelhada.

- Q-que caralhos é isso? - Digo assustado.

- Viu, eu te avisei. - Ele diz dando de ombros. - E seus olhos são lindos. - Ele diz e eu acabo corando.

- Não achei. - Que mentira. - Achei estranho e feio assim como eu. - Digo e o Hoseok levanta e vai até a porta. - Aonde você vai ?

- Falar com Jin-hyung, acho que ele não te curou totalmente, acho que ele precisa arrumar sua visão. - Ele diz e sai do quarto mas logo volta. - Ah, se vista rapidamente e tome cuidado com o Taehyung, ele é um pouco... Estranho... - Ele diz com uma cara estranha.

- Ok. - Digo e ele logo sai novamente.

                       ~

Depois de me vestir eu fiquei um bom tempo deitado na cama sem fazer nada, apenas observando o teto e tentando pensando em como eu iria conseguir fazer minhas asas aparecerem.

Me levanto e tiro minha blusa, começo a pensar em coisas nada haver e começo a falar algumas palavras tipo - Saía, vamos, saía agora, saí porra, inferno. - Digo a última palavra com muito ódio e logo sinto minhas asas saírem.

Fico muito feliz e fico me olhando no espelho, dou alguns pulinhos por ter conseguido mas paro quando escuto a porta sendo aberta.

- Hoseok, olha que lind- paro de falar quando me viro pra porta e vejo que não era o Hoseok. - Quem é você? - Digo assustado.

O menino era loiro e tira uma pele linda, ele era alto e bem bonito, tão bonito que parecia um deus grego, vejo o mesmo morde seu lábio e eu quase tenho um treco.

- Minnie, você fica tão lindo assim. - Ele diz chegando mais perto de mim e passando sua mão pelo meu abdômen. - Tão delicioso. - Ele diz e me empurra na cama.

Logo o garoto sobe em cima de mim, e vem ate o meu pescoço e deixa uma mordida no mesmo, ele começa a dar beijinhos no meu abdômen fazendo um caminho até minha calça mas ele logo para quando escuta alguém abrir a porta.

Olho pra porta e vejo um menino de cabelo preto, labios rosados e pele muito branca, ele era um pouco baixinho mas conseguia ser mais alto que eu, sinto meu coração começando a bater mais rápido.

- Kim Taehyung. - O garoto diz bravo. - Não toque no que é meu. - ele diz e vejo seus olhos ficarem num tom de roxo com vermelho.

Rapidamente - muito rápido mesmo. - Ele tira o tal Taehyung de cima de mim e joga o mesmo na parede com muita força - não sei como ele fez isso tão rápido. - olhei pro garoto de cabelos loiros e vi o mesmo gemer de dor e abaixar a cabeça.

- Tae. - O garoto de cabelos pretos diz chegando perto do Taehyung, o mesmo segura no queixo do "Tae" e depois beija ele, eles continuam a se beijar por um longo tempo até que falta o ar e eles param. - Desculpa.

- Isso é injusto. - Taehyung diz com voz de choro. - Também quero ser seu e quero que você sinta ciúmes de mim.

- Você é meu e eu morro de ciúmes de você. - O garoto diz e depois da um selinho rápido no "Tae".

Não sei oque estava acontecendo mas eu tava sentindo uma raiva imensa por ver os dois se beijando e por ouvir aquele garoto falar que o Taehyung é dele e que ele tem ciúmes do mesmo.

- Quem é você? - Digo sério.

- O amor da sua vida, mais conhecido como Min Yoongi. - Ele diz se levantando e ajudando o Taehyung a levantar.

- Acho que não, pois não lembro de você e tenho certeza que se você fosse o amor da minha vida eu não iria te esquecer. - Digo e ele começa a rir.

- Ae? - Ele diz e se aproxima de mim. -Vamos ver. - Depois que ele fala ele logo me beija.

Eu estava amando aquele beijo, sua boca era macia, não sei o porque mas eu queria mais, eu queria que não acabasse nunca, eu poderia morrer sem ar mas não queria que aquele beijo acabasse mas graças a falta de ar tivemos que parar o maravilhoso beijo.

- Viu. - Ele diz com um sorriso vitorioso. - É bom não é ? Sentir a boca do seu amado, sentir o delicioso gosto de sua boca, tão bom né ? - Ele diz e eu concordo com a cabeça.

- Q-quero mais. - Sussurro.

- Que ? - Ele pergunta fingindo que não escutou.

- Eu quero mais. - Falo um pouco baixo.

- Ainda não escutei. - Ele fala rindo.

- Porra. - Digo e puxo o mesmo pra mais um beijo feroz.

Paramos de nos beijar e sinto alguém me empurrar e logo vejo Taehyung dando um beijo no Yoongi, fico puto de raiva.

- Tae, para... - Yoongi diz acabando com o beijo.

- Eu te amo Yoongi. - Tae diz chorando.

- Não... Você ama o Hoseok, só fica me agarrando pra tentar esquecer ele. - Yoongi diz e o Tae desaba de vez.

- Desculpa Yoonie. - Ele diz e o Yoongi abraça ele.

- Tudo bem, pare de chorar e vá falar com ele. - Yoongi diz e seca as lágrimas do Taehyung que insistiam em descer. - Mas se der algo errado vá no meu quarto, te farei esquecer da dor que ele te fez sentir. - Yoongi diz em um tom malicioso.

- Ok. - Taehyung diz e da um beijo no Yoongi depois saí do quarto.

*Que porra de lugar estranho é esse?*


Notas Finais


Realmente espero que gostem ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...